Há esperança para os daltónicos. Criada lente de contacto que corrige as cores

(CC0/PD) Pineapple Supply Co. / pexels

Na forma mais comum, os daltónicos não distinguem o verde do vermelho

Usando um corante de baixo custo, investigadores da Universidade de Birmingham desenvolveram lentes de contacto que podem ser uma grande ajuda para os daltónicos.

Ajudar os daltónicos tendo em conta a sua conta bancária. Foi este o objetivo de um grupo de investigadores da Universidade de Birmingham, que criou uma correção para o daltonismo que promete ajudar as pessoas que sofrem desta condição sem ser preciso gastar muito dinheiro.

Atualmente, vários métodos têm sido propostos para aumentar a perceção das cores. No entanto, os produtos que existem hoje no mercado, como os óculos de filtragem de cor, são caros, grandes e incompatíveis com outros óculos corretores de visão.

Foi por isso que Abdel-Rahman Badawy e seus colegas desenvolveram uma versão mais barata de correção para o daltonismo: uma lente de contacto comercial tingida com um corante derivado da rodamina.

Este derivado da rodamina foi escolhido devido à sua capacidade de absorver certos comprimentos de onda da luz. Os investigadores envolvidos descobriram que o corante bloqueia a banda que fica entre os comprimentos de onda vermelho e verde, que é percebido por dois conjuntos de cones óticos correspondentes simultaneamente.

(dr) Universidade de Birmingham

A solução de Abdel-Rahman Badawy é uma simples: lente de contacto comercial tingida com um corante derivado da rodamina.

Segundo o Phys.org, a remoção desta banda inibe o disparo simultâneo dos cones designados para bandas de comprimento de onda verde e vermelho, permitindo assim uma melhor diferenciação entre as cores em questão.

Haider Butt, orientador da investigação, adiantou que os cientistas estão “a tentar usar um processo semelhante para corrigir o daltonismo roxo-azul, e também para reunir uma série de corantes para fazer as lentes funcionarem para daltonismo vermelho-verde e roxo-azul simultaneamente”.

Os testes clínicos em humanos irão começar em breve.

Daltonismo, a “doença das cores”

O daltonismo é um distúrbio ocular genético hereditário que faz com que as pessoas que sofrem desta doença tenham dificuldade em distinguir certas cores. Há pessoas que confundem o vermelho e o verde, mas há também quem sofra de uma incapacidade total de visualização de cores.

 

Wikimedia

Teste de cores de Ishihara. Pessoas com visão normal identificam o número 74. Muitos portadores de daltonismo encontram na figura o número 21. Indivíduos com cegueira cromática não encontram nenhum número.

A normal visão das cores é a tricromática, isto é, qualquer cor pode ser criada se combinarmos as cores azul, vermelho e verde, percebidas por um grupo de cones na parte de trás do olho. Estes cones são divididos em três grupos, responsáveis pelos comprimentos de onda curtos (azul), médios (verde) e longos (vermelho).

Quando algum destes cones está em minoria, o cérebro recebe informações distorcidas, levando assim a uma capacidade limitada de identificar certos tipos de cor.

ZAP ZAP // Phys.org

PARTILHAR

RESPONDER

O titanossauro mais antigo do mundo foi descoberto na Patagónia

Ninjatitan zapatai viveu há aproximadamente 140 milhões de anos, no início do Cretáceo, na atual Patagónia, na Argentina. Segundo os cientistas, o novo espécime fóssil de tiranossauro pode ser o mais antigo do mundo. Com cerca …

Volvo prepara mudança estratégica e apresenta o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge

A marca de automóveis sueca apresentou o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge. O modelo representa mais um passo no caminho para a eletrificação total da Volvo, já que esta semana a marca …

Benfica 2-0 Estoril | Águia carimba presença na final

O Benfica venceu o Estoril Praia por 2-0, no Estádio da Luz, e apurou-se para a final da Taça de Portugal, a segunda consecutiva do emblema “encarnado”. Os comandados de Jorge Jesus confirmaram a superioridade …

Um reator nuclear pode ajudar a resolver o mistério do desaparecimento de Amelia Earhart

Uma equipa de investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, vai submeter uma folha de alumínio velha e gasta a um feixe de partículas do coração de um reator nuclear na esperança de …

Musk quer criar uma nova cidade no local de lançamento da SpaceX. Vai chamar-se Starbase

O empresário norte-americano Elon Musk está a tentar criar uma nova cidade chamada Starbase nas instalações de lançamento da SpaceX no Texas, nos Estados Unidos. As instalações da SpaceX no Texas estão localizadas em Boca Chica …

Chatbots: A tecnologia que "ressuscita" os mortos é cada vez mais uma realidade

Foi recentemente revelado que em 2017 a Microsoft patenteou um chatbot que, se construído, ressuscitaria digitalmente os mortos. Usando Inteligência Artificial e machine learning, o chatbot proposto traria o nosso ente querido de volta à …

Casal acertou no jackpot de 210 milhões de euros do Euromilhões (mas não registou o boletim)

Dois jovens britânicos pensaram que tinham ganho 182 milhões de libras (cerca de 210 milhões de euros), mas afinal o boletim não tinha sido registado por falta de dinheiro na conta online. Rachel Kennedy, de 19 …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Mulheres portuguesas trabalham mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho pago e não pago, continuando a ter maior dificuldade em conciliar a profissão com a …

Três sismos acima de 7 na escala de Richter abalam a Nova Zelândia. Autoridades alertam para tsunami

A costa nordeste da Nova Zelândia foi esta quinta feira atingida por três sismos de magnitude acima de 7 na escala de Richter. A proteção civil emitiu um alerta de tsunami após o primeiro terramoto, …