“Crise invisível”. O conteúdo digital alcançará metade da massa da Terra dentro de 225 anos

Uma nova investigação sugere que o conteúdo digital alcançará metade da massa da Terra dentro de 225 anos, em meados de 2245.

De acordo com o estudo, publicado no AIP Advances do Instituto Americano de Física, o número de bits que contêm informações digitais será igual ao número de átomos na Terra dentro de 150 anos. Em 2245, o conteúdo digital alcançará metade da massa da Terra.

A estimativa é de Melvin Vopson, um cientista que chegou a estes números utilizando as densidades de armazenamentos dos dados atuais, o número de bits produzidos por ano e o tamanho de um bit comparativamente com a dimensão de um átomo, a uma taxa de crescimento anual de 50%, detalha a agência Europa Press.

À medida que usamos recursos, como o carvão, o petróleo, o gás natural, o cobre ou o alumínio para alimentar enormes sistemas de computadores e processar informações digitais, o nosso progresso tecnológicos está a redistribuir a matéria da Terra de átomos físicos para informações digitais: o quinto estado da matéria, juntamente com o líquido, o sólido, o gás e o plasma, explica a agência noticiosa espanhola.

De acordo com o novo estudo, com o tempo, chegaremos a um ponto de saturação total, um período na evolução humana em que os bits digitais ultrapassarão o número de átomos na Terra, num mundo “principalmente simulado por computadores e dominados por bits digitais e códigos de computadores”.

“Estados literalmente a mudar o planeta aos poucos e é uma crise invisível”, acredita Melvin Vopson, autor do estudo e professora da Escola de Matemática e Física da Universidade de Portsmouth, em Inglaterra, citado em comunicado.

O especialista acredita que o limite iminente do número de bits, da energia necessária para produzi-los e da distribuição da massa física e digital sobrecarregará o planeta.

“O crescimento da informação digital parece realmente imparável”, disse Vopson.

“De acordo com a IBM e outras fontes de pesquisa de big data, 90% dos dados do mundo atual foram criados apenas nos últimos 10 anos. De certa forma, a atual pandemia de covid-19 acelerou este processo, uma vez que mais conteúdo digital está a ser utilizado e produzido de uma forma sem precedentes”, rematou.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …