Coreia do Sul. Líder de culto religioso condenada a seis anos de prisão por violência e abuso

A líder de um culto religioso sul-coreano foi condenada a seis anos de prisão por fazer reféns cerca de 400 seguidores nas Ilhas Fiji e de os submeter a violência e abuso. Shin Ok-ju, também conhecida como “Reverenda Ester”, fundou a Igreja da Estrada da Graça em 2002 e liderava o culto desde então.

Shin Ok-ju alertava para os perigos de uma guerra iminente, fome e desastres naturais, tendo convencido os seus seguidores a mudarem-se para o país insular do Pacífico Sul para sobreviver. Nas Fiji, os seguidores ficaram sem os seus passaportes e alguns foram sujeitos a violentos espancamentos, revelou esta sexta-feira o Expresso.

Em julho do ano passado, a líder do culto foi presa depois de voar para Seul sob acusações de confinamento forçado e agressão física. Três dos seus seguidores também foram detidos. Em seguida, as autoridades repatriaram os restantes seguidores das Fiji, onde muitos se encontravam presos sem documentos.

Na segunda-feira, um tribunal sul-coreano considerou Shin Ok-ju culpada de nove crimes. “A arguida cometeu não apenas agressão e prisão mas também fraude, abuso de crianças e ordenou negligência infantil”, referiu o juiz responsável pelo caso, num documento da sentença a que a CNN teve acesso.

“Além dos sofrimentos listados na acusação, as vítimas perderam as suas famílias e sofreram traumas. As vítimas infantis ficaram privadas de educação e cuidados desde muito cedo e também de um crescimento e desenvolvimento pessoal adequados”, acrescentou o juiz.

E acrescentou: Shin Ok-ju doutrinou os seus seguidores e ordenou que usassem as suas poupanças para se mudarem para as Fiji, descrevendo-as como “a única terra paradisíaca mencionada na Bíblia”, onde eles poderiam evitar “a Grande Tribulação”.

Nos sermões, a líder do culto mostrava vídeos de terramotos e fome, repetindo que havia encontrado um “reino de mil anos” onde poderiam viver na eternidade. Segundo a sentença, Shin Ok-ju também disse aos seguidores que teriam de pagar vistos no valor de 30 milhões de won sul-coreanos (mais de 22 mil euros) por pessoa.

No ano passado, antigos membros do culto disseram à CNN que eram submetidos a espancamentos públicos, conhecidos como “debulha”. Isto envolvia ser esbofeteado e agredido como uma alegada forma de arrependimento, de acordo com a interpretação que Shin Ok-ju fazia da Bíblia.

TP, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Fanática religiosa, diabólica, filha do diabo!!! Deus não tem nada com este comportamento desta mulher que diz ser líder de uma igreja, mas é líder é de uma seita. Igreja não é isto!!!!

    • Pois claro!… quando corre bem, foi Deus; quando corre mal, Deus não tem nada a ver!…
      Enfim… enquanto Deus não aparecer e continuar a haver intermediários, isto vai continuar a acontecer!…

RESPONDER

Bruno Fernandes falhou grande penalidade - e Cristiano deve substituí-lo

Médio do Manchester United desperdiçou a oportunidade de dar um ponto à sua equipa, contra o Aston Villa. De repente, o ambiente em Old Trafford mudou. O Manchester United venceu três jogos e empatou um, nos …

A Islândia estava prestes a ter um parlamento de maioria feminina - até à recontagem dos votos

A recontagem dos votos das legislativas de sábado fez com que o número de mulheres passasse de 33 para 30. Mesmo assim, a Islândia mantém-se como um dos países do mundo com maior representação parlamentar …

É mesmo possível reconhecer um ditador pelas suas características faciais

Os líderes democraticamente eleitos tendem a ter rostos mais atraentes e simpáticos do que os líderes autoritários, conclui um polémico estudo. É comum as pessoas formarem juízos de valor baseados na aparência de um rosto. No …

Moedas já fala como presidente. "Temos que deixar a política da fricção e apostar na construção de soluções, de resultados"

Carlos Moedas, que se vê como um presidente inclusivo", recusa uma política de "fricção", nomeadamente na oposição ao poder nacional e promete concentrar-se nos "resultados e nas pessoas" para melhorar a vida dos lisboetas. Carlos Moedas, …

Responsabilidade é a característica mais importante para alcançar bons resultados escolares

Cerca de 300 estudantes do concelho de Sintra participaram no estudo internacional que teve como objetivo correlacionar o desempenho escolar com as competências sociais e emocionais dos mesmos. A responsabilidade é uma das características mais importantes …

CCB condenado por violar direitos laborais de técnicos de espetáculos

O Centro Cultural de Belém (CCB) foi condenado em tribunal por violação dos direitos laborais de 12 técnicos de espetáculos. Segundo o jornal Público, os juízes do Tribunal da Relação de Lisboa deram razão a 12 …

Berlinenses apoiam expropriação de grandes proprietários para conter preços da habitação

Resultados do referendo são um sinal da crescente divisão que se vive na sociedade berlinense em relação à especulação imobiliária. Agentes imobiliários interpretam o resultado como um "mau sinal" que pode levar à "paralisação imediata …

Portugal com 230 novos casos de covid-19 e uma morte. País cada vez mais próximo da zona verde da matriz de risco

Portugal registou, esta segunda-feira, 230 novos casos e uma morte na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). País está mais próximo da zona verde da …

Restauração defende manutenção do lay-off simplificado

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defendeu hoje a continuidade do lay-off simplificado para apoio à manutenção dos postos de trabalho das atividades da restauração, similares e alojamento turístico. “Esta medida assume …

Cumbre Vieja deixou de expelir lava, mas os sismos voltaram

O vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, nas Canárias, parou de emitir lava. Apesar de a atividade ter sido a mais baixa da última semana, as autoridades alertam que a situação pode mudar rapidamente. A atividade …