CSI da Idade da Pedra. Crânio fossilizado revela indícios de homicídio no Paleolítico

Segundo um estudo recente, uma nova análise ao crânio fossilizado de um homem do Paleolítico Superior sugere que a morte ocorre de forma violenta. Foi homicídio, disseram os Paleo-CSIs.

O crânio fossilizado de um homem adulto do Paleolítico, conhecido como Cioclovina calvaria, foi descoberto numa caverna no sul da Transilvânia e os cientistas acreditam que tenha cerca de 33.000 anos de idade.

Desde a sua descoberta, o fóssil foi extensivamente estudado. Na nova investigação, os cientistas reavaliaram o trauma no crânio – uma grande fratura no aspeto direito do crânio que foi contestada no passado – a fim de avaliar se essa fratura ocorreu no momento da morte ou se terá sido um evento pós-morte.

O artigo científico foi publicado no dia 3 de julho na PLOS One, por uma equipa internacional de cientistas da Grécia, Roménia e Alemanha, liderada por Eberhard Karls.

A equipa de investigadores realizou várias simulações experimentais de traumas utilizando doze esferas ósseas sintéticas, testando cenários variados como quedas de várias alturas e golpes simples ou duplos com rochas ou bastões. Além das simulações, os autores analisaram o fóssil visual e virtualmente usando tecnologia de tomografia computorizada.

De acordo com o portal Phys.org, os cientistas descobriram que o crânio apresentava, na verdade, duas lesões que aconteceram na hora da morte: uma fratura linear na base do crânio e uma fratura no lado direito da calota craniana.

As simulações mostraram que ambas as fraturas se assemelham ao padrão de lesão resultante de golpes consecutivos com um objeto parecido com um bastão. Aliás, o posicionamento sugere que o golpe resultante na fratura do lado direito do crânio surgiu de um confronto face a face, possivelmente com o bastão na mão esquerda do agressor.

A análise indica que as duas lesões não foram resultado de lesões acidentais.

Apesar de as fraturas terem sido fatais, só o crânio foi encontrado, pelo que as lesões que o corpo possivelmente apresenta poderiam sustentar esta tese. Independentemente disso, as evidências forenses descritas neste estudo apontam para uma morte violenta causada intencionalmente, sugerindo que o homicídio foi mesmo praticado pelos primeiros humanos durante o Paleolítico Superior.

“O Paleolítico Superior foi uma época de crescente complexidade cultural e sofisticação tecnológica. O nosso trabalho mostra que o comportamento interpessoal violento e o assassinato também faziam parte do repertório comportamental destes primeiros europeus modernos”, escreveram os autores no artigo científico.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Netflix responde a senadores norte-americanos e avança com série

Na passada sexta-feira, a Netflix respondeu aos cinco senadores do Partido Republicano dos Estados Unidos da América que, numa carta, questionaram a decisão de adaptar a trilogia O Problema dos Três Corpos, a série literária …

Há sobras de comida que sabem realmente melhor no dia seguinte (e os cientistas já sabem porquê)

Não é mito. Existem realmente sobras de comida que sabem melhor no dia seguinte e um especialista da Universidade de Oxford (Reino Unido) - que adora caril - explica o porquê à luz da Ciência. …

Teme-se que a violência doméstica dispare depois dos incêndios da Califórnia

Teme-se que os casos de violência doméstica disparem depois de os incêndios da Califórnia serem extintos, avança a revista norte-americana Vice, que ouviu responsáveis por espaços de abrigo para as vítimas. Desastres naturais de grandes …

Comunidade Vida e Paz ajudou 420 pessoas por dia no ano passado

Em 2019, a Comunidade Vida e Paz apoiou cerca de 420 pessoas em situação de sem-abrigo por dia e distribuiu 138 mil refeições. Além disso, a organização ajudou regularmente 26 famílias carenciadas, entre 78 adultos …

Realidade Virtual dá nova vida ao Mayflower, o navio que levou os ingleses para o Novo Mundo

Mayflower foi o famoso navio que, em 1620, transportou os chamados Peregrinos, do porto de Southampton, Inglaterra, para o Novo Mundo. A Realidade Virtual ajudou a trazê-lo de volta à vida. Os Peregrinos do Mayflower foram …

Iniciativa Liberal recorre à lei para exigir que plano de liquidez da TAP seja enviado às Finanças

O deputado da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim Figueiredo, exigiu que o ministro das Finanças, João Leão, remeta o plano de liquidez da TAP à Comissão de Orçamento e Finanças, no prazo de dez dias, ao abrigo …

Museu britânico deixa de exibir coleção de cabeças humanas

O Museu Pitt Rivers em Oxford, no Reino Unido, decidiu retirar da sua exposição permanente crânios e cabeças humanas encolhidas (tsantsas), que terão sido encontradas por exploradores europeus nas suas viagens às Américas e à …

Lactogal assume derrame de leite no rio UI

A empresa agroalimentar Lactogal, de Oliveira de Azeméis, assumiu esta segunda-feira que o derrame de leite no rio Ul, afluente do rio Antuã, se deveu ao colapso de um dos seus tanques e que estão …

O James Bond da vida real foi um arquivista na Polónia comunista (e pode ter enganado os caçadores de espiões)

O James Bond da vida real foi um arquivista e diplomata britânico que viveu na Polónia comunista na década de 1960, revelam documentos esta semana partilhados pelo Instituto Polaco da Memória Nacional. O diplomata James …

Japão mantém plano original. Tocha olímpica passará pelas 47 prefeituras do país

O percurso da tocha olímpica, que se iniciará em março de 2021, manterá o trajeto inicialmente previsto, um ano após o plano original, informou esta segunda-feira o Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A tocha …