Copos descartáveis foram proibidos nas Festas de Lisboa. Mas foram usados na mesma

Iberian Proteus / Flickr

Em algumas bancas, os vendedores de bebidas apresentam um copo de plástico mais resistente. Mas isso não acontece em todas as barraquinhas.

No Largo da Graça, diversas bancas venderam cerveja em copos de uma só utilização; na Alameda, durante um concerto de Ruth Marlene, o cenário era idêntico. Em vários sítios da cidade, há bebidas à venda em copos descartáveis, de acordo com o Público.

A partir deste ano, os copos de plástico descartável foram proibidos nas Festas de Lisboa. Segundo o despacho que regula as “condições de realização dos arraiais de Lisboa”, publicado em dezembro de 2018 no Boletim Municipal, “as entidades organizadoras dos arraiais populares são obrigadas a garantir a) em 2019, a não utilização de copos de plástico descartável e b) em 2020, a não utilização de copos, pratos e talheres de plástico descartável”.

De entre os muitos arraiais e retiros populares que se realizam durante o mês de junho, 19 são diretamente subsidiados pela câmara de Lisboa através da EGEAC, a empresa municipal responsável pelas Festas. Nesses arraiais “foi estipulado o uso de copos reutilizáveis”, ficando o modelo de gestão à escolha de cada organizador, explica fonte oficial daquela empresa. Nos outros, apesar de a EGEAC não ter qualquer influência, “o regulamento tem de ser cumprido em qualquer caso”.

O arraial que esteve montado nos largos de São Vicente e da Graça foi organizado pela Junta de Freguesia de São Vicente e não teve apoio da EGEAC. Um responsável pelo evento, que atraiu milhares de pessoas, explicou que a autarquia mandou fazer 35 mil copos reutilizáveis, o que se revelou insuficiente para a elevadíssima procura. Por isso é que, entre os 60 feirantes, muitos houve que recorreram ao clássico copo descartável.

A junta de São Vicente contratou uma empresa de logística para produzir, distribuir, armazenar, lavar e devolver os copos reutilizáveis. Cada copo custou 75 cêntimos à junta, mas chegou ao consumidor final com o preço de um euro para que os feirantes, com um lucro de 25 cêntimos por copo, se sentissem incentivados a vendê-los em vez dos descartáveis.

Nos arraiais apoiados pela EGEAC foi a cerveja Sagres, principal patrocinadora das Festas, que se encarregou de produzir e distribuir os copos reutilizáveis. Além dos arraiais apoiados pela empresa municipal, a Sagres fez ainda acordos comerciais com juntas de freguesia e outros arraiais para fornecimento de cerveja, o que, nalguns casos, significou também a disponibilização de copos.

Os arraiais têm liberdade para escolher o modelo que preferirem na gestão dos copos reutilizáveis. São Vicente só devolve o euro se o copo for acompanhado da moeda falsa entregue na venda, mas noutras festas basta entregar o copo, desde que tenha sido adquirido naquele local.

A partir de 1 de janeiro de 2020, a venda de plásticos descartáveis no espaço público vai ser proibida pela câmara de Lisboa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vai ser possível ver auroras boreais a partir de um balão de ar quente

A agência Off The Map Travel vai lançar em dezembro de 2020 o primeiro balão de ar quente. O objetivo é levá-lo a ver auroras boreais do céu. As auroras boreais são já um verdadeiro espetáculo …

Nova tecnologia militar aquece as mãos em temperaturas negativas sem luvas

Cientistas do exército norte-americano criaram uma tecnologia capaz de aquecer as mãos dos soldados em baixas temperaturas sem serem necessárias luvas. Se completar uma tarefa do dia-a-dia com luvas pode revelar-se complicado, imagine-se tentar recarregar uma …

Os animais começaram a fazer sons para poderem conversar no escuro

O reino animal está cheio de diferentes vocalizações. A produção sonora apareceu há entre 100 milhões e 200 milhões de anos e a sua origem está fortemente ligada à vida no escuro. Os vertebrados são animais …

O novo líder do CDS reclama uma nova direita (e quer um partido "sexy")

Francisco Rodrigues dos Santos sagrou-se este domingo o 10º presidente do CDS, reclamando no seu discurso de vitória a herança de todos os seus antecessores, desde o fundador, Freitas do Amaral, a Assunção Cristas. O tom …

Paços 0 - 2 Benfica | “Águia” não vacila e passa pressão

O Benfica foi a Paços de Ferreira vencer por 2-0, colocando pressão sobre o FC Porto, segundo classificado, que na próxima terça-feira recebe o Gil Vicente. A formação “encarnada” foi superior na maioria dos principais momentos …

Governo reabre processo para corrigir mapa das freguesias

O Governo reabriu o processo para a correção ao mapa de freguesias, num compromisso com as associações de municípios e de freguesias, anunciou o secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho. “Iremos retomar …

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …