DARPA quer construir robôs conscientes usando cérebros de insetos

A DARPA quer construir robôs conscientes usando cérebros de insetos, uma forma de criar novos modelos de inteligência artificial eficientes, que poderiam ser usados para explorar a própria consciência.

Ao contrário dos humanos, os insetos operam quase inteiramente baseados em estímulos simples. A DARPA, a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa, pediu, na semana passada, recomendações para a construção de computadores do tamanho de cérebros de insetos – alguns dos quais com menos de mil neurónios.

Os insetos têm “apenas algumas centenas de neurónios num formato compacto, enquanto mantêm a funcionalidade básica”, diz a solicitação da DARPA. “Compreender sistemas sensoriais e nervosos altamente integrados em insetos em miniatura e desenvolver protótipos de modelos computacionais” poderia ajudar na construção de um software adequado para simular as suas funções.

A DARPA utilizará o seu programa MicroBRAIN (Microscale Robom Biomimetic Robust Artificial Intelligence Networks) para determinar se é possível construir sistemas de inteligência artificial tão pequenos que requerem muito menos energia e dados para operar do que o normal. Ao mesmo tempo, a agência quer que os sistemas sejam eficazes.

Na prática, os investigadores querem aproveitar a evolução dos insetos voadores para melhorar a inteligência artificial, com uma eficiência computacional melhorada e, ao mesmo tempo, um baixo consumo de energia.

A natureza tem forçado os minúsculos insetos voadores a reduzir a sua escala, tamanho e consumo de energia sem, no entanto, qualquer perda de desempenho. A DARPA quer fazer uso destas valências para desenvolver novas estruturas e estratégias computacionais.

Além disso, os insetos são capazes de exibir uma maior subjetividade durante uma experiência, adianta o comunicado da DARPA. Se há indícios de que “até os pequenos insetos têm experiências subjetivas, este pode ser o primeiro passo para definir o conceito de ‘consciência‘”.

Apesar de na última década termos observado um grande crescimento no desenvolvimento de sistemas de inteligência artificial, a quantidade de computação necessária para treinar os maiores sistemas de IA tem aumentado dez vezes a cada ano, à medida que a IA assume problemas progressivamente mais complexos, avança a agência Azertag.

Por este motivo, a DARPA está a pedir novas formas de entender sistemas sensoriais e nervosos integrados em insetos com o fim de desenvolver protótipos eficazes. Esta é a prova de que a DARPA está cada vez mais interessada nos mistérios da cognição e da consciência.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bebés voltam a poder ser registados no hospital

No início da pandemia, o serviço "Nascer Cidadão" foi encerrado, Agora, mais de um ano depois, já é possível voltar a registar os bebés nos hospitais onde nascem. Os balcões "Nascer Cidadão" foram instalados há mais …

Fauci revela que uso de máscara está a ser revisto nos EUA para pessoas vacinadas

Anthony Fauci, conselheiro de saúde da Casa Branca, disse que os Estados Unidos estão a estudar a possibilidade de levantar a obrigatoriedade do uso de máscara para pessoas vacinadas contra a covid-19. Este domingo, Anthony Fauci …

Tratamentos de radioterapia em risco no IPO de Lisboa

Tratamentos de radioterapia no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa estão em risco devido à falta de profissionais. O IPO de Lisboa conta com sete aceleradores lineares, aparelhos sofisticados que obrigam à presença física de …

Presidente de associação solidária acusado de violar e escravizar mulheres em situações precárias

O presidente da associação "Paz no Coração" está a ser acusado por 60 crimes sexuais. Atualmente, encontra-se em prisão preventiva. Alfredo Marques Carvalho, líder da associação, acolhia vítimas de violência doméstica, atiradas para a rua com …

Sócrates sai em defesa de Vieira. Em Portugal, "prende-se primeiro e pergunta-se depois"

Em Portugal, "prende-se primeiro e pergunta-se depois", considera o antigo primeiro-ministro José Sócrates, num artigo de opinião publicado esta segunda-feira no qual reage às detenções de Luís Filipe Vieira e Joe Berardo. "Tudo igual, tudo igual, …

Thomas Daley: o ouro para quem sofreu muito

Bullying na escola, morte do pai, homossexualidade, incapaz de caminhar. Thomas Daley venceu uma prova de saltos para a água, em Tóquio, ao lado do também britânico Matty Lee. Surpresa nos saltos para a água, nos …

Depois de uma época dourada, Portugal cai sete lugares no ranking da inovação

A economia nacional caiu sete posições, naquela que é a primeira inversão na trajetória ascendente desde 2014. Apesar do recuo, Portugal melhorou em 18 dos 32 indicadores. A notícia, avançada esta segunda-feira pelo jornal Público, dá …

Mortes de crianças com covid-19 disparam na Indonésia. No Reino Unido aumentam casos graves entre jovens

Médicos britânicos alertaram para o aumento do número de crianças e jovens infetados com covid-19 a dar entrada nos hospitais, apelando à vacinação para não "sofrerem desnecessariamente" com a evolução da doença. "Os doentes estão a …

Empresa portuguesa arrisca multa por enviar ilegalmente resíduos de plástico para a Roménia

Uma empresa portuguesa foi apanhada a enviar resíduos de plástico para a Roménia sem cumprir os requisitos necessários para o fazer. Segundo noticia o Público, a Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento …

Marcos Freitas e Fu Yu brilham no ténis de mesa, Yolanda Sequeira avança no surf

Do ténis de mesa ao surf, a armada portuguesa em Tóquio tem estado em destaque. Marcos Freitas, Fu Yu e Yolanda Sequeira progrediram nas suas respetivas competições. O português Marcos Freitas apurou-se hoje para os oitavos …