/

Assunção Cristas admite tendência de voto à esquerda. “É um risco”

9

António Cotrim / Lusa

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas

A líder centrista admite a possibilidade de “uma inclinação muito grande para a esquerda” nas legislativas de outubro, defendendo que tal cenário resultaria num “grande desequilíbrio” no sistema político.

Assunção Cristas continua a desvalorizar as sondagens que apontam para a possibilidade do pior resultado de sempre dos partidos de direita. Ainda assim, em entrevista à Antena 1, a líder do CDS admitiu que existe uma tendência de voto à esquerda, algo que representa um risco.

“O que podemos vir a ter é, de facto, uma inclinação muito grande para a esquerda. Há quem fale até de dois terços do Parlamento à esquerda. Eu não acredito, porque acho que em Portugal há muita gente a pensar de maneira diferente, mas a verdade é que se isso por ventura se viesse a concretizar, nós temos uma situação inédita de um grande desequilíbrio no nosso sistema político-partidário”, justificou.

Por esse motivo, Cristas apela ao voto no CDS. No entanto, recusa quantificar o que seria um bom resultado para o partido nas eleições legislativas de outubro. O objetivo “é crescer o mais possível”.

A presidente do partido insistiu também na prioridade número um do CDS – a redução de impostos -, apesar de António Costa ter acusado o partido de caça ao voto, com a descida da carga fiscal. “Defendo uma baixa de impostos porque isso é que é tratar as pessoas do nosso país da forma mais equitativa possível”, rematou.

Já no que diz respeito a eventuais acordos à direita, a líder do CDS-PP descarta um entendimento pré-eleições com o PSD e sublinha que a força que o seu partido tiver, depois de 6 de outubro, será para “somar no espaço político de centro direita”.

  ZAP //

9 Comments

  1. Qualquer decisão de voto representa um evidente risco. Tendo em conta o valor da palavra dada por os representantes das diferentes facções Politicas, votar é como assinar um cheque em branco e acabar para alguns em arrependimento. Certo é que pessoalmente, não dou uma grama de confiança a esta Sra. que já revelou por mais que uma vez o que é realmente, péssima Politica, não melhor que os restantes adversários mas muito PIOR !…… Hipocrisia exacerbada, aldrabice e oportunismo são as únicas qualidades que lhe atribuo !…… Sem por isso querer dizer que os restantes sejam uns Santos. Au votar só há duas vias; abster-se ou votar no menos mau !

  2. Bom, bom é votar na criatura das barragens ou no que quer rebentar o dinheiro dos nossos impostos no sns animal. Ou ainda naquele que quer continuar a dar de mamar aos familiares do partido e a empregar o máximo deles seja no governo, nas autarquias ou onde quer que haja dinheiro público. Parece-me mesmo que na esquerda só haverá um sério: o Jerónimo. Ai… espera que esse tem o genro a trabalhar na câmara de Loures e pelo que se lê na web e vi na tvi24 recebe mais de 10 mil euros para mudar meia dúzia de lâmpadas.

    • É simplesmente a minha opinião, desde que cumpro com o meu dever e direito cívico, nunca vi um Ministro a cumprir o que prometeu ! A data de hoje, considero que as carências em termos Sociais persistem e o Cancro da corrupção ainda tem bons Dias vindouros!

  3. É um risco do tacho desaparecer Cristas? Enquanto as pessoas não votarem nas pessoas e não olhar para os partidos estamos mal.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.