Há esperança para os daltónicos. Criada lente de contacto que corrige as cores

(CC0/PD) Pineapple Supply Co. / pexels

Na forma mais comum, os daltónicos não distinguem o verde do vermelho

Usando um corante de baixo custo, investigadores da Universidade de Birmingham desenvolveram lentes de contacto que podem ser uma grande ajuda para os daltónicos.

Ajudar os daltónicos tendo em conta a sua conta bancária. Foi este o objetivo de um grupo de investigadores da Universidade de Birmingham, que criou uma correção para o daltonismo que promete ajudar as pessoas que sofrem desta condição sem ser preciso gastar muito dinheiro.

Atualmente, vários métodos têm sido propostos para aumentar a perceção das cores. No entanto, os produtos que existem hoje no mercado, como os óculos de filtragem de cor, são caros, grandes e incompatíveis com outros óculos corretores de visão.

Foi por isso que Abdel-Rahman Badawy e seus colegas desenvolveram uma versão mais barata de correção para o daltonismo: uma lente de contacto comercial tingida com um corante derivado da rodamina.

Este derivado da rodamina foi escolhido devido à sua capacidade de absorver certos comprimentos de onda da luz. Os investigadores envolvidos descobriram que o corante bloqueia a banda que fica entre os comprimentos de onda vermelho e verde, que é percebido por dois conjuntos de cones óticos correspondentes simultaneamente.

(dr) Universidade de Birmingham

A solução de Abdel-Rahman Badawy é uma simples: lente de contacto comercial tingida com um corante derivado da rodamina.

Segundo o Phys.org, a remoção desta banda inibe o disparo simultâneo dos cones designados para bandas de comprimento de onda verde e vermelho, permitindo assim uma melhor diferenciação entre as cores em questão.

Haider Butt, orientador da investigação, adiantou que os cientistas estão “a tentar usar um processo semelhante para corrigir o daltonismo roxo-azul, e também para reunir uma série de corantes para fazer as lentes funcionarem para daltonismo vermelho-verde e roxo-azul simultaneamente”.

Os testes clínicos em humanos irão começar em breve.

Daltonismo, a “doença das cores”

O daltonismo é um distúrbio ocular genético hereditário que faz com que as pessoas que sofrem desta doença tenham dificuldade em distinguir certas cores. Há pessoas que confundem o vermelho e o verde, mas há também quem sofra de uma incapacidade total de visualização de cores.

 

Wikimedia

Teste de cores de Ishihara. Pessoas com visão normal identificam o número 74. Muitos portadores de daltonismo encontram na figura o número 21. Indivíduos com cegueira cromática não encontram nenhum número.

A normal visão das cores é a tricromática, isto é, qualquer cor pode ser criada se combinarmos as cores azul, vermelho e verde, percebidas por um grupo de cones na parte de trás do olho. Estes cones são divididos em três grupos, responsáveis pelos comprimentos de onda curtos (azul), médios (verde) e longos (vermelho).

Quando algum destes cones está em minoria, o cérebro recebe informações distorcidas, levando assim a uma capacidade limitada de identificar certos tipos de cor.

ZAP // Phys.org

PARTILHAR

RESPONDER

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …