Convites para Centeno valiam mais de 150 euros, mas a segurança justificava-os

José Sena Goulão / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O Ministério Público arquivou o inquérito que envolvia os convites do Benfica para o ministro das Finanças, Mário Centeno, depois de concluir que a aceitação dos convites em causa se justificava por razões de segurança pessoal.

Segundo o Público, o procurador que analisou os elementos de prova e os depoimentos concluiu que a aceitação dos convites em causa se justificava por razões de segurança pessoal. Além disso, “não foi recolhida prova alguma que corroborasse a aventada intervenção do ministro no processo” que permitiu à empresa dos filhos do presidente do Benfica obter a certificação camarária para obter a isenção do Imposto Municipal de Imóveis.

O Ministério Público concluiu no âmbito do processo que a isenção de IMI decorria automaticamente da aprovação de uma certificação camarária de que o imóvel em causa foi reabilitado, preenchidos os requisitos legais para a obtenção desse benefício fiscal. Além disso, a certificação terá sido atribuída pela autarquia antes de o gabinete de Mário Centeno ter enviado o pedido de dois bilhetes para o “clássico” entre Benfica e FC Porto.

Apesar de os convites representarem uma vantagem patrimonial que ultrapassa o limite de 150 euros previsto no Código de Conduta criado pelo atual Governo, o autor do despacho destaca as questões de segurança pessoal do ministro para concluir que a aceitação dos convites é “enquadrável” legalmente e “portanto, lícita”.

O MP acredita ainda que a necessidade de o ministro das Finanças assistir a um jogo deste tipo na tribuna presidencial é fundamentada, acrescentando que “os elementos do Corpo de Segurança Pessoal da PSP encarregues da segurança do ministro das Finanças tinham, anteriormente, recomendado repetidamente que a assistência, por este, a eventos desportivos fosse, sempre que possível, feita em zona de acesso restrito”.

O procurador deixa escrito no despacho de arquivamento que “tudo indica que as notícias publicadas a respeito da intervenção do ministro das Finanças na isenção de IMI tiveram origem em fonte desconhecedora da concreta tramitação ou enquadramento legal de tal procedimento, ou de quaisquer factos concretos que, de forma fundada, indiciassem conduta criminosa”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Amontanha pariu um rato!
    Como sempre, noticias do CM dá nisto, e depois admiram-se que as pessoas têm esta aversão ao CM!!!
    O ministro Mário Centeno tem lugar cativo no estádio da Luz, ou seja, ele já tinha bilhetes para o jogo…
    Dizer que ele pediu bilhetes para o jogo logo aí já é ridículo…
    Enfim… agora só falta responsabilizar os autores desta tentativa falhada de manchar a credibilidade do Ministro.

RESPONDER

Governo aprova a criação da tarifa social de internet. Preço ainda vai ser definido

O Governo aprovou esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a criação de uma tarifa social de acesso a serviços de internet em banda larga, conhecida como tarifa social de internet, anunciou o ministro de Estado …

Cerca sanitária em Odemira diminuiu casos para menos de metade, garante Governo

O ministro da Administração Interna salientou hoje que a cerca sanitária em Longueira-Almograve e São Teotónio permitiu baixar os casos de infeção por covid-19 em Odemira para menos de metade e acusou a direita de …

Joshua Wong condenado a mais dez meses de prisão por participar em vigília que lembrava "massacre de Tiananmen"

O ativista de Hong Kong Joshua Wong foi condenado a dez meses de prisão por participar em 4 de junho de 2020 numa vigília para lembrar o chamado "massacre de Tiananmen", que Pequim não reconhece. A …

Um polícia morto e vários feridos em tiroteio durante operação no Rio de Janeiro

Um polícia morreu e várias outras pessoas ficaram feridas num tiroteio esta quinta-feira durante uma operação da polícia contra o tráfico de droga na comunidade de Jacarezinho, no Rio de Janeiro, Brasil, noticiou a imprensa. Segundo …

Austrália vai manter fronteiras fechadas até 2022. Índia com novo máximo de casos

O Governo australiano vai manter as fronteiras internacionais fechadas até 2022 devido a incertezas sobre vacinas e novas estirpes, disse o ministro das Finanças do país, Simon Birmingham. "As incertezas sobre a velocidade da vacinação e …

Em breve será possível usar mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e Passaporte

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, disse esta quinta-feira que “em breve” será possível utilizar os mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e no Passaporte ou ativar a …

Rio diz que Governo “vai levar ao colo” Medina. Moedas ataca o rival e diz que as suas promessas não valem nada

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou esta quinta-feira que o Governo “vai levar ao colo” o candidato socialista à Câmara Municipal de Lisboa, porque “pelas guerras e desequilíbrios internos” não pode perder a eleição …

Portugal regista cinco mortos e 373 novos casos nas últimas 24 horas

O boletim desta quinta-feira da Direção-Geral da Saúde (DGS) regista cinco óbitos e 373 novos casos de covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas. Há ainda mais 538 recuperados. O boletim da DGS, do dia 6 …

“Quem não nasceu com o apelido Espírito Santo tem de ir à luta”, diz Gama Leão

João Gama Leão deixou uma dívida de mais de 300 milhões de euros ao Novo Banco através da Prebuild, um dos grandes devedores do banco. O empresário assumiu a responsabilidade pelos créditos em incumprimento, fez …

Avião da TAP retido na Venezuela regressa a Lisboa hoje

O avião da TAP que ficou retido na Venezuela por causa de uma carga de cocaína regressa nesta quinta-feira a Lisboa, assim como a tripulação, disse à agência Lusa fonte oficial da empresa aérea portuguesa. Segundo …