Médicos de família querem consultas com mínimo de 30 minutos

A Ordem dos Médicos ai definir tempos mínimos para as consultas das diferentes especialidades. O objetivo é garantir uma duração adequada das consultas.

As consultas de medicina geral e familiar deverão ter uma duração padrão entre os 30 e os 45 minutos, segundo uma proposta da Ordem dos Médicos que define tempos mínimos de intervalo entre cada consulta.

A definição de tempos mínimos de intervalo entre marcação de consultas pode levar à necessidade de reduzir as listas de utentes por médico de família, no caso dos centros de saúde, uma vez que os tempos atuais são geralmente de 15 ou 20 minutos, admite o bastonário da Ordem dos Médicos.

Cumprindo uma das propostas do seu mandato, Miguel Guimarães vai colocar esta semana em discussão pública a proposta dos vários colégios da especialidade para os tempos padrão de consulta, que são no fundo tempos mínimos de intervalo entre consultas.

Não é possível aceitar como inevitável a sobrecarga que atualmente se verifica nas consultas, agendadas com diferenças de escassos minutos, quando não sobrepostas, prejudicando as boas práticas clínicas e a qualidade da assistência aos doentes”, justifica o documento da Ordem.

Na apresentação deste projeto aos jornalistas, o bastonário explicou que o objetivo é criar uma regulação dos tempos das consultas, uma vez que “a pressão que existe é grande” e “os médicos e os doentes não têm o tempo que deviam ter”. “Esta intervenção tem a ver com a necessidade de organização do trabalho. Não significa que cada doente e cada médico não tenham o tempo que entenderem necessário.”

Depois de estar um mês em consulta pública, o documento tem de ser aprovado em assembleia de representantes da Ordem dos Médicos, sendo depois publicado, enquanto regulamento, no Diário da República.

O bastonário destaca que os tempos que vierem a ser definidos terão de ser aplicados tanto no público como no setor privado ou social.

Na medicina geral e familiar, a proposta da Ordem aponta vários intervalos de tempo para marcação entre consultas, consoante se são ou não primeiras consultas. Nas primeiras consultas são recomendados tempos entre os 30 minutos e os 45 minutos, que devem ser aplicados nas consultas subsequentes que decorram com pelo menos 12 meses de intervalo.

Nas consultas de seguimento marcadas com menos de 12 meses de intervalo o tempo será entre 20 e 30 minutos. As consultas por doença aguda deverão ser marcadas com um intervalo entre 15 a 20 minutos. Entre as várias consultas de especialidade hospitalar, os tempos variam por especialidade.

A psiquiatria da infância e adolescência é uma das especialidades que surge com tempo padrão mais elevado, sendo de 90 minutos no caso das consultas de primeira infância e na terapia familiar. Já na psiquiatria de adultos, o tempo de intervalo recomendado para as primeiras consultas é de 45 minutos, sendo de meia hora nas restantes consultas subsequentes.

Com tempos padrão de 60 minutos para primeiras consultas surgem especialidades como a genética médica, a oncologia e radioncologia, a medicina da dor e a medicina paliativa. Com o máximo tempo padrão aparece, na proposta, a primeira consulta de acupuntura médica, com uma hora e 15 minutos.

O bastonário Miguel Guimarães destaca que a definição dos tempos padrão é essencial para proteger a relação entre clínicos e doentes.

“Os médicos têm cada vez mais de explicar ao doente a sua situação clínica e o que vão ou não fazer ao doente, discutir os possíveis tratamentos. Isto demora tempo. Não é só uma questão de diagnóstico médico, é também uma questão de empatia, de o doente ter confiança no médico e perceber exatamente o que o médico lhe está a propor”, argumentou o responsável.

Miguel Guimarães diz que não espera resistência aos tempos padrão por parte das administrações das unidades de saúde ou das direções clínicas, embora reconheça que será necessária uma reorganização, porque atualmente os tempos são curtos e há até casos de mais do que uma consulta marcada para a mesma hora.

“Significa que os doentes têm de ter mais espaço, as unidades de saúde têm de ter mais médicos ou têm de ter mais consultas abertas. E têm de se corrigir as deficiências que existem. E ter menos utentes nas listas dos médicos de medicina geral e familiar”, avisou.

A discussão em torno da dimensão da lista de utentes por médico de família tem sido também muito levantada pelos sindicatos médicos, que querem que sejam repostas listas de 1.550 utentes, quando atualmente são 1.900 utentes por médico.

No documento que é a partir desta segunda-feira posto em discussão pública, a Ordem considera que a aplicação dos tempos padrão de consulta “exige sentido de compromisso e responsabilidade” da parte das organizações, unidades de saúde e profissionais.

É necessário que compreendam as vantagens destas recomendações para a melhoria da qualidade dos atos médicos praticados, da saúde dos doentes e da própria organização do sistema”, refere o documento.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. No privado, vão continuar a fazer marcações de consultas agendando de 15 em 15 minutos, é sempre a aviar!
    É pra despachar, uma pessoa sente mesmo que está ali a mais…

    • Se se refere a EMPRESAS talvez tenha razão… As empresas existem para dar lucro…
      MAS SE SE TRATAR DE CPONSULTA PERSONALIZADA DE MÉDICO, está muito equivocada! O médico é responsáve perante o doente e perante a sociedade! Não é só a sua idoneidade que está em causa perante o paciente, MAS TAMBÉM mas também perante o CLÉGIO DA ESPECIALIDADE da O.M, a que pertencer!

  2. Eu vou passar a levar comigo um baralho de cartas. Deste modo se os temas para análise se esgotarem podemos sempre jogar cartas.

RESPONDER

Teegarden B e C. Descobertos mais dois planetas que podem albergar vida

Cientistas de vários países identificaram mais dois planetas que consideram poder albergar vida, com climas temperados, semelhantes à Terra e que podem conter água líquida à superfície. A equipa da universidade alemã de Göttingen utilizou vários …

Ministério Público abre investigação a Juan Guaidó por corrupção

O Ministério Público da Venezuela anunciou a abertura de uma investigação penal contra Juan Guaidó por suspeita de corrupção relacionada com fundos para assistência a cidadãos venezuelanos na Colômbia. O anúncio foi pelo procurador-geral designado pela …

Cientistas descobrem no veneno de escorpião antibiótico contra tuberculose

Químicos no veneno podem combater estirpes resistentes da tuberculose e a bactéria causadora da pneumonia e septicemia. Veneno pode ainda travar o crescimento de células cancerígenas. Cientistas descobriram no veneno de escorpião antibióticos contra a tuberculose …

Câmara de Lisboa já cobrou 17 mil euros por trotinetas mal-estacionadas

A Polícia Municipal de Lisboa cobrou 17.145 euros em coimas por trotinetas mal-estacionadas, entre fevereiro e o início de junho, tendo removido 1.820 veículos do centro da cidade nos últimos cinco meses. "A verificação das infrações …

Berardo mostra-se "incrédulo com falta de memória" de Constâncio

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP) disse, esta terça-feira, que Joe Berardo mentiu no Parlamento sobre alegadas reuniões entre ambos. O empresário, por sua vez, mostra-se "incrédulo com a sua falta de memória". "Tudo isso é …

Marcelo diz que foi "sensato" não incluir pergunta sobre origem étnico-racial no Censos 2021

O Presidente da República considerou que foi uma decisão sensata não incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, face ao debate gerado, embora a ideia fosse boa. "Acho que foi uma …

Esfinge gigante de Ramsés II vê a luz do dia ao fim de quase 100 anos

https://vimeo.com/343091742 Uma enorme esfinge do faraó egípcio Ramsés II viu finalmente a luz do dia, no passado dia 12 de junho, depois de ter sido recolocada através de um sistema monumental que a fez "flutuar" pelo …

Vai baixar o custo das chamadas para números começados por 707 e 708

A Anacom anunciou uma descida de 48% no preço máximo das chamadas de telemóvel para números começados por 707 e 708, e de 10% para telefone fixo. A decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) de baixar os …

PSG abre a porta a Neymar (e o Barcelona não a fecha)

Depois de o eventual regresso de Neymar ao Barcelona ecoar na imprensa desportiva, o presidente do Paris Saint Germain, Nasser Al-Khelaifi quebrou o silêncio sobre o jogador brasileiro. Em entrevista à France Football, o presidente …

“Explosão suspeita” entre China e Coreia do Norte causou um sismo

Os serviços sismológicos chineses registaram um sismo de 1,3 graus de magnitude na escala de Richter às 19h38 locais (12h38 em Lisboa), na cidade chinesa de Hunchun, causado por uma “explosão suspeita”, disseram as autoridades …