Companhia aérea russa tem lugares especiais para passageiros que se recusam a usar máscara

A companhia aérea russa Aeroflot anunciou que irá disponibilizar lugares específicos a bordo dos seus aviões para passageiros que se recusarem a usar máscaras durante a viagem.

“É extremamente importante para nós garantir a segurança de todos os passageiros”, disse Yulia Spivakova, porta-voz da transportadora aérea, num comunicado a que a CNN teve acesso.

A Aeroflot, que é a maior companhia aérea da Rússia, tem uma política que exige que os passageiros usem máscaras enquanto estão dentro do avião, a menos que estejam a comer, beber ou a trocar de máscara.

No entanto, alguns passageiros não estão a cumprir estas diretrizes. Como um avião não pode simplesmente parar no ar e expulsar um passageiro, a Aeroflot terá disponíveis lugares para viajantes que não podem ou não querem seguir a política de utilização de máscara.

Contudo, a nova conduta não exclui “a aplicação de outras medidas de responsabilidade por violação das regras para o uso de equipamentos de proteção individual a bordo”, acrescentou Spivakova.

As políticas de uso de máscaras dentro de aviões variam em todo o mundo e as companhias aéreas definem habitualmente as suas próprias regras.

A Rússia não é o único país onde os regulamentos de uso de máscaras a bordo de aviões se revelaram um problema. Nos Estados Unidos, vários incidentes deste tipo ocorreram em voos em que os passageiros se recusaram a usar máscaras.

Em julho de 2020, um voo da Southwest Airlines regressou ao Aeroporto Internacional de Denver após uma discussão entre vários passageiros. Um dos envolvidos alegava que era seu “direito constitucional” não usar máscara.

Em agosto deste ano, também a Delta Air Lines anunciou quase 250 proibições vitalícias a viajantes que se recusaram a fazer a utilização correta da máscara.

Para já, a Aeroflot não revelou se as medidas serão implementadas a longo prazo, ou se serão implementadas outras normas para passageiros que se recusem a fazer a utilização da máscara.

Ana Isabel Moura Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Reino Unido quer reconhecer animais como seres com sentimentos

O Governo britânico anunciou um amplo plano de defesa dos animais que inclui medidas como o reconhecimento dos animais como seres com sentimentos, a proibição da exportação de animais vivos e da importação de troféus …

PAN rejeita "via verde" para o Governo (e admite travar próximo Orçamento "se necessário")

O PAN não pretende oferecer “uma via verde para o Governo fazer o que bem entender” e admite mesmo travar o Orçamento de Estado "se for necessário". As palavras são da presidente do Grupo Parlamentar do …

Bloco quer administração da RTP nomeada pela Assembleia da República

O Bloco de Esquerda fez várias propostas à revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão. Do lado dos trabalhadores da RTP, a proposta foi arrasada. O Governo colocou em consulta pública, …

Decisão da insolvência da Groundforce pode demorar dois meses. Salários de maio em risco

Os salários de maio de 2400 trabalhadores da Groundforce devem ser pagos dentro de duas semanas, mas é grande a probabilidade de que isso não aconteça, à semelhança do que ocorreu em fevereiro, elevando as …

Pedro Nuno Santos garante que investimento público em redes de nova geração vai avançar

Pedro Nuno Santos garantiu, na quinta-feira, que o “investimento público” em redes de comunicações eletrónicas “vai avançar”, de forma a levar conectividade às regiões do país onde as redes das operadoras privadas não chegam. O ministro …

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …