“Quando trazem um copo de água a Juncker todos sabemos que é gin”

Um jornalista francês, um dos veteranos especialistas em assuntos europeus, levanta dúvidas sobre a capacidade de Jean-Claude Juncker governar, falando abertamente sobre o alegado “alcoolismo” do presidente da Comissão Europeia.

“Quando um oficial de justiça lhe traz [a Juncker] um copo de água durante o Conselho de Ministros, todos sabemos que é gin“. As palavras foram proferidas por um antigo ministro europeu, conforme escreve o jornalista francês Jean Quatremer, um dos veteranos que acompanha os assuntos da Comissão Europeia (CE), num artigo de opinião na revista britânica The Spectator.

Intitulado sugestivamente “Jean Claude drunker“, num jogo de palavras entre o nome de Juncker e a palavra “bebedor” em Inglês, Quatremer fala abertamente do alegado “alcoolismo” do presidente da CE.

“Juncker ainda será fisicamente capaz de dirigir a Comissão Europeia?”, é a pergunta que o jornalista deixa na versão em Francês do dito artigo de opinião, que é publicada no seu blogue no jornal Libération.

Quatremer levanta a possibilidade de Juncker ser um mero “fantoche” e de ser o secretário-geral da CE, Martin Selmayr, quem de facto governa. Selmayr é descrito pelo jornalista como “todo-poderoso” e “muito contestado”, até por não ter sido alvo de uma eleição, e apontado como potencial sucessor de Juncker no cargo.

O ponto de partida para as considerações de Quatremer é o caricato episódio vivido por Juncker durante a cimeira da NATO, em que teve que ser amparado por diversos líderes europeus, incluindo o português António Costa.

Juncker e os seus acessores justificaram o estranho cambalear com uma “crise particularmente dolorosa de ciática, acompanhada de cãibras”. Mas “a explicação de ciática não aguenta o escrutínio”, frisa o jornalista francês na sua crónica.

“Ele não parece estar em desconforto”, repara o jornalista, frisando que as imagens divulgadas mostram-no “a sorrir, rir, falar e beijar os colegas à medida que o ajudavam a andar”. “Uma crise aguda de ciática coloca as suas vítimas prostradas na cama”, constata ainda.

Por outro lado, o jornalista lembra que, dois dias depois do episódio, Juncker visitou a China e o Japão. Ora, “a ciática torna as viagens de longo curso difíceis de enfrentar”, conclui.

Quatremer ainda assume que Juncker pode ter sido “limitado por analgésicos poderosos“, notando que “várias fontes” frisam que o presidente da CE “estava numa cadeira de rodas quando os fotógrafos e as TVs não estavam a olhar, e nem falou durante o jantar” da cimeira da NATO.

Mas “as mesmas testemunhas dizem que Juncker bebeu muito durante o jantar, o que é difícil de reconciliar com o recurso a analgésicos”, reforça.

A isto, Quatremer acrescenta os burburinhos que se ouvem nos corredores de Bruxelas, onde se diz que o problema é “Juncker gostar muito da garrafa”. O que “põe em causa a sua capacidade para governar”, conclui.

SV, ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Granda bandalho… Sai o lobbyista Cherne e entra o bezano com nome de esquentador. A Comissão Europeia é um teatro de fantoches e quem os manipula (as grandes concentrações de riqueza e respectivas elites) é que manda.

  2. A Europa e outras partes do mundo estão nas mãos de certa gente pouco aconselhável e de créditos muito duvidosos e o mais estranho é que tudo isto vai sendo cada vez mais aceite tal como certas formas de vida anormais que passam a ser aceites por todos como se de gente normal se tratasse.

    • Precisamente…
      Parece mesmo ser verdadeira a frase que diz: “Quando não somos capazes de viver como pensamos, acabamos por pensar como vivemos”…

      • É como quando não temos capacidade para pensarmos acabamos desprezíveis e há margem da sociedade, outros como este que foi bafejado em berço de ouro poderá mesmo assim cair com pouca ou nenhum credibilidade, é a vida!.

        • De mal a pior digo eu. “à margem da sociedade” é “à” sem h. Não sabe a diferença entre “a” “à” e “há”, que é uma forma do verbo haver, o que não é o caso?

          • Senhor ou Senhora Celta, já que tanto corrige (e sim, com razão), que tal atentar um pouco na pontuação da sua escrita? Ou ausência dela? Falta de vírgulas, a seguir a um ponto final escreve-se com maísculas e por aí fora…. no meu tempo, penalizava-se com 1/4 ou 1/2 de erro…

  3. Pessoalmente estou com o João Cláudio Vulcano! Gosto do rapaz. É boa pessoa, bebe uns tintos e uns gins!
    Não sendo do sul partilha a nossa culta de p%&*$ e vinho verde. Este é o meu presidente!

    • Subscrevo. Ir para uma cimeira composta pela pandilha que vemos nas imagens, só mesmo “anestesiado”. E quem nunca deu por si bêbado, em privado ou em público, que atire a primeira pedra. Lá diz o ditado “desconfia sempre de quem nunca apanhou uma bebedeira”. E, já agora, sugiro que o termo “CIÁTICA” seja adicionado ao riquíssimo vocabulário popular português que define humoristicamente o termo – bebedeira. Exemplos: carroça, bua, bezaina, carraspana, serapilheira, etc., etc..

  4. Sendo assim, se o exemplo vem do topo da UE, já todos podemos beber uns copos durante o trabalho e depois rir e dar uns beijos aos colegas.

    • Eu já tive ciática e não me conseguia endireitar. Fiquei com uma perna quase paralisada e mal conseguia andar. Um mês de baixa, quase sempre deitado sobre tábuas, tamanha era a dor. Quem me dera que eu tivesse tido a ciática desse gajo. Este é o retrato claro da bandalheira que reina na UE. Moralidade nenhuma e desvergonha total. Eles já nem disfarçam. Passa para cá o meu e a garrafa também.

RESPONDER

Se não pararmos de comer carne, vamos acabar com o planeta

Cada cidadão deverá reduzir em 75% o seu consumo de carne de vaca, 90% de carne de porco, comer metade da quantidade de ovos e triplicar o consumo de sementes e frutos secos. Segundo um estudo …

Encontrado o mais antigo registo sobre Jerusalém

Especialistas da Autoridade de Arqueologia de Israel (AAI) encontraram uma pedra com uma inscrição de dois mil anos de idade na qual se lê "Jerusalém" em hebraico. Encontrada numa escavação subterrânea por baixo do Centro de …

NASA tem esperança que os ventos de Marte reanimem a Opportunity

Os ventos fortes, que se fazem sentir em Marte num determinado período do ano, poderão ajudar a limpar a poeira dos painéis solares do rover Opportunity, que está adormecido desde junho. De acordo com a …

Dormir muito é tão prejudicial como dormir pouco

Um novo estudo descobriu que dormir muito pode ter consequências tão prejudiciais para a saúde como dormir pouco, reduzindo igualmente as capacidades cognitivas.  Um grupo de cientistas da Universidade norte-americana de Ontario conduziu em junho de 2017 …

Cientistas desenvolveram uma retina humana em laboratório

Cientistas da Johns Hopkins University, nos Estados Unidos, desenvolveram a partir do zero tecido da retina humana para aprender como é que são compostas as células que nos permitem ver o mundo a cores. Os cientistas …

Asteróide deixa cientistas perplexos com a sua superfície incomum

Cientistas receberam os primeiros dados e fotos do rover MASCOT, que pousou recentemente na superfície do asteroide Ryugu, e ficaram completamente perplexos. Os dados obtidos apontam para uma quantidade extremamente baixa de poeira na superfície do …

Ossadas contam história de criança neandertal devorada por pássaro gigante da Idade do Gelo

Arqueólogos descobriram os restos humanos mais antigos já encontrados na Polónia. Análises posteriores revelaram pertencerem a uma criança neandertal que terá sido devorada por um pássaro gigante. Apesar de as ossadas terem sido recuperadas há já …

Cientistas descobrem de que são feitos os exoplanetas semelhantes à Terra

Investigadores da Universidade de Zurique analisaram a composição e estrutura de exoplanetas distantes usando ferramentas estatísticas. A sua análise indica se um planeta é parecido com a Terra, se é composto por rocha pura ou …

10% dos homens são daltónicos

Um em cada 10 homens sofre de daltonismo, uma perturbação caracterizada pela incapacidade de diferenciar todas ou algumas cores. O daltonismo, também conhecido como discromatopsia ou discromopsia, é uma perturbação da perceção visual caracterizada pela incapacidade …

O fundador da Ethereum prevê uma crise financeira até 2021

Vitalik Buterin, fundador da Ethereum, não é um entendido em economia global, mas prevê uma crise financeira até 2021. Vitalik Buterin, o prodígio de programação de apenas 24 anos que inventou a plataforma Ethereum aos 19 anos, …