Credores confirmam acordo preliminar com Grécia para alívio da dívida

Orestis Panagiotou / EPA

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras

A Comissão Europeia, o Mecanismo Europeu de Estabilidade, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional confirmaram esta terça-feira o acordo preliminar alcançado com as autoridades gregas, a que se seguirão discussões sobre o alívio da dívida.

Numa declaração conjunta divulgada em Bruxelas, as instituições apontam que o pacote de medidas que Atenas se comprometeu a “implementar rapidamente” constitui a base para a conclusão da segunda revisão do programa de assistência em curso.

“Este acordo preliminar será agora complementado por mais discussões nas próximas semanas sobre uma estratégia credível para assegurar que a dívida da Grécia é sustentável”, lê-se na declaração.

Também o comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, já reagiu ao compromisso alcançado entre Atenas e os seus credores, apontando que o mesmo é “um desenvolvimento muito positivo após meses de complexas negociações”.

“Estes novos esforços acordados pelas autoridades gregas abrem caminho a uma rápida conclusão da segunda revisão do programa de assistência. A célere implementação destes compromissos deverá permitir ao Eurogrupo aprovar este acordo na sua próxima reunião”, aponta Moscovici numa declaração também divulgada em Bruxelas.

Moscovici sublinha que “cabe agora a todos os parceiros alcançar um entendimento sobre a questão da dívida grega nas próximas semanas”.

“É altura de virar a página neste longo e difícil capítulo da austeridade para o povo grego. Com este acordo, precisamos agora de escrever uma nova história de estabilidade, emprego e crescimento para a Grécia e para a zona euro como um todo”, conclui o comissário europeu.

Pouco antes, o ministro das Finanças grego havia anunciado que a Grécia chegou a um acordo preliminar com os credores, o qual deverá abrir caminho para discussões sobre a redução da dívida.

“As negociações foram concluídas”, disse, aos jornalistas, Euclides Tsakalotos, de acordo com a agência noticiosa grega ANA.

As discussões entre a Grécia e os credores – Comissão Europeia, União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI) – tinham sido retomadas em 29 de abril.

Após as discussões durante a noite, Tsakalotos disse que um “acordo técnico preliminar” tinha sido alcançado, que deverá ser aprovado numa reunião dos ministros das Finanças da Zona Euro, prevista para 22 de maio.

O ministro grego disse “estar certo” que o acordo vai permitir à Grécia obter um compromisso dos credores sobre medidas para permitir o alívio da dívida, o que considerou vital para relançar a economia debilitada do país.

Um acordo é necessário para desbloquear uma nova tranche de crédito que a Grécia precisa para pagar sete mil milhões de euros da dívida em julho.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Isto do Brexit e de Trump mais os bons resultados recentemente alcançados pelas extremas-direitas europeias já deram alguns bons resultados em mudanças de atitude em Bruxelas e estou convencido que ainda vai mexer mais no sistema.

RESPONDER

Preço da luz vai descer 18 cêntimos no mercado regulado

Os preços da eletricidade no mercado regulado vão voltar a descer em 2020, segundo a proposta avançada esta terça-feira pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Esta terça-feira, a ERSE propôs uma atualização em baixa de …

Portugal teve perdas fiscais de 900 milhões de euros por menor tributação do gasóleo

A tributação ao gasóleo é mais baixa do que os impostos à gasolina. A diferença entre os dois combustíveis leva a perdas de 900 milhões de euros ao Estado. Quem abastece um carro a gasóleo na …

Dulce Neto é a primeira mulher a presidir um Supremo Tribunal português

A juíza conselheira toma posse, esta quarta-feira, como presidente do Supremo Tribunal Administrativo (STA), tornando-se na primeira mulher a ocupar o lugar cimeiro de um supremo tribunal em Portugal. Dulce Neto, de 58 anos, foi eleita …

Défice zero e mais crescimento. Previsões de Centeno para o OE2020 são de "elevado risco"

O Governo faz uma revisão das metas para 2020 no esboço do Orçamento de Estado para o próximo ano que enviou à Comissão Europeia, prevendo um aumento do crescimento económico e um saldo orçamental equilibrado, …

Conselho nacional do PSD pode ser atirado para novembro. Apoios a Rio e Montenegro equilibrados

Rui Rio mantém o silêncio sobre uma recandidatura a líder do PSD, o que está a ser visto como um condicionamento do partido, tendo também nas suas mãos o calendário interno. O conselho nacional para …

Varandas quer vender já em janeiro (e há três nomes em cima da mesa)

O Sporting deverá vender um jogador já no próximo mercado de transferências em janeiro. O dinheiro será destinado a renovações e a trazer um novo reforço para o ataque. Frederico Varandas continua a sua saga para …

Médicos, enfermeiros e professores lamentam recondução de ministros

Médicos, enfermeiros e professores lamentaram a recondução de ministros na pasta da Saúde, Educação e das Finanças, reagindo assim à constituição do novo Governo entregue em Belém pelo primeiro-ministro indigitado, António Costa. O secretário-geral do …

"Batalha campal" assola a Catalunha: 40 mil pessoas nas ruas, 50 detidos e mais de 100 feridos

Pelo menos 51 pessoas foram detidas e 70 polícias ficaram feridos desde o início dos atos de violência que começaram na segunda-feira na região espanhola da Catalunha após a sentença que condenou políticos separatistas catalães …

Kristalina Georgieva exige maior inclusão de mulheres nos mercados de trabalho

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional exigiu esta terça-feira, nos Encontros Anuais, uma maior inclusão de mulheres nos mercados de trabalho, dizendo que quando um país ignora "parte das suas capacidades" enfraquece o desempenho económico. Kristalina …

Cientistas nazis criaram um pesticida alternativo ao DDT (que até era melhor)

Cientistas nazis criaram uma alternativa ao inseticida DDT, que alegadamente seria menos tóxica para os mamíferos e de ação mais rápida. A sua produção viria a terminar abruptamente por intervenção das forças Aliadas. O DDT é …