Mais de 24 milhões de crianças expostas a conflitos precisam de apoio psicológico

Mais de 24 milhões de crianças, entre 142 milhões que vivem em zonas de conflito de “elevada intensidade”, precisarão de apoio psicológico, alertou hoje a organização Save the Children, pedindo um aumento dos recursos agora “insuficientes” para adquiri-lo.

Na apresentação do seu relatório intitulado “O caminho da recuperação: responder à saúde mental infantil em contextos de conflito” em Bilbau, Espanha, esta organização não-governamental (ONG) disse que um dos assuntos “esquecidos” quando se aborda as guerras é a saúde mental das crianças expostas aos conflitos.

A Save the Children evidenciou que desde 2010 o número de crianças que vivem em zonas de conflito aumentou 37%.

Já o número de violações graves dos direitos daqueles que foram vítimas, nomeadamente assassínios e mutilações, recrutamento para integrar forças armadas e violência sexual, aumentou em 174%.

O diretor de Programas Internacionais e Humanitários da Save the Children, David del Campo, salientou que as guerras estão a mudar e são cada vez mais sangrentas, incluindo como estratégia os danos às crianças “de forma planeada”.

A título de exemplo, Del Campo explicou que há intencionalidade na destruição ou desativação de 2.200 escolas na Síria e que “não é por acaso” que no Iémen mais de 400.000 crianças sofrem de desnutrição “grave”, devido a “um bloqueio humanitário para prejudicar a população civil”.

Del Campo afirmou que, nesses contextos, os danos na saúde mental dos menores são “invisíveis”.

O relatório da Save the Children incluiu alguns depoimentos destas crianças expostas em zonas de conflitos.

Em 2017, segundo esta ONG, cerca de 173.800 crianças foram deixadas sozinhas ou separadas das suas famílias devido aos conflitos armados e mais de 8.000 foram sequestradas, recrutadas e usadas nas forças armadas.

O representante da ONG sublinhou que, devido ao “‘stress’ tóxico” que podem sofrer, essas crianças reagem de maneiras diferentes: “crianças de 14 anos – por exemplo – recuam dez anos e começam a urinar, não dormem à noite”, sofrem “pânico, psicose…”.

Perante isso, a Save the Children denunciou que os recursos são insuficientes para atenuar esse problema.

Segundo a sua análise, apenas 0,14% de toda a ajuda oficial ao desenvolvimento entre 2015 e 2017 foi para assistência à saúde mental infantil.

A organização solicitou que a Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) deste mês inclua este assunto na sua agenda, considerando que representa uma oportunidade para os países envolvidos alcançarem um aumento do financiamento para o apoio psicológico a essas crianças.

Esta ONG também pede que promovam a criação de um curso de formação em saúde mental para apoiar essas crianças, perante a escassez de especialistas existentes.

“Agora, na Síria, para seis milhões de crianças menores de 18 anos deslocadas, existem 15 a 20 psiquiatras disponíveis”, referiu Del Campo.

O relatório citado inclui recomendações à comunidade internacional para que continue a trabalhar em favor de que as escolas em zonas de conflito sejam espaços seguros e não alvos militares, que suspenda a venda de armas a países em conflito e que exija responsabilidade aos autores de violações contra crianças.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sem-abrigo morta a tiro no Brasil após pedir esmola

Uma mulher sem-abrigo foi morta no sábado, em Niterói, no estado brasileiro do Rio de Janeiro, quando pedia esmola a um transeunte, que disparou sobre ela. O crime, que ocorreu no sábado, foi filmado por câmaras …

Polícias saem à rua para reivindicar promessas do Governo. Chega e mais seis partidos vão ao protesto

Elementos das forças de segurança (PSP e GNR) manifestam-se esta quinta-feira, em Lisboa, para pressionarem o novo Governo a cumprir as reivindicações da classe e as promessas do anterior Executivo. Sob o lema “tolerância zero”, a …

Homens ficam mais stressados quando esposas ganham quase tanto como eles

https://vimeo.com/374392301 Um novo estudo sugere que o homem fica mais stressado quando a mulher ganha mais do que 40% do rendimento do casal. Em sentido contrário, ficam menos ansiosos quando a esposa ganha menos do que …

Estratégia Nacional para Sem-Abrigo prevê que ninguém fique na rua mais de 24 horas

A atual Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo está assente num modelo de intervenção em que ninguém fique na rua por mais de 24 horas e um conhecimento permanente do …

Protesto nacional de quinta-feira na Colômbia leva governo a encerrar fronteiras

A Colômbia é esta quinta-feira palco de um protesto nacional convocado por sindicatos e movimentos sociais, que levou as autoridades a adotarem várias medidas preventivas, designadamente o encerramento das fronteiras. O objetivo do Governo é assegurar …

Na Austrália, há cobras que saltam (e os cientistas querem saber porquê)

Cientistas da Virgínia, no Estados Unidos, descobriram na Austrália uma espécie de cobra comum das árvores que é capaz de saltar entre galhos e folhas. Tratam-de das cobras de árvores australianas da espécie Dendrelaphis, espécimes …

Entomólogo diz que há "abelhas" em Marte (e tem provas)

Enquanto os cientistas tentam encontrar vida em Marte com experiências no terreno, como a sonda Curiosity, o entomólogo William Romoser, professor emérito na Universidade do Ohio, nos Estados Unidos, afirma que já temos provas da …

Luas de Neptuno dançam de forma única e perpétua

De acordo com uma investigação publicada recentemente, mesmo para os padrões selvagens do Sistema Solar exterior, as órbitas estranhas das duas luas mais interiores de Neptuno não têm rival. Especialistas em dinâmica orbital estão a chamar …

O Senhor dos Anéis. Série já tem segunda temporada garantida (e a primeira ainda nem estreou)

A primeira temporada da série de O Senhor dos Anéis, produzida pela Amazon Prime, ainda nem estreou e a sua segunda temporada já está confirmada. A declaração foi feita por Jennifer Salke, da Amazon Studios, ao …

John Legend atua em julho no festival EDP Cool Jazz

O músico norte-americano, responsável por temas como "All of me" e "Ordinary People", regressa a Portugal, em julho, para um concerto no festival EDP Cool Jazz, em Cascais. John Legend atua a 3 de julho no …