Companhias aéreas acusadas de somar minutos às viagens para evitar indemnizações

Sean Glossop / wikimedia

Um avião Boeing 737 da Ryanair e um Airbus A320 da Easyjet no aeroport de Bristol

Uma organização de defesa dos consumidores britânica acusa as companhias aéreas de acrescentarem minutos às viagens para evitarem pagar indemnizações.

A Which?, uma associação de defesa dos consumidores britânica, analisou os voos médios para 125 rotas operadas por grandes companhias aéreas em 2009 e comparou com os valores do ano passado. Em 76 rotas, 61% das analisadas, os voos levavam agora mais tempo, pelo menos no papel, avança o Jornal de Notícias.

De acordo com as tabelas das empresas, 87% dos voos da British Airways eram mais lentos e o mesmo cenário verificava-se em 82% dos voos da Ryanair, 75% da Virgin Atlantic e 62% da easyJet.

Rory Boland, editor da Wich? para a área de viagens, afirma que “as companhias são rápidas a dizer que adicionar 10, 20 ou 30 minutos aos voos vai melhorar as chegadas à hora marcada, ainda que a descida na pontualidade sugira que tal não aconteceu.

“Voos marcados com mais minutos significa que os passageiros vão estar mais tempo sentados junto à porta de embarque ou no avião, apenas para que a companhia possa dizer que é pontual“, aponta.

Além disso, o responsável explica que aumentar minutos ao tempo de voo ajuda a que sejam pagas menos indemnizações por atrasos. Segundo a lei europeia, os clientes têm direito a compensações caso o voo chegue com mais de três horas de atraso, mas, segundo Boland, o que as companhias aéreas estão a fazer é atirar areia para os olhos dos clientes.

O professor de gestão de transportes aéreos na Universidade de Cranfield, Keith Mason, explica, porém, que é habitual as companhias aéreas darem algum “espaço de manobra” quando marcam os voos, isto porque qualquer atraso pode criar uma reação em cadeia, com os atrasos a alastrarem-se aos restantes voos do dia.

À associação, um representante da British Airways diz que há também razões legítimas para as demoras, como um espaço aéreo mais congestionado ou aeroportos mais cheios. Além disso, as companhias aéreas defendem-se ainda com o facto de estarem a voar a velocidades um pouco mais baixas, para tornar o consumo de combustível mais eficiente.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma nova maneira de medir a gravidade da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova forma única de medir a gravidade da Terra. O método anterior envolvia medir a influência da gravidade nos átomos, rastreando a rapidez com que os átomos caíam. O problema …

Detetado pela primeira vez vapor de água na Europa, a lua de Júpiter

Uma equipa internacional de cientistas confirmou a presença de vapor de água na superfície de Europa, um dos quatro satélites naturais de Júpiter, revelou a agência espacial norte-americana (NASA). "Os elementos químicos essenciais (carbono, hidrogénio, …

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …