Conseguimos “ouvir” ao ler os lábios de alguém (e já sabemos como)

Um estudo recente sugere que, quando vemos uma pessoa a falar, a nossa atividade cerebral é sincronizada com a voz do locutor através da leitura dos lábios. Este fenómeno acontece mesmo quando não conseguimos interpretar as ondas sonoras.

Estudos anteriores haviam comprovado que a leitura labial ativa silenciosamente os córtices auditivos, mas os cientistas não sabiam o que implicava essa ativação. Pelo menos, até agora.

Uma investigação levada a cabo pelo Centro Basco de Cognição, Cérebro e Linguagem (BCBL) de San Sebastián, em Espanha, revela que o cérebro não só se ativa, como se sincroniza com as ondas sonoras da fala através da leitura dos lábios, mesmo sem um som audível.

“Os nossos córtices auditivos sincronizam-se com os movimentos dos lábios sem ouvir o som emitido pelo locutor, o que significa que, apesar de as regiões auditivas não estarem a ouvir qualquer som, elas são sensíveis às informações visuais que recebem”, explica o investigador Nicola Molinaro, citado pela agência Sinc.

Durante o estudo, os cientistas expuseram 25 participantes a um teste com uma duração de, aproximadamente, uma hora, durante o qual ouviam áudios sem imagens e viam vídeos sem som. Com base nessa experiência, os investigadores descobriram que os córtices auditivos mostraram um nível suficiente de sincronização com as ondas sonoras produzidas pelo vídeo que não estavam a ouvir.

De acordo com o artigo científico, publicado no The Journal of Neuroscience, a sincronização assemelhava-se à de quem ouviu a história, o que sugere que o cérebro consegue obter informações auditivas a partir das informações visuais, disponíveis através da leitura labial.

Esta descoberta abre a porta a muitas outras incógnitas que os cientistas pretendem investigar nos próximos anos. Em primeiro lugar, o estudo confirma que as regiões auditivas são sensíveis a muitas informações (quer sejam audíveis ou não), apesar de não se saber até que ponto diferentes parâmetros afetam a atividade cerebral.

“A informação verbal não passa apenas pelo canal auditivo; também é sensível à informação visual. A comunicação verbal é, em suma, uma comunicação multimodal muito mais rica”, remata Molinaro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Onda de pedras-pomes fez uma viagem pelo Pacífico (e traz nova vida à costa da Austrália)

Uma "onda" de pedras-pomes está a chegar à Austrália após uma longa viagem pelo Pacífico. As rochas vulcânicas produzidas na fase de ejeção dos gases contidos na lava, podem trazer um presente para o seu …

Não foram as estrelas de neutrões. A origem do ouro do Universo voltou a ser um mistério

Quando a humanidade detetou a colisão entre duas estrelas de neutrões em 2017, confirmou a teoria de longa data que as explosões criam elementos mais pesados do que o ferro. Assim, pensou-se ter a resposta …

Descoberta uma cripta secreta sob uma capela polaca. Pode levar ao lendário Santo Graal

O lendário Santo Graal, que terá sido usado por Jesus durante a Última Ceia para transformar o vinho em sangue, cativou a imaginação dos caçadores de tesouros durante séculos. Embora possamos nunca saber se esta relíquia …

Pedaço de cabelo de Lincoln (e um telegrama ensanguentado) leiloados por 81 mil dólares

Um anónimo pagou mais de 81 mil dólares (cerca de 71 mil euros) por uma mecha de cabelo de Abraham Lincoln. O exemplar foi retirado da cabeça de Lincoln um dia após a sua morte, …

Descobertos novos detalhes em Pietà de Miguel Ângelo

Uma equipa de especialistas estava a fazer trabalhos de limpeza na Pietà de Florença, esculpida pelo artista italiano Miguel Ângelo, quando encontrou detalhes desconhecidos da obra. Uma Pietà é um tema da arte cristã em que …

Microsoft afundou um data center em 2018. Dois anos depois, revela o que descobriu

Em 2018, a Microsoft aproveitou a tecnologia de submarinos para afundar um data center que poderia fornecer ligação à Internet durante anos na costa de Orkney. Agora, foi recuperado e os investigadores estão a testá-lo …

"James Bond da Filantropia". Bilionário cumpre sonho e doa toda a sua fortuna

Chuck Feeney cumpriu o seu sonho e está oficialmente falido. O empresário e filantropo queria doar toda a sua fortuna antes de morrer e assim o fez. Chuck Feeney é um empresário norte-americano de ascendência irlandesa …

A pandemia chegou à Lapónia e até o Pai Natal já a sente

O turismo da Lapónia prepara-se para sofrer um duro golpe com a pandemia de covid-19. As restrições de viagens deixam a economia da "residência oficial do Pai Natal" em risco. A Lapónia, na Finlândia, é conhecida …

Fruta do dragão e máscaras grátis. Vietname inova e triunfa na segunda vaga

A inovação do povo vietnamita está a ajudar a fazer do país uma história de sucesso não só na primeira vaga, mas também na segunda. Até ao momento, registaram-se pouco mais mil casos. O Vietname foi …

Alunos separados em "bolhas" dentro da escola, mas "encavalitados" antes de entrar

Mil alunos amontoaram-se esta manhã à frente da Escola Secundária Pedro Nunes. A escola adotou método de "turmas bolha", mas à entrada da escola não houve distanciamento e alguns alunos não usavam máscara. A diretora …