Contacto visual direto pode ser um sinal de competição (e não de fiabilidade)

Geralmente, olhar diretamente nos olhos de outra pessoa durante uma interação é interpretado como um sinal de honestidade e de franqueza, particularmente naquelas em que se formalizam negócios. Mas um estudo agora divulgado mostra exatamente o oposto.

No mundo ocidental, estabelecer contacto visual é visto como um atributo positivo, podendo ser inquietante quando alguém o evita. No entanto, um estudo publicado no European Journal of Social Psychology revela que, num ambiente competitivo – onde uma negociação está a ocorrer -, olhar diretamente para outra pessoa pode ser um sinal de competição e malevolência.

Em três diferentes experiências, descobriu-se que olhar diretamente nos olhos de outra pessoa fazia prever um comportamento competitivo, ou, até mesmo, enganador, indica um artigo do Inverse, divulgado no domingo.

Na primeira experiência, foi utilizado um rastreador ocular para acompanhar as retinas de 75 indivíduos, enquanto dividiam o dinheiro com outra pessoa. Descobriu-se que, olhando diretamente o seu oponente nos olhos, eram feitas primeiras ofertas menores.

Noutra experiência, pediu-se a 53 pessoas que olhassem para os olhos do adversário ou para outras partes do rosto. As pessoas designadas para a condição anterior fizeram primeiras ofertas menores aos seus oponentes numa negociação de contrato de trabalho simulada do que aquelas atribuídas a esta última.

Segundo o artigo, foram ainda analisados os dados de 99 episódios de Golden Balls, um programa de jogos do Reino Unido, realizado entre 2007 e 2009. O programa permitia que dois jogadores chegassem a uma ronda final – acumulando um ‘jackpot’ ao longo do caminho. No final, ambos deviam decidir o que fazer com o dinheiro. Na frente de cada jogador estavam duas bolas, uma com a palavra “roubar” e a outra com “dividir”.

Nessa etapa, os dois jogadores entravam em diálogo sobre qual opção escolher. Se ambos escolhessem “dividir”, dividiam o ‘jackpot’. Caso escolhessem “roubar”, nenhum recebia. No entanto, se o jogador A escolhesse “dividir” e o jogador B escolhesse “roubar”, o primeiro não recebia nada e o segundo recebia todo o ‘jackpot’ (ou vice-versa).

O objetivo de cada jogador era convencer o outro a escolher a opção “dividir”, com quase todos os participantes a sinalizar ao oponente que essa era a sua escolha.

Ao assistirem e codificarem os episódios relativamente à quantidade de contacto visual direto que cada jogador estabeleceu com o outro durante a conversa final e, em seguida, ao examinarem se esse número poderia prever a escolha dos jogadores, verificou-se que sim, “mas na direção oposta do que a maioria pensaria”, indica o artigo.

Um maior contacto visual era estabelecido pelos jogadores mais propensos a escolher o roubo do que a divisão do ‘jackpot’ – mesmo quando esses, explicitamente, declararam o contrário. O contacto visual direto com o outro jogador foi medido pelo número de vezes durante a interação que este teve com o outro jogador.

Implicações na vida real

Embora a sabedoria popular indique que o contacto visual é um sinal de honestidade e de confiabilidade, as descobertas feitas no estudo não foram uma surpresa para a equipa responsável pela pesquisa.

“Os animais têm contato visual direto, não antes de se envolver em comportamentos benevolentes, mas sim imediatamente antes de um ataque – o contacto visual é um sinal de desafio e ameaça“, referiu Jennifer Jordan, uma das investigadoras.

“Nós, humanos, parecemos estar a seguir essa tradição, inconscientemente, ao olhar diretamente para o nosso oponente antes de o atacarmos”, salientou.

Mas o que significam estas conclusões para o local de trabalho? Num ambiente de negócios competitivo, ao participar de negociações, por exemplo, deve-se estar ciente de que as pessoas que olham diretamente nos olhos podem não ser tão amigáveis ​​quanto se pensa, frisa o artigo da Inverse.

Caso se pretenda ser honesto e confiável, o contacto visual direto pode indicar o contrário. Em muitas culturas asiáticas, olhar uma pessoa de maior ‘status’ nos olhos é um sinal de desrespeito, enquanto desviar o olhar sinaliza deferência.

Todos as experiências ocorrerem em ambientes competitivos. Isso significa que os resultados obtidos, provavelmente, não se aplicam a ambientes sociais. Nesses casos, o contacto visual direto ainda pode ser visto como um sinal de intimidade e de benevolência.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Engenheiro da NASA apresenta conceito para nave capaz de voar quase à velocidade da luz

David Burns, engenheiro da NASA, defende que é possível criar uma sonda capaz de viajar até às estrelas mais remotas à velocidade da luz, desafiando e até violando algumas das regras que regem a Física. Burns …

A galáxia pode estar repleta de "micro-máquinas" alienígenas

A galáxia pode estar repleta de "micro-máquinas" de origem alienígena. Quem o diz é o astrofísico Zaza Osmanov, que parte do conceito de sonda replicante do matemático John von Neuman e o ajusta à nano-escala. …

Desenterradas duas múmias no cemitério egípcio onde o rei Tut foi sepultado

Uma equipa de arqueólogos desenterrou duas múmias no Vale dos Reis, o cemitério antigo onde está sepultado o rei Tutankhamon e outras realezas egípcias, anunciou o Ministério das Antiguidades do Egito. Em conferência de imprensa …

"Avião do Juízo Final" foi construído para sobreviver a um ataque nuclear (mas foi derrotado por um pássaro)

Uma aeronave do "dia do juízo final" da Marinha dos EUA, destinada a sobreviver a um ataque nuclear, foi recentemente derrotada por um pássaro. Um pássaro derrubou um dos quatro motores do avião e a Marinha …

Cova da Piedade 0-4 Benfica | Em frente na Taça com goleada

, O Benfica goleou hoje o Cova da Piedade por 4-0, garantindo o apuramento para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, com dois tentos de Pizzi e outros tantos de Carlos Vinícius. O internacional português abriu …

Vírus informático faz caixas de multibanco "cuspirem" notas (e está a espalhar-se pelo mundo)

Um vírus informático está a ser utilizado para entrar em caixas de multibanco e fazê-las ejetar todo o seu dinheiro. Os primeiros casos surgiram na Alemanha, mas têm-se alastrado um pouco por todo o mundo. Na …

Piloto Bernardo Sousa suspenso dois anos por controlo antidoping positivo a cocaína

O ex-campeão nacional de ralis Bernardo Sousa foi suspenso por dois anos devido a um controlo antidoping positivo a cocaína, anunciou na quinta-feira a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK). De acordo com o comunicado …

Porsche lança Taycan "low cost" para competir com a Tesla

https://vimeo.com/367293637 A Porsche lançou uma versão económica do Taycan de forma a competir com o Model S da Tesla. O veículo elétrico está disponível a partir de janeiro e custará cerca de 105 mil euros. A batalha …

Quartel da Graça vai ser um hotel de luxo

A concessão do Quartel da Graça, em Lisboa, vai ser entregue ao grupo Sana, no âmbito do programa Revive, estando previsto um investimento de 30 milhões de euros, para a instalação de um hotel, foi …

Infarmed retira do mercado protetor solar infantil

O Infarmed disse esta sexta-feira que está acompanhar as precauções da agência espanhola do medicamento em relação aos produtos de proteção solar ISDIN, indicando que em novos testes detetou variabilidade e inconsistência no fator de …