Crise faz disparar disfunções sexuais masculinas

A crise económica está a afetar a vida sexual dos homens portugueses e a fazer disparar as patologias ligadas às disfunções sexuais. E a tendência será para aumentar.

O alerta é lançado pela Sociedade Portuguesa de Andrologia, Medicina Sexual e Reprodução (SPA), que assegura que 52% dos indivíduos entre os 42 e os 70 anos têm disfunção erétil em algum grau.

Dificuldades financeiras, desemprego ou filhos que regressam a casa dos pais ou dos avós, contribuem para este cenário.

“Todo o stress inerente a estas situações faz com que haja um desequilíbrio emocional no homem e isso tem, de imediato e cada vez mais, repercussões na sua vida familiar e, consequentemente, na sua saúde sexual. Enquanto médicos especialistas, aquilo que sentimos, tanto nos hospitais como nos consultórios, é que há cada vez mais casos, nomeadamente de disfunção erétil, que são fruto da atual conjuntura económica”, assegura Pepe Cardoso, presidente da SPA.

Também para os homens que se encontram ativos profissionalmente há desafios a enfrentar no que a estas temáticas diz respeito. É que o trabalho precário, salário insuficiente para fazer face às despesas ou mesmo desafios profissionais demasiado exigentes e com direito a pouco descanso, estão a fazer acelerar os casos de disfunção erétil.

Para o mesmo responsável, esta situação requer também ela cautelas até porque, assegura, “causa menor produtividade e faz aumentar os conflitos laborais” já que “o homem fica muito afetado psicologicamente perante uma situação de disfunção sexual”, refere o urologista.

“A partir daqui entra-se num verdadeiro ciclo vicioso de descontentamento, conflitos e insatisfação generalizada nas diferentes áreas da vida dos indivíduos”, acrescenta.

Preocupada com estes números, a SPA tem a decorrer uma campanha de sensibilização relativamente à disfunção erétil e onde promove, por um lado, a importância se falar com um médico sobre a situação e, por outro lado, a visita do site eucontrolo.pt, que apresenta um conjunto de informação “importante e fidedigna” sobre as disfunções sexuais masculinas e “no qual se podem esclarecer várias dúvidas sobre o assunto”.

Para Pepe Cardoso, é importante que “o médico não seja o último a saber deste tipo de patologias, que é o que na grande maioria dos casos acontece” e já num “quadro de evolução e de gravidade desnecessários”.

Move

PARTILHAR

RESPONDER

Restos mortais de morcego-vampiro podem desvendar mistérios sobre a espécie extinta

A descoberta da mandíbula de um morcego que viveu há 100 mil anos pode ajudar a responder a algumas incógnitas sobre a espécie extinta. Os restos mortais foram encontrados numa caverna na Argentina. De acordo com …

Vacinação de crianças saudáveis está aberta à "livre escolha dos pais"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, salientou este sábado que as autoridades de saúde não proibiram a vacinação contra a covid-19 para crianças saudáveis, considerando que “esse espaço continua aberto à livre escolha …

Tal como nos humanos, a cafeína ajuda as abelhas a aumentar o foco e a eficácia

Um novo estudo indica que, tal como em muitos humanos, uma injeção de cafeína ajuda as abelhas a manterem-se mais concentradas e a realizarem o trabalho com mais eficiência. Uma equipa da Universidade de Greenwich percebeu …

Astrónomos detetam, claramente e pela primeira vez, um disco a formar satélites em torno de exoplaneta

Com o auxílio do ALMA, do qual o ESO é um parceiro, os astrónomos detetaram pela primeira vez de forma clara a presença de um disco em torno de um planeta fora do nosso Sistema …

E se a Terra parasse subitamente de girar?

O nosso planeta demora 23 horas e 56 minutos a completar uma volta em torno do seu eixo, movendo-se a cerca de 1.770 quilómetros por hora. Aprendemos estes pormenores sobre o planeta azul na escola, …

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …