Contra todas as probabilidades, rapaz de 14 anos vence dois cancros

DoEverYthiNgFoundation / Facebook

-

Há cerca de dois meses um adolescente britânico soube, pelos médicos, que teria apenas três dias de vida, tendo surpreendido, de repente, toda a gente com sua inesperada recuperação.

O caso de Deryn Blackwell, de 14 anos, é o único caso conhecido no mundo de uma pessoa diagnosticada com leucemia e sarcoma de células de Langerhans, um cancro raro.

O diagnóstico foi feito há três anos e, durante o tratamento, em Dezembro de 2013, o jovem contraiu outra doença que atacava o seu sistema imunológico, já debilitado pelos dois tipos de cancro.

Deryn ouviu então dos médicos que morreria antes do Ano Novo. Foi encaminhado para uma casa de repouso específica para doentes terminais, onde se preparava para o pior juntamente com a sua família.

“Ele tinha aceitado e nós tínhamos aceitado. Deryn tinha até pedido para ver o quarto onde ficavam os corpos para saber o local para onde iria quando morresse”, disse a sua mãe, Callie Blackwell, à BBC.

Perspectiva

Sabendo que não teria muito tempo de vida, o adolescente escreveu uma lista das coisas que queria fazer antes de morrer.

Deryn conheceu celebridades, andou em carros a alta velocidade e até experimentou uma bebida alcoólica pela primeira vez.

O adolescente planeou também o seu funeral e o destino que que queria dar às suas cinzas – parte seria colocada em fogos de artifício, outra parte num canhão e a terceira parte seria atirada de uma montanha na Grécia.

Contudo, inexplicavelmente, o seu corpo começou a lutar contra as infecções e produzir glóbulos vermelhos saudáveis novamente.

“Os médicos não sabem explicar nem conseguem dar-nos uma ideia do que pode acontecer nas próximas semanas”, diz Callie Blackwell.

“No início foi difícil passar da aceitação de que iria perder o meu filho e não o voltar a ver para de repente pensar que ‘na realidade, talvez o voltasse a ver’.”

O rapaz, que chegou a precisar de tomar 35 medicamentos diferentes por dia, toma agora apenas um.

Deryn saiu da casa de repouso e agora frequenta um ginásio para melhorar sua resistência física.

“É preciso colocar as coisas em perspectiva. Se uma pessoa começa a tossir e a queixar-se, tem de perceber que há outras pessoas, que como eu, estão numa situação pior e não se queixam. Então a sua tosse não é assim tão má”, disse o rapaz à BBC.

Deryn continua contudo em tratamento, na eventualidade do cancro reaparecer.

Os seus pais querem agora criar uma instituição de caridade em seu nome, na esperança de que esta seja não apenas seu legado, mas o seu projecto de vida.

ZAP / BBC

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Putin revela o que pode ser "mais temível que uma bomba nuclear"

O presidente da Rússia falou a jovens de todo o mundo este sábado a propósito do XIX Festival Mundial da Juventude e Estudantes, que se celebrou na Rússia entre os dias 22 e 14 de …

Bordoll: abriu o primeiro bordel de bonecas sexuais

Uma mistura das palavras bordel e doll (boneca, em inglês) dá nome ao primeiro bordel de bonecas sexuais na Alemanha. O Bordoll é gerido por Evelyn Schwarz, uma mulher de 29 anos, e composto exclusivamente …

O avião mais rápido do mundo chega a qualquer sítio em menos de 1 hora

A Lockheed Martin, fabricante de produtos aeroespaciais e principal produtora de equipamentos militares do mundo, prepara-se para apresentar o seu novo avião de combate e espionagem SR-72, que será o mais rápido do mundo. O planos …

Jerusalém amanheceu com grafittis de suástica e frases antissemitas

A velha cidadela de Jerusalém amanheceu no domingo com uma série de grafittis antissemitas, incluindo até uma suástica, num caso que está sendo investigado pela polícia. "Durante a noite, recebemos um relatório de agentes que detetaram …

Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"

O Presidente da República saudou este domingo em Tábua a "forma rápida e tão abrangente" como o Conselho de Ministros extraordinário de sábado sobre incêndios "quis tratar de tudo e de tantos dossiês em tão …

Trump vai levantar o sigilo dos arquivos sobre assassinato de Kennedy

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou este sábado que vai retirar o sigilo dos arquivos sobre o assassinato do ex-presidente democrata John F. Kennedy, baleado durante uma visita a Dallas, no Texas, no …

Coreia do Sul tem plano para destruir exército norte-coreano no caso de guerra

O Exército da Coreia do Sul afirma que pode neutralizar os potentes sistemas de artilharia norte-coreana no caso de uma guerra entre os países, informa a RT. No caso de um conflito armado na península da …

Misteriosas estruturas de pedra encontradas com o Google Earth em deserto árabe

Cerca de 400 misteriosas estruturas de pedras foram descobertas no deserto na Arábia Saudita a partir de imagens de satélite obtidas pelo Google Earth. Os arqueólogos dizem que as estruturas, semelhantes a "portões", podem ter entre …

Cientistas encontram gato selvagem que acreditavam estar extinto

Cientistas de Creta, na Grécia, recuperaram um exemplar da única raça de gato selvagem autóctone que existe nesta ilha grega e que se acreditava estar extinta há mais de 20 anos. Segundo informou o Museu de …

A poluição mata mais pessoas no Mundo do que a guerra, a violência e a fome

Uma morte em cada seis ocorridas no mundo em 2015 esteve ligada à poluição, essencialmente à poluição do ar, mas também da água e dos locais de trabalho, segundo um estudo publicado esta sexta-feira na …