Dar à luz era mais fácil há 2 milhões de anos

Como humanos modernos, desenvolvemos a habilidade de caminhar em duas pernas e temos cérebros grandes. Estas características ajudam-nos a chegar à prateleira de cima e a resolver quebra-cabeças – mas vêm com um preço.

As nossas ancas estreitas e cabeças largas fazem com que dar à luz um bebé seja mais demorado e extremamente doloroso, o que, geralmente, requer assistência médica.

Investigadores liderados pela Universidade de Boston recentemente analisaram como poderia ter sido o nascimento do Australopithacus sediba, um hominídeo antigo pertencente ao mesmo género da famosa Lucy. Com base em evidências fósseis dessa espécie, sabemos que viveu há cerca de dois milhões de anos, na mesma época de dois humanos antigos, Homo rudolfensis e Homo habilis.

Usando ossos fósseis, os investigadores reconstruiram digitalmente como seria a pélvis de uma fêmea A. sediba, permitindo-lhes descobrir como teria dado à luz. Os cientistas descobriram que o processo teria sido um pouco mais fácil para as espécies antigas do que para as mulheres da atualidade.

Quando bebes humanos nascem, precisam girar várias vezes para se encaixar no canal de nascimento, mas para A. sediba, esse não terá sido o caso, embora as espécies partilhem algumas características pélvicas, como a forma do canal de nascimento.

Os investigadores estimam que, para que a rotação seja necessária, a cabeça de um bebé de A. sediba teria que aumentar de 28 a 42%. No entanto, os cientistas observam que ainda pode ter ocorrido algum nível de rotação nas espécies.

“A largura fetal da cabeça e dos ombros tem amplo espaço para atravessar até as dimensões mais estreitas do canal de parto materno”, disse à BBC a investigadora principal Natalie Laudicina, da Universidade de Boston. Ainda não é claro exatamente quando é que a necessidade de girar para sair do canal de nascimento evoluiu pela primeira vez em humanos.

A conclusão óbvia pode ser que, à medida que os hominídeos antigos se adaptavam à caminhada em duas pernas e a cérebros maiores, o parto tornava-se cada vez mais difícil. No entanto, a nova investigação complica à história. Por exemplo, Lucy, que pertencia à espécie Australopithecus afarensis, teria tido um processo de parto mais difícil do que A. sediba, pois teria sido mais apertado para a criança a mover-se através do canal de parto.

Apesar desse grande desafio ao dar à luz, Lucy e os seus parentes viveram cerca de um milhão de anos antes de A. sediba, sugerindo que a evolução do parto é complicada e complexa.

“As diferenças interespecíficas na morfologia pélvica da hominídea fóssil e nas dimensões fetais mostram que não há uma mudança linear e gradual de um nascimento fácil para um nascimento difícil”, escreveram os cientistas este mês na revista especializada PLOS ONE. “Em vez disso, a morfologia de cada espécime exibe o seu próprio conjunto de desafios obstétricos.”

Os cientistas observam que o formato da pélvis de A. sediba terá sido, provavelmente parcialmente, o resultado da forma como o hominídeo se movia, em vez de se adaptar apenas ao parto.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Australopithecus sediba ancestral do gênero homo tinha um canal de parto para dar a luz fora os erros de gramática ótima matéria

RESPONDER

Cientistas criam massa que muda de formato assim que entra em contacto com a água

Da penne à fusilli: as pessoas adoram massas pelos seus formatos. Agora, uma equipa de cientistas liderada pelo Morphing Matter Lab da Carnegie Mellon University está a desenvolver massas planas que se transformam em formas …

Australiana fez uma cirurgia para remover as amígdalas (e acordou com um sotaque irlandês)

No dia 19 de abril, Angie Mcyen foi submetida a uma cirurgia para remover as amígdalas, um procedimento bastante simples que demorou apenas meia hora. Uns dias depois, acordou e apercebeu-se de que tinha um …

“Foi o crime do século“. Museu Britânico mostra o impacto do assassinato de Thomas Becket na Europa

Thomas Becket foi abatido dentro da Catedral de Cantuária por cavaleiros da comitiva do rei Henrique II. O assassinato, em 1170, causou ondas de choque em toda a Inglaterra. Agora, o religioso será recordado através …

Na Índia, ser-se rico ou pobre pode fazer a diferença no acesso à vacina

A Índia enfrenta uma grave escassez de vacinas contra a covid-19. Até ao momento, só 2,5% da população recebeu ambas as doses, enquanto 10% recebeu uma. Na Índia, as pessoas que vivem em cidades com fácil …

Ilha italiana torna-se "covid-free" e mostra-se pronta para receber turistas de todo o mundo

Numa altura em que vários países da Europa já começam a planear a abertura ao turismo de forma intensiva, há regiões que mostram já estar um passo à frente. É o caso da ilha de …

Política chinesa torna uigures reféns nas suas próprias casas

A China introduziu, em 2016, uma política de parentesco para promover a harmonia nacional e a unidade étnica, levando a que desde então mais de 1,1 milhões de funcionários do Estado ocupassem periodicamente as casas …

O palco de um dos maiores contos britânicos de sempre vai transformar-se num hostel

A Irlanda aprovou uma proposta para converter num hostel um dos pontos de referência de James Joyce mais icónicos de Dublin. O irlandês James Joyce é um dos maiores escritores da literatura britânica, sendo autor de …

Liz Cheney é a cara da oposição ao "trumpismo" no Partido Republicano

Esta quarta-feira, e depois de ter criticado o antigo Presidente dos Estados Unidos, a congressista Liz Cheney foi afastada de um cargo de liderança no Partido Republicano. Na noite desta terça-feira, e pouco antes de …

SC Braga punido com dois jogos à porta fechada por falta de habilitações de Custódio

O Sporting de Braga foi punido com dois jogos de interdição do seu estádio, após queixa da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), devido à falta de habilitações de Custódio, anunciou o Conselho de …

Marinha dos EUA faz apreensão de armas ilícitas no Mar da Arábia

A Marinha dos Estados Unidos apreendeu um carregamento ilícito de armas no Mar da Arábia, anunciou a Quinta Frota da Marinha americana. A apreensão do arsenal foi feita pelo navio USS Monterey na passada quinta-feira, dia …