Criança quis mudar lei que proibia lutas de bolas de neve (e conseguiu)

Um menino de nove anos convenceu os responsáveis políticos de uma pequena cidade do Colorado a revogarem a proibição de lutas com bolas de neve.

Severance, que tem uma população de 3 mil habitantes e fica a norte de Denver, mantinha nos seus livros uma lei que incluía as bolas de neve na categoria dos mísseis, portanto das armas proibidas.

Don McLeod, responsável da cidade, disse à CNN que a lei era parte de uma lei mais elaborada que dizia: “É ilegal qualquer pessoa atirar qualquer pedra ou qualquer outro míssil a pessoa, animal, construção, árvore ou outra propriedade pública ou privada, ou em ou contra qualquer de veículo ou equipamento para o transporte de pessoas ou propriedades”.

Dane Best descobriu a insólita proibição quando um dia visitou a Câmara Municipal, acompanhado pela mãe. Na realidade, a Câmara não impedia as crianças de atirarem bolas de neve, sendo que algumas usavam mesmo isso para provocar os polícias.

“As crianças ficaram intrigadas quando perceberam que tinham estado a quebrar a lei durante tanto tempo”, disse McLeod.

Dane, com o apoio da família e de outras pessoas, achou que era tempo de mudar a situação. Com esse objetivo, lançou uma campanha.

O clímax ocorreu agora, numa sessão pública com governantes e residentes na câmara, onde Dane, com apenas nove anos, explicou: “As crianças de Severance querem a oportunidade de ter uma luta com bolas de neve como o resto do mundo. A lei foi criada há muitos anos. Hoje as crianças precisam de uma razão para brincar fora de casa“.

A votação unânime a favor da proposta mostrou quão persuasivo foi Dane. A sua vitória encorajou-o e, em breve, serão feitas tentativas para mudar outros regulamentos considerados igualmente absurdos em vigor na cidade.

A próxima lei é a que proíbe mais de três animais de estimação numa casa – e só inclui cães e gatos. Dane está a planear lançar uma campanha em honra do seu porquinho da índia (ilegal).

Para já, Dane sabe quem vai ser o primeiro alvo de uma bola de neve atirada por ele: o seu irmão de quatro anos. Para marcar a ocasião e ativar plenamente o novo regime legal, ambos receberam bolas de neve das mãos do presidente da câmara.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Liveblog Autárquicas. Carlos Moedas ganha Lisboa

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Medina assume derrota em Lisboa. "É uma indiscutível vitória de Carlos Moedas"

Fernando Medina acaba de assumir a derrota nas eleições autárquicas, felicitando Carlos Moedas pela vitória na Câmara de Lisboa. "É uma indiscutível vitória pessoal e política de Carlos Moedas", sublinha Medina. "Foi um privilégio servir esta …

Contra a "vigarice" das sondagens, "o PSD teve um excelente resultado"

O PSD conseguiu todos os objectivos a que se propôs nestas eleições autárquicas, segundo Rui Rio. O presidente do PSD considera que o partido teve "um excelente resultado" contra a "vigarice" das sondagens e "contra …

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …

Autárquicas: PS reivindica vitória e acredita que ganha em Lisboa

O secretário-geral adjunto do PS reivindicou hoje vitória do seu partido nas eleições autárquicas, dizendo que irá vencer em número de câmaras e de freguesias, e manifestou-se confiante no quinto triunfo consecutivo em Lisboa. Esta posição …

Autárquicas: Santana reconquista a Figueira e fala numa "proeza sem igual"

Pedro Santana Lopes já fez o seu discurso de vitória como presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, num autoelogio pelo facto de ter ganho a dois "grandes partidos", o PS e o PSD, …