Costa avisa Boris que não é altura de partir os 27. O acordo tem de ser fechado com Bruxelas

Patrick Seeger / EPA

O primeiro-ministro português quer evitar que o divórcio do Reino Unido com a União Europeia parta os 27. Boris Johnson sugeriu falar com algumas capitais para ultrapassar o impasse nas negociações do acordo, mas António Costa rejeita o cenário e sublinha que o acordo comercial é para ser fechado com Bruxelas.

Esta segunda-feira, em entrevista a um grupo de correspondentes em Bruxelas, de que o semanário Expresso faz parte, António Costa afirmou que “a chave para o êxito desta negociação é a capacidade de nos mostrarmos unidos, de evitar qualquer negociação bilateral, mantendo uma só negociação conduzida pela Comissão Europeia”.

As negociações técnicas arrastam-se há meses e, este domingo, o último dia não o foi: a concorrência, a pesca e a disputa de conflitos continuaram a impedir um acordo comercial entre o Reino Unido e a União Europeia, pelo que as conversações vão continuar nos próximos dias.

Mesmo assim, e sabendo que o relógio não pára, o primeiro-ministro português mantém a esperança de que a união entre os Estados-membros seja mantida até ao fim.

De acordo com o semanário, António Costa entende que “não é altura de mudar de método” nem de “abrir novas portas” para encontrar uma solução. Para que o divórcio seja consumado e o no deal seja evitado, é preciso “chegar a acordo e concluir o que foi feito até agora”.

O tempo não é infinito e o prazo termina às 24 horas do dia 31 de dezembro. Até lá, Costa acredita que há tempo e “vontade” para chegar a um “bom acordo”. “Sou sobretudo realista. Se não houvesse vontade, se não houvesse oportunidade, certamente que a UE e o Reino Unido teriam fechado as portas à negociação”, disse, citado pelo Expresso.

Em relação a Portugal, António Costa fecha-se em copas e recusa dizer o que seria ou não aceitável, por acreditar que o bem comum se sobrepõe. Em vez disso, sublinhou que “não ajudará a fechar um bom acordo se cada chefe de Estado e de Governo começar a dar a sua própria opinião e a visão nacional sobre a negociação“.

O no deal é o pior cenário para o governante português. Sem acordo, os controlos aduaneiros regressam e as relações comerciais passam a ser feitas com base nas regras da Organização Mundial do Comércio (OMC), ou seja, com quotas e tarifas.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

FC Porto 1-0 Guimarães | Dragão já vê Sporting no horizonte

O Porto venceu no fecho da 28ª jornada da Liga NOS pela margem mínima, na recepção ao Vitória SC, e conseguiu o principal objectivo, que passava por somar os três pontos e reduzir para quatro …

Italiano faltou ao trabalho durante 15 anos, mas ganhou quase 600 mil euros

Um funcionário de um hospital no sul de Itália recebeu o salário durante 15 anos, apesar de nunca ter aparecido para trabalhar. De acordo com a polícia italiana, citada pela cadeia televisiva CNN, Salvatore Scumace está …

Google ficou sem o domínio na Argentina (e Nicolás achou que ia ser o novo dono)

Na última quarta-feira, um jovem argentino achou que ia ficar rico à custa da distração da Google no seu país. Acabou por não acontecer e tudo ficou resolvido. "Que pague a dívida externa", "que compre vacinas", …

Lola, a robô humanóide, dá "passos de bebé" (e equilibra-se com as mãos)

Uma equipa de cientistas está a ensinar a robô humanóide Lola a dar "passos de bebé", equilibrando-se com as suas mãos em vários pontos de contacto. Há muito tempo que os investigadores estudam a locomoção de …

Presidente da República veta decreto sobre inseminação post mortem

O Presidente da República vetou, esta quinta-feira, o decreto do Parlamento sobre inseminação post mortem, considerando que suscita dúvidas no plano do direito sucessório e questionando a sua aplicação retroativa. Na mensagem dirigida à Assembleia da …

Primeiro-ministro francês está a receber centenas de peças de lingerie no correio

O primeiro-ministro francês tem estado a receber roupa interior feminina na sua caixa de correio. Foi a forma encontrada pelas lojas de lingerie para protestarem contra as restrições da pandemia que as obrigam a estar …

Inteligência artificial "identifica" autores dos Manuscritos do Mar Morto

Investigadores da Universidade de Groningen, nos Países Baixos, recorreram à inteligência artificial para concluir que os Manuscritos do Mar Morto foram redigidos por vários escribas, o que abre uma "nova janela" para o estudo do …

Inteligência Artificial vai ajudar a identificar fontes de poluição no Bangladesh

A produção de tijolos é uma fonte de poluição que ameaça a saúde da população e do planeta, mas regular esta indústria pode ser uma tarefa difícil para as autoridades. Para resolver o problema, uma …

Portimonense 1-5 Benfica | "Águia" arrasa em solo algarvio

O Benfica regressou aos triunfos depois de ter vencido o Portimonense por 5-1, numa partida relativa à 28.ª jornada da Liga NOS, após o desaire registado na recepção ao Gil Vicente.  Porém, não foi um duelo …

Vigaristas burlaram mulher de 90 anos em 32 milhões de dólares

Uma mulher de Hong Kong, de 90 anos, foi defraudada em 32 milhões de dólares por burlões que se fizeram passar por agentes policiais chineses, via chamada telefónica. A Agence France-Presse (AFP) escreve que um jovem …