Covid-19. Índia com recorde diário de 16 mil casos, Rússia ultrapassa 600 mil

GCIS / Fotos Públicas

A África do Sul é o país com mais infetados no continente africano

A Índia registou um recorde de 465 mortes e 15.968 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 14.476 e de infetados para 456.183, anunciaram hoje as autoridades.

Segundo anunciou esta quarta-feira o Ministério da Saúde indiano, Bombaim e Nova Deli são as cidades mais atingidas no país. A taxa de recuperação continua a melhorar, situando-se em 56,38%.

Os estados de Maharashtra, Nova Deli e Tamil Nadu são os mais afetados, com quase 60% de todos os casos no país. Nova Deli é agora a maior preocupação para o Governo, criticado pelo baixo volume de testes efetuados e pela falta de camas hospitalares.

Com o aumento das infeções em Nova Deli, o Governo estimou que terá quase 550 mil casos até ao final de julho. A Índia é o quarto país mais atingido pela pandemia no mundo, depois dos Estados Unidos, Rússia e Brasil.

Alemanha com quase 600 novos casos num dia

A Alemanha registou hoje 587 novos casos de covid-19 e o ministro da Saúde, Jens Spahn, pediu à população de duas localidades que estão novamente em confinamento que respeitem as restrições para evitar novos contágios.

Segundo os dados do Instituto Robert Koch (RKI), o país regista, desde o início da pandemia de covid-19, um total de 191.449 casos, 176.300 considerados curados. A doença já provocou a morte a 8.914 pessoas, mais 19 nas últimas 24 horas.

Um surto num matadouro, que provocou mais de 1.500 contágios, principalmente entre trabalhadores, levou a que o governo da Renânia do Norte-Vestefália colocasse em quarentena as localidades vizinhas de Warendorf e Gütersloh.

O ministro da Saúde, Jens Spahn, pediu hoje que se respeitem as novas regras impostas, apesar de entender que a situação provoque “desilusão, preocupação e até raiva”.

“Percebemos que, se facilitarmos, o vírus vai continuar a espalhar-se muito rapidamente”, sublinhou, no programa “Morgenmagazin” da ARD, acrescentando que o intuito das medidas é de proteger a população.

Rússia ultrapassou os 600 mil casos

A Rússia ultrapassou hoje os 600 mil casos de infeção do novo coronavírus, depois de terem sido detetados 7.176 novos contágios nas últimas 24 horas, informaram as autoridades sanitárias de Moscovo.

“No último dia foram registados 7.176 novos casos em 84 regiões do país, entre eles 2.272 pessoas sem sintomas clínicos”, referiu o gabinete que gere a crise sanitária.

Em Moscovo, onde hoje se assinala com um desfile militar o 75.º aniversário da vitória sobre a Alemanha nazi, foram contabilizados 811 novos casos de covid-19.

Na terça-feira morreram na Rússia 154 pessoas, vítimas da doença, 14 dos quais na capital. Desde o início da pandemia morreram na Rússia 8.513 pessoas com covid-19, de acordo com o balanço oficial de Moscovo.

A Rússia é atualmente o terceiro país do mundo com mais contágios de covid-19, a seguir aos Estados Unidos e Brasil.

África: 8.618 novos casos, há mais de 324 mil

O número de mortos em África devido à covid-19 subiu para 8.618, mais 284 nas últimas 24 horas, em cerca de 324 mil casos, segundo os dados mais recentes sobre a pandemia no continente.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número de infetados é de 324.696, mais 9.286 casos nas últimas 24 horas. O número de recuperados é de 154.170, mais 4.188.

A África Austral regista o maior número de casos (110.756) e contabiliza 2.160 mortos, a grande maioria concentrada na África do Sul, o país com mais infetados em todo o continente (106.108) e que regista 2.102 vítimas mortais.

O Norte de África lidera no número de mortes (3.618), em 85.343 infeções. A África Ocidental conta 1.180 mortos em 64.957 infetados, a África Oriental regista 980 vítimas mortais e 32.644 casos, enquanto na África Central há 680 mortos em 30.996 infeções.

O Egito, o país africano com mais vítimas mortais, contabiliza hoje 2.365 mortos e 58.141 casos de infeção, seguindo-se a África do Sul e depois a Argélia, com 861 vítimas mortais e 12.076 infetados.

Entre os cinco países mais afetados, está também a Nigéria, com 533 mortos e 21.371 infetados, e o Sudão, com 548 mortes, apesar de ter um número de infeções mais reduzido (8.889).

Quanto aos países africanos lusófonos, a Guiné-Bissau é o que tem mais infeções e mortes, com 1.556 casos e 19 vítimas mortais. Cabo Verde tem 983 infeções e oito mortos  São Tomé e Príncipe contabiliza 707 casos e 12 mortos e Angola tem 189 casos confirmados de covid-19 e dez mortos.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 473 mil mortos em todo o mundo, e infetou mais de 9,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o último balanço da agência francesa AFP.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Suíça 3 - 1 Turquia | Seferovic e Shaqiri “abrem o livro”

A Suíça venceu de forma categórica a Turquia por 3-1, afastou os turcos da prova e terminou o Grupo A no terceiro lugar, com quatro pontos, esperando agora pelo final da fase de grupos para …

Presidente eleito do Irão promete governo "revolucionário e anticorrupção"

O Presidente eleito do Irão, o clérigo ultraconservador Ebrahim Raissi, prometeu hoje formar um governo "trabalhador, revolucionário e anticorrupção", aludindo ao estrito cumprimento dos princípios do sistema teocrático do país. Num comunicado, Raissi apresentou-se como “um …

Na Coreia do Norte, um pacote de café pode chegar aos 80 euros

Residentes norte-coreanos dizem que uma pequena embalagem de chá preto ou um pacote de café podem chegar aos 60 e 80 euros, respetivamente. Esta semana, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, reconheceu que o …

Mais de 2200 armas entregues à PSP em menos de quatro meses

Mais de 2200 armas de fogo, a maioria das quais espingardas, foram entregues de forma voluntária à PSP, entre 24 de Fevereiro e 15 de Junho, anunciou este domingo aquela força policial. Em comunicado, a PSP …

O Arco do Triunfo vai ser embrulhado em tecido azul e corda vermelha durante 16 dias

O projeto foi pensado por Christo Vladimirov Javacheff e Jeanne-Claude no início dos anos 60, mas nunca se realizou. Agora, o monumento será embrulhado em azul e vermelho entre 18 de setembro e 3 de …

Netanyahu irá deixar residência oficial do primeiro-ministro a 10 de julho

O ex-primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu irá deixar a residência oficial em Jerusalém a 10 de julho, depois de um acordo alcançado com o sucessor, Naftali Benet, que lhe dera um prazo de duas semanas …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Venha o tubarão

Portugal desilude e complica o apuramento. Segue-se a França. Itália, Bélgica e Países Baixos nos oitavos-de-final. O Campeonato da Europa visto da Linha de Fundo. Na corda bamba Portugal – Alemanha (2-4) “A vida é como uma corda 
De …

Praga de milhões de ratos está a aterrorizar a Austrália

O fim da seca de três anos e dos consequentes incêndios florestais permitiu à Austrália respirar de alívio. Em contrapartida, criaram-se as condições perfeitas para a pior praga de ratos da última década. "As pessoas estão …

Banca com nova vaga de saída de trabalhadores e admite despedimentos

Os grandes bancos vão reduzir milhares de trabalhadores este ano, um processo que vem acontecendo desde a última crise mas que em 2021 deverá atingir um novo pico, tendo mesmo BCP e Santander Totta admitido …

Cuba está a criar o seu próprio smartphone (e conta com a ajuda da Huawei)

O Governo cubano está a trabalhar na produção de um novo smartphone, que terá um sistema operativo original e conta com a ajuda da empresa chinesa Huawei. De acordo com a revista Vice, o projeto é …