Crianças com cancro no São João passam esta sexta-feira para o edifício principal

José Coelho / Lusa

As crianças com doença oncológica em tratamento no hospital de São João, no Porto, vão passar na sexta-feira para o edifício principal da unidade, deixando de estar em contentores.

O anúncio foi feito esta quinta-feira pela ministra da Saúde, Marta Temido, durante um debate no Parlamento, depois de questionada pelo PSD e pelo CDS sobre a situação da ala pediátrica do hospital de São João.

“Amanhã [sexta-feira], segundo o presidente do conselho de administração, os meninos que recebem tratamentos na oncologia pediátrica passarão para o edifício principal do hospital”, afirmou Marta Temido, salientando que cumpriu “tudo aquilo” que anunciou.

A ministra tinha assumido já no Parlamento que até junho as crianças com doenças oncológicas da ala pediátrica do São João deixariam as instalações em contentores onde se encontram. Em março, o conselho de administração interino do Hospital de São João, no Porto, avançou ainda que as obras da nova ala pediátrica deverão estar concluídas em 2021.

Foi deslocada uma verba para a conta do hospital de 19,8 milhões de euros e há também um valor de três milhões de euros que engrossou o capital social e que a administração pediu que fosse adjudicado à ala pediátrica.

“Tem sido nossa preocupação, e da tutela, em progressivamente retirarmos as crianças dos contentores”, afirmou à data na Comissão Parlamentar de Saúde José Artur Paiva, que está a presidir interinamente desde Fevereiro o Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ).

O ex-diretor clínico do hospital adiantou que estão a ser feitas obras no piso oito do hospital, o que vai permitir “a deslocalização de um serviço que também está em contentores, que é a neurocirurgia, para esse piso” e com isso agrupar toda a hemato-oncologia no mesmo local.

“Nós poderemos, e é este o plano, colocar toda a área cirúrgica da pediatria em áreas em que há deslocalização destes serviços, nomeadamente no piso quatro que poderá vir a conter no final de maio toda a área cirúrgica da pediatria”, adiantou, em março, José Artur Paiva na comissão, onde foi ouvido a pedido do CDS-PP a propósito da renuncia do antigo presidente do conselho de administração em continuar no cargo após o fim do mandato.

O Parlamento aprovou em novembro, por unanimidade, a proposta de alteração do PS ao Orçamento do Estado para 2019, de forma a prever o ajuste direto para a construção da ala pediátrica. Medida que o presidente do conselho de administra considera que vai permitir agilizar todo o processo e cumprir os prazos previstos para o início da construção.

O Ministério Público chegou a abrir um inquérito, em março, aos contractos de aluguer dos contentores onde estão instalados os serviços de pediatria e neurocirurgia do Hospital de São João, no Porto, depois de no ano passado a bastonária dos enfermeiros ter denunciado o negócio. Numa resposta enviada à agência Lusa, a Procuradoria-Geral da República (PGR) indicou que “os elementos recolhidos deram origem a um inquérito, que se encontra em investigação”.

Já o Hospital de São João, no Porto, revelou, na altura, que avançou com um inquérito aos contractos de aluguer dos contentores, mas dado não existirem “indícios de irregularidades” decidiu não promover diligências adicionais.

Contudo, a unidade de saúde adiantou que, “a bem da transparência”, decidiu igualmente enviar o relatório final do processo de inquérito, acompanhado do parecer da assessoria jurídica, à procuradora-geral da República para conhecimento e realização das diligências entendidas como adequadas.

Este mês, também a Entidade Reguladora da Saúde (ERS) revelou à Lusa que tem em curso “um processo de inquérito” aos contentores de internamento pediátrico do Hospital de São João (HSJ), no Porto. A polémica sobre os contentores instalados no Hospital São João surgiu após denúncias de falta de condições de atendimento e tratameto de crianças com doenças oncológicas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Eureka. Trabalhadores foram despedidos e fábrica fechou, mas estão a apresentar nova marca em Milão

A empresa responsável pela marca Eureka Shoes, que fechou as lojas e a fábrica, e despediu 150 trabalhadores em Portugal, está agora a apresentar uma nova marca em Milão. No mês passado, a empresa de calçado …

Tribunal de Contas critica modelo de financiamento do Ensino Superior (e diz que Governo não cumpriu lei de bases)

No seguimento de uma auditoria ao método de financiamento do ensino superior, para o Tribunal de Contas (TdC), entre 2016 e 2018, o modelo de financiamento concretizado pelo governo não cumpriu o estipulado na Lei …

Cientistas encontram no Ébola um aliado inesperado contra os tumores cerebrais

Cientistas encontraram um gene do vírus do Ébola que mostrou ser útil no combate contra os glioblastomas, que são tumores cerebrais que reaparecem após serem eliminados. O gliobastoma é um tumor que cresce e espalha-se depressa …

Estivadores do Porto de Lisboa iniciam greve de três semanas

Os estivadores do Porto de Lisboa iniciam, esta quarta-feira, uma greve de três semanas em protesto contra os salários em atraso e incumprimento dos acordos celebrados por parte da Associação de Empresas de Trabalho Portuário …

Michael Vang. Passou despercebido por Portugal, mas carrega os sonhos de toda uma etnia

Michael Vang é dos pouquíssimos jogadores de origem Hmong a jogar futebol profissionalmente. Agora nos Estados Unidos, o jovem teve uma passagem apagada por Portugal. Os Hmong são um grupo étnico asiático originário das regiões montanhosas …

Há pessoas sem a parte olfativa do cérebro que conseguem cheirar (e cientistas não sabem porquê)

Cientistas encontraram casos em que as pessoas não tinham bulbo olfativo, a parte do cérebro responsável pelo olfato, mas mesmo assim conseguiam cheirar. Anosmia consiste na perda total ou parcial do olfato e esta é uma …

Cientistas detetam estranhos movimentos de gás na Via Láctea (em redor de algo "invisível")

Os astrónomos detetaram movimentos de nuvens de gás incomuns perto do centro da Via Láctea, que podem sugerir a presença de um desconhecido buraco negro de classe intermediária. Os investigadores que rastrearam os gases no centro …

Hackers podem facilmente piratear satélites (e transformá-los em armas)

Piratear satélites pode não ser assim tão complicado quanto pensamos. Os hackers podem simplesmente desligá-los ou até mesmo usá-los como armas. No mês passado, a SpaceX tornou-se a operadora da maior constelação de satélites ativos do …

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …