Descoberto convento de uma princesa (e santa) da Era Viking

Arqueólogos e cidadãos desenterraram o que pode ser o mosteiro da princesa Aebbe, que nasceu pagã, mas depois espalhou o cristianismo pela costa nordeste britânica durante o século VII.

Quando a princesa cristã se tornou uma abadessa, estabeleceu o mosteiro em Coldingham, uma vila no sudeste da Escócia. Mas o mosteiro durou pouco tempo: os invasores Vikings destruíram-no em 870.

Os arqueólogos estão à procura dos restos deste mosteiro há décadas. Escavadores localizaram agora uma vala estreita e circular, que é provavelmente o vallum – a fronteira que cercava o assentamento religioso. O anúncio foi feito pelo grupo DigVentures, um grupo do Reino Unido liderado por arqueólogos e apoiado por crowdfunding.

Vallums não eram necessariamente profundas, intimidando estruturas defensivas, mas mais como um marcador simbólico para mostrar que se estava a entrar num um lugar venerado ou espiritual”, disse Maiya Pina-Dacier, chefe da DigVentures.

Fora da fronteira, a equipa de escavação fez outra descoberta surpreendente: uma pilha gigante de ossos de animais massacrados, incluindo gado, cavalos, porcos, ovelhas, cabras, aves domésticas e veados. Dados de radiocarbono dataram estes ossos de 664-864 – exatamente a época em que o mosteiro estaria em funcionamento.

“Isso é exatamente quando o mosteiro de Aebbe existia”, disse Manda Forster, gerente de programas da DigVentures. “Originalmente construída por volta de 640, diz-se que foi incendiada pouco depois da sua morte, mas foi reconstruida e prosperou até ser destruída mais uma vez por invasores viking, 200 anos depois.”

Anteriormente, outros arqueólogos procuraram o mosteiro num local no topo da falésia em Coldingham, com vista para o mar. Mas nenhum destes especialistas conseguiu encontrar provas concretas de um extenso e rico mosteiro anglo-saxão neste local.

O local recém descoberto é mais no interior perto do Priorado de Coldingham – uma casa histórica para os monges beneditinos. A DigVentures decidiu escavar lá porque este sítio tinha esboços de várias possíveis estruturas arqueológicas. Além disso, vários artefactos – incluindo fragmentos de um cinturão anglo-saxão, fragmentos de escultura e possíveis enterros cristãos primitivos – tinham sido encontrados lá.

“Faz sentido que o mosteiro beneditino posterior tenha sido construído no local do seu antecessor anglo-saxão”, disse Forster. Até agora, as escavações indicam que os restos do mosteiros de Aebbe estão localizados debaixo do Priorado de Coldingham.

“Aebbe é uma figura extraordinária – um exemplo de uma poderosa mulher anglo-saxónica que desempenhou um papel importante no estabelecimento do cristianismo na região durante o século VII”, disse Forster. “Agora que temos provas para identificar exatamente onde estava o mosteiro, podemos ajudar a trazer a sua história de volta à vida.”

Por exemplo, os cientistas sabem que a princesa, que era filha de um líder militar da Nortúmbria, fugiu com os irmãos depois de o pai ter sido morto. Eles foram para Dál Riata, um reino gaélico que era um centro do cristianismo primitivo. Pouco depois de chegarem, a família abandonou os caminhos pagãos e converteu-se.

Quando o irmão Oswald voltou para recuperar o trono da Nortúmbria em 635, Aebbe acompanhou-o, determinada a converter os súbditos ao cristianismo. Enquanto isso, Oswald criou o famoso mosteiro em Lindisfarne, que, assim como o mosteiro da irmã, foi posteriormente invadido por vikings.

 

PARTILHAR

RESPONDER

Se quer um coração saudável, desligue a televisão e tome um bom pequeno-almoço

É conhecida como a refeição mais importante do dia e não é por acaso. Os hábitos de vida que seguimos diariamente têm um impacto direto na nossa saúde vascular. Numa investigação recentemente apresentada na reunião anual …

Determinada temperatura das bebidas que aumenta risco de cancro

Cientistas da Universidade de Ciências Médicas de Teerão publicaram novas provas sobre a relação entre o consumo de bebidas quentes e o cancro do esófago. De acordo com o estudo publicado na revista International Journal of …

Descobertos 83 buracos negros supermassivos no Universo inicial

Astrónomos do Japão, de Taiwan e dos EUA descobriram 83 quasares alimentados por buracos negros supermassivos no universo distante, numa época em que o Universo tinha menos de 10% da sua idade atual. "É notável que …

Joy Milne consegue cheirar a doença de Parkinson antes de ser diagnosticada

Atualmente, não existe nenhum teste diagnóstico definitivo para o Parkinson, mas isso pode mudar graças a Joy Milne, uma mulher que consegue detetar a doença antes que os sintomas apareçam. Parece demasiado bizarro para ser verdade, …

Filho de José Eduardo dos Santos libertado da prisão. Estava preso desde setembro de 2018

O antigo presidente do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos, que se encontrava em prisão preventiva desde 24 de setembro de 2018, encontra-se já em liberdade, disse hoje à agência Lusa fonte oficial. A …

Naufrágio no Nilo é a primeira prova de que Heródoto não estava a mentir sobre os barcos egípcios

Um navio naufragado encontrado no rio Nilo pode ter permanecido inalterado durante mais de 2.500 anos. Agora, está finalmente a revelar os seus segredos: cientistas pensam que este navio revelou uma estrutura cuja existência tem …

A gravidade influencia a maneira como tomamos decisões

Todo e qualquer organismo vivo na Terra evoluiu a longo de milhares de anos sob um campo gravitacional constante, com a gravidade desempenhando um papel fundamental no comportamento e na cognição humana. Um estudo recente publicado …

"Atentado" na Disneyland Paris era apenas uma avaria nas escadas rolantes

Por volta das 21h00 em Paris, produziu-se um movimento de pânico na Disney Village, no parque de diversões francês da Disney. Rapidamente se multiplicaram mensagens sobre um "atentado". Ao jornal belga DH, uma fonte afirmou que …

Cientistas alargam limites físicos do grafeno

Até onde vão os limites físicos do grafeno? Uma equipa de cientistas do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), em Braga, respondeu a esta questão e desafiou-os. Uma equipa de investigadores dos Departamentos de Materiais Quânticos …

Ilusionista britânico diz que vai travar o Brexit com o poder da mente

Uri Geller é um ilusionista israelista, com nacionalidade britânica, que se tornou famoso nos anos 1970 em programas de televisão em que realizava demonstrações dos seus alegados poderes paranormais. Agora, Geller deixa um aviso a Theresa …