Estudo associa consumo de canábis ao cancro do testículo

Um novo estudo americano descobriu que homens que fumam canábis todos os dias durante uma década podem ter um risco 36% maior de desenvolver cancro do testículo.

Isto não significa que um em cada três fumadores ávidos de canábis vão desenvolver cancro, mas sim que o risco de desenvolver a doença é três vezes maior em cada indivíduo. Um artigo sobre o estudo foi publicado no mês passado na revista científica JAMA Network Open.

Os investigadores da Universidade Brown, da Universidade da Califórnia e do Memorial Sloan Kettering Cancer Center recorreram a 25 estudos sobre o assunto, que ao todo compreenderam 50 anos de dados recolhidos.

Infelizmente, as metodologias dessas investigações eram todas diferentes, o que impediu a equipa de cientistas de retirar melhores conclusões. De qualquer forma, a associação encontrada não é causal, ou seja, não podemos dizer que o canábis causa cancro, pelo menos por enquanto.

De qualquer forma, o risco de desenvolver cancro testicular não deve preocupar muito as pessoas, uma vez que é preciso ser um utilizador muito frequente e de longa data da droga para verificar estes efeitos.

Vale a pena realçar que não conhecemos totalmente os impactos do canábis na saúde, e os cientistas não gostariam que as pessoas assumissem que a droga não tem consequências.

“Detestaria que as pessoas interpretassem isso [o uso medicinal do canábis] como significado de que o uso do canábis é completamente seguro. O facto é que não sabemos muito sobre o impacto do seu uso recorrente, do uso numa idade muito jovem ou sobre o uso de canábis que não seja fumado”, disse a investigadora Deborah Korenstein, do Memorial Sloan Kettering Cancer Center.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O que a ciência está a fazer é a esconder-se por trás do ‘método científico’, de uma forma desproporcionalmente ortodoxa, para não ser forçada a dar respostas objectivas sobre questões que são de um foro que ultrapassa a própria ciência.
    Isso não significa que a ‘ciência’ possa obter impunidade e se recusar a dar repostas àquilo a que já teve acesso e tempo para estudar, e que, inclusivamente, já o fez.
    O que a ‘ciência’ não quer fazer neste momento é ser forçada a divulgar resultados que respondem às questões que se colocam mas com respostas que não são condizentes com a percepção e o preconceito social, que também existe na própria comunidade científica.
    Ou seja, mesmo que os cientistas que estudam estes assuntos conseguissem obter resultados irrefutáveis de estudos que provassem que o consumo de canábis não só é inócuo, em termos de impacto na saúde, mas, ainda por cima, benéfico para varias condições de saúde, estes ficariam mesmo assim relutantes em afirmar a validade desses resultados porque as verdadeiras razões para toda esta controvérsia são as razões de preconceito generalizado da sociedade em relação ao consumo do canábis.
    Como dizia [alguém]:
    – Não basta ter razão

  2. tb poderiam concluir que os homens que bebem todos os dias água têm mais possibilidade de contrair a doença.

    enfim, estudos da treta…presumo que patrocinados pela bigpharma, não lhes dá jeito nenhum não controlarem uma planta entre muitas outras com tantos benefícios para a humanidade, como tal há que diabolizar a coisa.

  3. Maconha faz mal a saúde e pronto! Mas posso dar meu parecer científico sobre o assunto, já que sou formado em Biologia, Biomedicina e com especialização em Botânica e plantas medicinais, minha formação, pelas Universidades Google e YouTube me permite dar esse parecer!

RESPONDER

Jackson Martínez recorda penálti falhado: "Adeptos do Benfica pensam que me vendi"

Os adeptos do Benfica não esquecem o penálti falhado por Jackson Martínez frente ao FC Porto, esta temporada. O golo teria colocado o Portimonense na frente do marcador. Em entrevista ao jornal Record, o avançado do …

"Solidariedade não é dar dinheiro." Holanda finca o pé e até critica Itália por "internar os mais velhos"

Há um novo braço-de-ferro na União Europeia (UE) entre os países do Norte e do Sul. Tudo por causa dos famigerados "coronabonds", instrumentos de dívida comum que países como Portugal, Espanha e Itália defendem para …

Vaga de doentes graves nas urgências poderá deixar SNS "inacessível"

Uma vaga de doentes graves às urgências, a juntar a cirurgias e consultas reagendadas, pode vir a deixar o SNS "inacessível" no futuro, alerta o presidente da Associação de Administradores Hospitalares. As idas à urgência nas …

CDS quer cheque de emergência para empresas encerradas

Uma das medidas, apresentadas por Francisco Rodrigues dos Santos, é a atribuição, às pequenas e médias empresas “encerradas ou com a actividade suspensa, um cheque de emergência no valor máximo de 15 mil euros”. O CDS …

Espanha regista 832 mortos nas últimas 24 horas. É o dia mais mortífero no país

A Espanha registou, nas últimas 24 horas, 832 mortos com o novo coronavírus, o maior número de vítimas mortais num só dia, elevando o balanço total para 5.690, de acordo com a última atualização das …

"O Brasil não pode parar". Bolsonaro compra campanha contra o isolamento social

Jair Bolsonaro gastou cerca de 800 mil euros numa campanha contra o isolamento social com o mote "O Brasil Não Pode Parar". O presidente brasileiro tem desvalorizado a pandemia de covid-19. Face à pandemia de covid-19, …

Crise leva Costa a reforçar intenções de voto. Ventura chega ao quarto lugar

Na mais recente sondagem às intenções de voto, os portugueses mostram estar de confiança reforçada em António Costa. O Chega ganha força e chega ao quarto lugar. Numa sondagem que apenas capta os primeiros dias do …

Descoberta criatura que pode ser o antepassado de quase todos os animais

Cientistas podem ter descoberto um dos primeiros ancestrais da árvore genealógica: uma criatura semelhante a um verme chamado Ikaria wariootia. Segundo a revista Newsweek, a minúscula criatura, parecida com um verme, é o exemplar mais antigo …

Bombardeamento israelita em Gaza em plena crise do novo coronavírus

O exército israelita bombardeou hoje postos do movimento radical Hamas em Gaza, em represália contra o disparo de um míssil, no primeiro confronto registado no enclave palestiniano em pleno surto do novo coronavírus, noticiou a …

Avião com material médico vindo da China chegou sem ventiladores e reagentes

O avião da Hi Fly que aterrou esta sexta-feira em Lisboa com material médico para ajudar Portugal a mitigar a pandemia de covid-19 chegou apenas com 24 das 35 toneladas previstas, faltando os reagentes para …