Durante décadas, uma companhia aérea “fantasma” fez em segredo uma rota única

Durante décadas, uma companhia aérea egípcia fez em segredo uma rota única entre o Cairo (Egito) e Tel Aviv (Israel), apesar de não ser possível reservar oficialmente um bilhete para voar entre estas duas cidade através desta empresa.

Em causa está a companhia aérea “fantasma” Air Sinai, sediada no Egito e criada em 1982, depois de o país africano e Israel chegarem a um acordo de paz.

O acordo, que só seria assinado em meados de 1979, estabeleceu relações diplomáticas, económicas e culturais entre os dois Estados e entre as suas condições estava estipulada a exigência de manutenção de rotas de aviação civil – ou seja, sempre se soube que deveria existir um voo a ligar Cairo e Tel Aviv.

Contudo, conta o portal Atlas Obscura, o tratado recolheu pouco apoio no mundo árabe.

Por isso, a principal companhia aérea do Egito, a EgyptAir, não quis voar oficialmente para Israel sob as condições determinadas e, por isso, criou a empresa “fantasma” Air Sinai para cumprir as disposições do contrato.

A Air Sinai era meramente uma companhia no papel, utilizando os aviões e a tripulação da EgyptAir para fazer a ligação aérea entre o Cairo e Tel Aviv.

Para que não não se associasse as duas companhias, as aeronaves utilizadas não possuíam os logótipos da empresa controladora e mesmo os voos não apareciam nos ecrãs dos aeroportos, levando os passageiros a pedir ajuda para encontrar o portão de embarque.

Como se fazem as reservas?

Como se fazem reservas numa empresa fantasma? De acordo com o mesmo portal, não havia um mecanismo direto para comprar bilhetes de forma direta, sendo a compra apenas possível através de agências de viagens ou por comunicação de e-mail para empresa, endereço este que também era mantido quase totalmente em segredo.

Os obstáculos no processo de reserva duraram dezenas de anos até que em 2020 foi criado um site – flyairsinai.com – com toda a programação de voos da empresa, permitindo reservar bilhetes para qualquer dia.

No site, pode ler-se que a empresa age “como agentes”, precisando-se ainda que a página em causa foi desenvolvida no Reino Unido. Mas o site não contém uma lista de contactos, nem tem sequer qualquer presença nas redes sociais.

Questionada sobre o site e marcação de voos, o pessoal da Air Sinai responsável pelo agendamento das viagens diz nada ter a ver com o portal, “apesar de terem respondido com um emoji” no e-mail citado pelo Atlas Obscura.

Na prática, sempre houve o voo estabelecido pelo contrato – só que em segredo
e sem envolver diretamente a EgyptAir.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nova Iorque quer oferecer vacina aos turistas. Miami vai começar a vacinar no aeroporto

Em Nova Iorque os turistas irão receber a vacina da Johnson & Johnson e em Miami a vacina da Pfizer. Com o objetivo de reativar o turismo na cidade, as autoridades de Nova Iorque querem oferecer …

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …