Crianças com cancro no São João passam esta sexta-feira para o edifício principal

José Coelho / Lusa

As crianças com doença oncológica em tratamento no hospital de São João, no Porto, vão passar na sexta-feira para o edifício principal da unidade, deixando de estar em contentores.

O anúncio foi feito esta quinta-feira pela ministra da Saúde, Marta Temido, durante um debate no Parlamento, depois de questionada pelo PSD e pelo CDS sobre a situação da ala pediátrica do hospital de São João.

“Amanhã [sexta-feira], segundo o presidente do conselho de administração, os meninos que recebem tratamentos na oncologia pediátrica passarão para o edifício principal do hospital”, afirmou Marta Temido, salientando que cumpriu “tudo aquilo” que anunciou.

A ministra tinha assumido já no Parlamento que até junho as crianças com doenças oncológicas da ala pediátrica do São João deixariam as instalações em contentores onde se encontram. Em março, o conselho de administração interino do Hospital de São João, no Porto, avançou ainda que as obras da nova ala pediátrica deverão estar concluídas em 2021.

Foi deslocada uma verba para a conta do hospital de 19,8 milhões de euros e há também um valor de três milhões de euros que engrossou o capital social e que a administração pediu que fosse adjudicado à ala pediátrica.

“Tem sido nossa preocupação, e da tutela, em progressivamente retirarmos as crianças dos contentores”, afirmou à data na Comissão Parlamentar de Saúde José Artur Paiva, que está a presidir interinamente desde Fevereiro o Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ).

O ex-diretor clínico do hospital adiantou que estão a ser feitas obras no piso oito do hospital, o que vai permitir “a deslocalização de um serviço que também está em contentores, que é a neurocirurgia, para esse piso” e com isso agrupar toda a hemato-oncologia no mesmo local.

“Nós poderemos, e é este o plano, colocar toda a área cirúrgica da pediatria em áreas em que há deslocalização destes serviços, nomeadamente no piso quatro que poderá vir a conter no final de maio toda a área cirúrgica da pediatria”, adiantou, em março, José Artur Paiva na comissão, onde foi ouvido a pedido do CDS-PP a propósito da renuncia do antigo presidente do conselho de administração em continuar no cargo após o fim do mandato.

O Parlamento aprovou em novembro, por unanimidade, a proposta de alteração do PS ao Orçamento do Estado para 2019, de forma a prever o ajuste direto para a construção da ala pediátrica. Medida que o presidente do conselho de administra considera que vai permitir agilizar todo o processo e cumprir os prazos previstos para o início da construção.

O Ministério Público chegou a abrir um inquérito, em março, aos contractos de aluguer dos contentores onde estão instalados os serviços de pediatria e neurocirurgia do Hospital de São João, no Porto, depois de no ano passado a bastonária dos enfermeiros ter denunciado o negócio. Numa resposta enviada à agência Lusa, a Procuradoria-Geral da República (PGR) indicou que “os elementos recolhidos deram origem a um inquérito, que se encontra em investigação”.

Já o Hospital de São João, no Porto, revelou, na altura, que avançou com um inquérito aos contractos de aluguer dos contentores, mas dado não existirem “indícios de irregularidades” decidiu não promover diligências adicionais.

Contudo, a unidade de saúde adiantou que, “a bem da transparência”, decidiu igualmente enviar o relatório final do processo de inquérito, acompanhado do parecer da assessoria jurídica, à procuradora-geral da República para conhecimento e realização das diligências entendidas como adequadas.

Este mês, também a Entidade Reguladora da Saúde (ERS) revelou à Lusa que tem em curso “um processo de inquérito” aos contentores de internamento pediátrico do Hospital de São João (HSJ), no Porto. A polémica sobre os contentores instalados no Hospital São João surgiu após denúncias de falta de condições de atendimento e tratameto de crianças com doenças oncológicas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …

Macron em Beirute: "Se não houver reformas, Líbano continuará a afundar-se"

O Presidente francês chegou, esta quinta-feira, a Beirute, no Líbano. É o primeiro chefe de Estado a visitar o país depois das explosões que destruíram parte da capital.  Emmanuel Macron aterrou no Líbano, esta quinta-feira, e …

"Eu disparei". Neonazi alemão confessa ter matado autarca Walter Lübcke

Um neonazi alemão confessou hoje em tribunal ter matado o autarca Walter Lübcke em 2019, homicídio que chocou o país e fez ressurgir o debate sobre a violência de extrema-direita na Alemanha. "Eu disparei" sobre Walter …

Há 16 anos que não havia tão pouca água na albufeira do Alqueva

É preciso recuar ao ano de 2004 para encontrar uma altura em que esta albufeira tenha tido menos água do que agora, que corresponde apenas a 63,8% do seu nível de pleno armazenamento. De acordo com …

CTT passam de lucros a prejuízos de dois milhões de euros

Os CTT registaram, no primeiro semestre deste ano, prejuízos de dois milhões de euros, o que compara com lucros de nove milhões de euros em igual período de 2019. "O resultado líquido foi de -2 milhões …

Equipa do ciclista em estado grave vai apresentar queixa-crime contra o rival

O diretor da equipa Deceuninck-Quick Step confirmou, esta quinta-feira, que vai apresentar uma queixa-crime contra o ciclista Dylan Groenewegen, face à sua responsabilidade na grave queda de Fabio Jakobsen no Tour da Polónia. "Confirmo as mensagens …