Cozinhar nas férias: pandemia modificou planos dos portugueses

Estudo demonstra que mais portugueses procuram alojamento com cozinha. Relaxar e bem-estar são as prioridades para quem viaja.

A COVID-19 alterou muitas coisas, incluindo os planos de quem costuma viajar. Em Portugal também houve uma alteração curiosa.

De acordo com um estudo da agência eDreams, a pandemia fez com que mais portugueses pensem em cozinhar durante as férias.

Um em cada quatro, ou seja, 25% dos inquiridos, procura sempre alojamento com cozinha para que possa cozinhar, mesmo durante a pausa.

Somente 16% dos inquiridos comentaram que, agora, querem ir mais vezes a restaurantes do que antes da pandemia. 10% gostariam de aprender a cozinhar comida local nas férias.

A pandemia não alterou muito a consulta e utilização de redes sociais durante as viagens: praticamente dois terços (68%) vão utilizar as redes sociais como faziam antes da COVID-19 e apenas 10% vão utilizar menos.

A agência online de viagens procurou também tentar saber quais são as prioridades dos portugueses, nas suas viagens.

A grande maioria (86%) respondeu que relaxar e o seu bem-estar são as prioridades.

Esta terá sido também uma alteração causada pela pandemia porque, há quase dois anos, só 16% dos portugueses apontaram o relaxar e o bem-estar como os seus focos nas viagens.

As outras prioridades para os portugueses são: conhecer a cultura local (59% das preferências), socializar, visitar amigos e família e conhecer novas pessoas (53%) e experimentar aventuras (51%).

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE