Cristiano Ronaldo rejeita acordo com fisco espanhol e volta a defender Jorge Mendes

José Sena Goulão / Lusa

O empresário de futebol Jorge Mendes com Cristiano Ronaldo

Os advogados de Cristiano Ronaldo defendem que a atribuição ao jogador de uma fraude fiscal no valor 14,7 milhões de euros é “inconsistente” e sem fundamento.

O jornal espanhol El Mundo avança a notícia depois de ter tido acesso ao documento apresentado pelo internacional português que, alegadamente, deve 14,7 milhões de euros relativos a direitos de imagem, ao Tribunal da Primeira Instância e Instrução número um de Pozuelo de Alarcón, Madrid.

No documento, Cristiano tece duras críticas às acusações feitas pelo Tesouro espanhol. Entre elas está a de uma “acusação facilmente desmontável por um observador objetivo e que se assenta na “utilização arbitrária de critérios contrários ao Direito Tributário”. A questão é reduzida a uma “discrepância de critério” pelos advogados do português, que considera que a acusação não passa de um problema de “qualificação tributária”.

A defesa considera que a verdadeira causa da acusação está centrada “na diferença entre o declarado e o que a inspeção considera atribuível a Espanha”, rematando consequentemente que “o que se discute realmente não é a atribuição de direitos de imagem a uma sociedade residente nas Ilhas Virgens Britânicas”.

O problema estará, então, de acordo com o documento, “na qualificação dada pelo contribuinte aos valores obtidos como consequência da sua atribuição à pessoa física e o valor que é imputável ao território espanhol”, sublinhando ainda que a discrepância entre Ronaldo e o fisco reside “na qualificação dos valores declarados como rendimento do capital mobiliário e que valor se pode imputar a Espanha”.

Em resumo, a fraude denunciada pelo fisco espanhol “não tem qualquer relação causal com o uso de uma estrutura corporativa para a gestão de direitos, mas um problema fiscal de qualificação”, sublinhou a defesa.

O mesmo documento defende a inocência de Jorge Mendes, afirmando que não podem ser imputadas culpas ao empresário desportivo.

Na mesma missiva enviada ao tribunal espanhol, os advogados de Cristiano Ronaldo fizeram questão de sublinhar não devem ser atribuídas quaisquer culpas a Jorge Mendes neste processo.

“Não conseguimos vislumbrar, nem sequer hipoteticamente, que contribuição teria realizado Jorge Mendes nas tarefas de ordem tributária de Cristiano Ronaldo”, lê-se no final da carta. “Não se lhe atribuem conhecimentos tributários que permitam argumentar de forma razoável que tenha induzido ou contribuído para que pagasse menos impostos”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O Ronaldo disse que “quem não deve não teme” para justificar a sua inocência. Vamos ver se tem a coragem suficiente para levar o processo até ao fim e demonstrar que estava certo, nada deve, que esta é uma argumentação maldosa do fisco espanhol. Esperemos vir ainda a saber o resultado desta novela.

RESPONDER

Berardo apresenta recurso contra arresto de imóveis de luxo

Joe Berardo apresentou um recurso contra o arresto a dois imóveis de luxo em Lisboa. As propriedades foram arrestadas pela Caixa Geral de Depósitos por dívidas superiores a 300 milhões. O empresário madeirense Joe Berardo interpôs …

Para além de autocarros, Cascais quer comboios gratuitos dentro do município

Desde 1 de janeiro de 2020, Cascais tornou-se no primeiro concelho do país a ter transportes públicos rodoviários gratuitos. Agora, quer alargar a iniciativa aos comboios. "Estamos a abrir um novo paradigma, que encara a mobilidade …

Governo convoca sindicatos para negociar aumentos acima dos 0,3%

O Governo convocou as estruturas sindicais da administração pública para voltar a negociar a proposta dos aumentos salariais de 0,3% para este ano. De acordo com a agência Lusa, o Governo convocou as estruturas sindicais da administração …

Governo prepara injeção final de 1400 milhões no Novo Banco

Desde a venda, em outubro de 2017, o Estado já injetou 1,9 mil milhões de euros no Novo Banco. Agora, o Fundo de Resolução estuda injetar mais 1,4 mil milhões. O Fundo de Resolução e o …

Em Espanha, há jogadores a serem pressionados a sair para países árabes

Jogadores do UD Almería estão a ser pressionados pelo dono do clube a sair para clubes de países árabes. Alguns atletas já apresentaram queixa ao sindicato. O xeique Turki Al-Sheikh, dono do Almería, da segunda divisão …

Chuva forte inunda Hospital de São José, em Lisboa

As chuvas fortes que se fizeram sentir esta quinta-feira inundaram o Hospital de São José, em Lisboa, deixando algumas salas alagadas. A informação é avançada pelo Correio da Manhã, que publicada algumas fotografias nas quais se …

Aos 58 anos, Carlos Sainz volta a fazer história ao conquistar o seu terceiro Dakar

Carlos Sainz reforçou o estatuto de piloto mais veterano a conquistar o Dakar, ampliando assim por mais um par de anos o recorde que já lhe pertencia. O espanhol Carlos Sainz (Mini) conquistou a terceira vitória …

Alunos até ao 6.º ano vão poder ficar nas escolas das 9 às 17 horas

O princípio da Escola a Tempo Inteiro (ETI), que permite prolongar o horário escolar dos alunos do 1.º ciclo através de Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC), vai ser também alargado aos estudantes do 2.º ciclo. …

Bruno Fernandes corre risco de não fazer o último jogo contra o Benfica

Com a transferência de Bruno Fernandes para o Manchester United quase fechada, o internacional português corre o risco de não alinhar esta sexta-feira no dérbi com o Benfica. A notícia avançada hoje pelo Correio da Manhã …

Carreiras chama "traidor" a Rio (e considera que Passos Coelho voltará a unir o partido)

O autarca de Cascais, Carlos Carreiras, classifica Rui Rio como "traidor" e considera que, "se e quando decidir voltar", Pedro Passos Coelho voltará a unir o PSD. Carlos Carreiras, presidente da maior autarquia social-democrata do país, …