Secretário de Estado dos EUA está em Lisboa para convencer Portugal a banir Huawei do 5G

ITU Pictures / Wikimedia

O vice-secretário de Estado adjunto do Departamento de Estado para a Comunicação Cibernética e Internacional e para a Política de Tecnologia de Informação, Robert Strayer

Robert Strayer apelou à cautela na escolha dos fornecedores para as infraestruturas da rede 5G e admitiu que os Estados Unidos podem reavaliar a partilha de informação com os países aliados, nomeadamente na NATO, se a opção for pela Huawei.

Robert Strayer, vice-secretário de Estado adjunto do Departamento de Estado para a Comunicação Cibernética e Internacional e para a Política de Tecnologia de Informação, está em Lisboa para defender a sua posição sobre os fornecedores elegíveis para a quinta geração.

Segundo o Expresso, os Estados Unidos querem ver a Huawei afastada das infraestruturas, por temerem que “o risco de um potencial ciberataque aumente” em plataformas de telecomunicações. Aliás, é esta a mensagem que Strayer vem transmitir às autoridades portuguesas, uma vez que Portugal tem afirmado que seguirá o que for decidido pela União Europeia.

O objetivo desta visita é sensibilizar Portugal para o facto de a quinta geração (5G) ser a infraestrutura de telecomunicações do futuro, cujo impacto ao nível da segurança é enorme. “Estamos muito preocupados. Os países têm de escolher fornecedores confiáveis.”

O governante norte-americano aponta o dedo à China, assegurando que é um país governado pelo partido comunista e que poderá “exigir” à Huawei, ou a outro fornecedor, que comprometa os níveis de segurança no acesso a informação e infraestruturas críticas que possam ir contra os países onde elas estão instaladas.

“Não há forma de mitigar estes riscos a ser optar por fornecedores confiáveis”, disse, sublinhando as virtudes dos fornecedores Nokia, Ericsson e Samsung.

“Estamos numa fase inicial do desenvolvimento da tecnologia. Os países não precisam de correr para tomar uma decisão. Estamos a encorajar os países a terem em atenção as questões de segurança, e não apenas à economia”, afirmou.

Há já um ano e meio que os Estados Unidos andam a sensibilizar os governos europeus para a necessidade de afastar a Huawei como fornecedora das infraestruturas críticas do 5G. Em Portugal, o leilão para a atribuição das licenças arranca em abril.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Tentativa desenvergonhada de bulling, porque as empresas americanas não conseguem competir com as empresas chinesas neste domínio. Ficaram para trás.
    Para um país que espiou todo o mundo com o “echelon” não controlar o 5G é realmente um problema de segurança mas só para os EUA.

    • As empresas Americanas não conseguem competir? Deve ser por isso que os EUA têm a rede 5G mais rápida do mundo! Já agora, na própria notícia se lê que este senhor sugeriu a Nokia, Ericsson ou Samsung, não me consta que sejam empresas Americanas.

  2. Queriam preços baixos para serem concorrenciais a todos os níveis, entregaram o ouro ao bandido, agora sofram as consequências.
    Terá o snr. Tramp moral para exigir o que quer que seja?
    Haja seriedade.

RESPONDER

Miranda do Corvo decreta três dias de luto municipal por morte de bombeiro

A Câmara de Mirando do Corvo decretou três dias de luto municipal em memória do bombeiro da corporação de voluntários da vila José Augusto Dias Fernandes, que morreu no sábado, durante o combate a um …

Bill Gates pede que medicamento para a covid-19 vá para os mais necessitados (e não para o "maior apostador")

O co-fundador da Microsoft Bill Gates pediu esta semana que os medicamentos e uma eventual vacina que possa surgir para a covid-19 sejam disponibilizados para quem mais precisa, e não para o "maior apostador". Citado pela …

Dois (ou três) jogadores do Flamengo podem chegar ao Benfica à boleia de Jesus

Os jogadores do Flamengo Gerson e Bruno Henrique podem chegar ao Benfica à boleia de Jorge Jesus, que tem sido apontado à Luz para suceder a Bruno Lage. Apesar de já se ter noticiado a …

Ensino Superior tem 2.370 vagas para alunos do profissional

O próximo ano letivo terá 2.370 vagas no Ensino Superior direcionadas para alunos do ensino profissional, avança o jornal Público este sábado, detalhando que, ao todo, 456 licenciaturas. As vagas em causa fazem parte do …

Horta Osório não exclui regresso a Portugal (e trabalhar fora da banca)

António Horta Osório, que em breve vai deixar a presidência executiva do banco britânico Lloyds, não exclui um regresso a Portugal no seu futuro profissional. “O meu futuro profissional [pós-Lloyds] está totalmente em aberto e …

Parede de estação de comboio na Polónia escondia carta escrita por trabalhadores forçados da 2ª Guerra

Uma carta escrita por dois trabalhadores forçados durante a II Guerra Mundial foi encontrada dentro de uma garrafa escondida na estação de comboios de Nowe Skalmierzyce, um cidade na Polónia. A carta foi descoberta por trabalhadores durante …

No século XVIII, um em cada cinco londrinos tinha contraído sífilis até aos seus 35 anos

Há 250 anos, pelo menos um em cada cinco londrinos tinha contraído "a varíola" (sífilis), causada pela bactéria Treponema pallidum, até aos seus 35 anos. Este estudo, com base em registos de internação, relatórios de inspeção e …

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …