Companhia aérea russa tem lugares especiais para passageiros que se recusam a usar máscara

A companhia aérea russa Aeroflot anunciou que irá disponibilizar lugares específicos a bordo dos seus aviões para passageiros que se recusarem a usar máscaras durante a viagem.

“É extremamente importante para nós garantir a segurança de todos os passageiros”, disse Yulia Spivakova, porta-voz da transportadora aérea, num comunicado a que a CNN teve acesso.

A Aeroflot, que é a maior companhia aérea da Rússia, tem uma política que exige que os passageiros usem máscaras enquanto estão dentro do avião, a menos que estejam a comer, beber ou a trocar de máscara.

No entanto, alguns passageiros não estão a cumprir estas diretrizes. Como um avião não pode simplesmente parar no ar e expulsar um passageiro, a Aeroflot terá disponíveis lugares para viajantes que não podem ou não querem seguir a política de utilização de máscara.

Contudo, a nova conduta não exclui “a aplicação de outras medidas de responsabilidade por violação das regras para o uso de equipamentos de proteção individual a bordo”, acrescentou Spivakova.

As políticas de uso de máscaras dentro de aviões variam em todo o mundo e as companhias aéreas definem habitualmente as suas próprias regras.

A Rússia não é o único país onde os regulamentos de uso de máscaras a bordo de aviões se revelaram um problema. Nos Estados Unidos, vários incidentes deste tipo ocorreram em voos em que os passageiros se recusaram a usar máscaras.

Em julho de 2020, um voo da Southwest Airlines regressou ao Aeroporto Internacional de Denver após uma discussão entre vários passageiros. Um dos envolvidos alegava que era seu “direito constitucional” não usar máscara.

Em agosto deste ano, também a Delta Air Lines anunciou quase 250 proibições vitalícias a viajantes que se recusaram a fazer a utilização correta da máscara.

Para já, a Aeroflot não revelou se as medidas serão implementadas a longo prazo, ou se serão implementadas outras normas para passageiros que se recusem a fazer a utilização da máscara.

  Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O chef sírio Imad Alarnab

Imad fugiu da Síria há seis anos. Agora, tem um restaurante de sucesso em Londres

O chef sírio Imad Alarnab deixou a Síria há seis anos, onde tinha vários restaurantes, rumo a Inglaterra. Não desistiu dos seus sonhos e agora tem um novo projeto no agitado Soho, no centro de …

Máquina de venda automática de brindes

Máquina das bolas japonesa. As pequenas esferas de plástico guardam os detalhes de uma viagem surpresa

As máquinas de venda automática de brindes, conhecidas como gachapon no Japão, têm inovado nos últimos anos. Agora, são os detalhes de uma viagem que estão guardados nas pequenas bolas de plástico. O valor das bolas …

O Supremo dos EUA mudou as suas regras para que as juízas não fossem constantemente interrompidas

Revelação foi feita por Sonia Sotomayor, uma das três mulheres que compõe o coletivo de nove juízes e a primeira latina a chegar ao cargo. O facto de serem constantemente interrompidas em reuniões ou outros …

A candidata a primeira-ministra da Hungria, Klára Dobrev.

Num futuro sem Orbán, a oposição escolhe entre um novo conservador ou uma liberal divisiva

Os opositores de Viktor Orbán estão na dúvida quanto ao candidato para enfrentar o atual primeiro-ministro nas próxima eleições. Esta indecisão pode custar-lhes o assalto ao cargo. Viktor Orbán é um nome recorrente na política húngara. …

Nuno Melo, do CDS/PP

Nuno Melo ataca líder do CDS por anunciar sentido de voto sem consultar deputados

O candidato à liderança do CDS-PP criticou, este sábado, o atual líder do partido por ter comunicado publicamente a intenção de votar contra a proposta de Orçamento do Estado sem se ter reunido com os …

Vaticano tem três celas e um só prisioneiro. Uma onda de julgamentos pode mudar isso

Dez pessoas vão ser julgadas no Vaticano por crimes relacionados com a venda de um edifício em Londres. Visto como limitado e sombrio, o sistema judicial da cidade-estado está a mudar. Carlo Capella é o único prisioneiro …

Alexandra Leitão diz que "não há trabalhadores a mais na Administração Pública"

A ministra da Modernização do Estado assegura que não há trabalhadores a mais na Administração Pública e assume toda a abertura do Governo para negociar, "com humildade e responsabilidade", medidas adicionais às inscritas no OE2022. Em …

Start-up israelita quer fazer roupa a partir de algas

A Algaeing, criada em 2016, é uma empresa que converte as algas numa fórmula líquida, que depois pode ser usada como corante ou transformada num tecido. A indústria da moda é uma das responsáveis pelas emissões …

O antigo Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton

Bill Clinton já teve alta hospitalar e deve regressar a Nova Iorque

O ex-Presidente dos Estados Unidos deixou, neste domingo de manhã, o hospital da Califórnia onde foi internado com uma infeção, informou o chefe da equipa de médicos que o tratou. "O Presidente Clinton teve alta do …

Acordo escrito. Bloco diz que Governo "conhece bem" os pontos negociais

O Bloco de Esquerda anunciou, este domingo, que vai enviar ao Governo propostas de articulado de nove pontos negociais colocados em cima da mesa no início de setembro, aos quais declara não ter obtido resposta …