Colégios privados receberam 66 milhões do Estado graças a “luvas”

Quatro colégios privados do grupo GPS receberam 66 milhões do Ministério da Educação, relativos a contratos de apoio financeiro do Estado, devido à alegada influência e às supostas luvas pagas ao ex-secretário de Estado adjunto e da Educação, José Manuel Canavarro, e ao antigo director regional de Educação de Lisboa, José de Almeida.

Estes dados constam do despacho de acusação do Ministério Público, no âmbito da investigação ao Grupo GPS, a que o Público teve acesso.

Entre 2005 e 2013, quatro colégios do Grupo GPS, em Mafra e nas Caldas da Rainha, receberam mais de 66 milhões de euros de fundos públicos devido à intervenção do ex-secretário de Estado adjunto e da Educação, José Manuel Canavarro, e do antigo director regional de Educação de Lisboa, José de Almeida, conforme alega o MP.

Estes dois elementos, que são arguidos por corrupção passiva na investigação judicial ao caso, terão usado os respectivos cargos públicos para beneficiar o Grupo GPS em troca de cargos remunerados.

O MP alega que José Manuel Canavarro recebeu cerca de 220 mil euros como consultor do Departamento Pedagógico do grupo, entre 2005 e 2011, e que José de Almeida amealhou mais de 68 mil euros entre 2005 e 2009.

O despacho de acusação alega que Canavarro e Almeida deram “rápido seguimento aos pedidos formulados pelos colégios GPS, para que o núcleo fundamental das decisões fosse adoptado antes de cessarem as funções exercidas”.

Os contratos de associação firmados com o Grupo GPS tiveram aval logo a seguir à dissolução do Parlamento decretada pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio, que levou à queda do Governo de Santana Lopes.

Além de Canavarro e de Almeida, são também arguidos no caso, cinco administradores do grupo GPS, designadamente António Calvete, António Madama, Manuel Madama, Fernando Catarino e Agostinho Ribeiro, que enfrentam acusações por crimes de corrupção activa.

Os cinco administradores terão usado em benefício próprio, para pagar jantares e cruzeiros, cerca de 30 milhões de euros de fundos públicos pagos pelo Estado ao Grupo GPS.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estão á espera de quê p/ prender estes LADRÕES? Devem devolver TUDo c/ JUROS. Cambada de VIGARISTAS, não lhes chega os cargos politicos ainda roubam noutras instituições. Deviamos arrumar c/ todos eles não um que seja honesto.

  2. O Estado ou os contribuintes? Se não fossem estes, onde ia o Estado conseguir dinheiro? É para este tipo de situações, que os mais desfavorecidos são ROUBADOS nos seus impostos. Para pagarem os luxos dos barrigudos e continuarem a ter uma vida à fartazana…

RESPONDER

CGD já está a cobrar comissões nos depósitos de instituições financeiras

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) já começou a cobrar comissões nos depósitos das instituições financeiras, de modo a tentar contornar a política monetária do Banco central Europeu. A intenção de cobrar comissões nos depósitos de …

Câmara de Oliveira de Azeméis pagou contas de concelhia do PSD, acusa Ministério Público

O Ministério Público (MP) deduziu esta quarta-feira acusação contra 68 arguidos no âmbito da operação “Ajuste Secreto”. Entre os acusados está o antigo autarca da Câmara de Oliveira de Azeméis Hermínio Loureiro, que é a …

PAN defende atribuição de cartão de cidadão a sem-abrigo

A iniciativa recomenda ao executivo socialista, liderado por António Costa, que seja atribuído "um cartão de identificação a todos aqueles que não têm uma casa ou um teto". O PAN apresentou na Assembleia da República um …

Governo quer criar regras especiais para alunos do profissional acederem ao Ensino Superior

O Governo quer criar um modelo de acesso específico para alunos do ensino profissional que queiram prosseguir estudos superiores, uma proposta que chegou a estar desenhada na anterior legislatura, mas que ainda não avançou. Segundo noticiou …

Menos de metade dos médicos do SNS trabalha em regime de exclusividade

Menos de metade (42,9%) dos médicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) trabalha em regime de exclusividade, avança o Jornal de Notícias, citando números da Administração Central dos Serviços de Saúde.  Segundo dados apresentados esta quinta-feira …

Grávidas e crianças até aos 10 anos não devem comer peixe-espada e atum, recomenda Espanha

A Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição publicou novas recomendações no final de outubro para o consumo de determinados tipos de pescado, nomeadamente o atum e o peixe-espada, tubarão ou cação e Lúcio. Em causa …

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …

Só o Governo prevê uma aceleração em 2020. OCDE também está pouco otimista (e deixa um conselho a Centeno)

A economia portuguesa vai abrandar nos próximos anos, segundo antecipa a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). No Economic Outlook publicado esta quinta-feira, as previsões para a economia nacional aponta para um crescimento …

Trump exige que se pare "a caça às bruxas" em reação a testemunho de embaixador

"Esta caça às bruxas deve parar agora. Tão prejudicial para o nosso país!", escreveu Donald Trump no Twitter, em reação ao testemunho do seu embaixador da União Europeia. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou …

Seis embaixadores portugueses mudam de países

Há seis embaixadores portugueses que vão mudar de cidade. O Presidente da República já assinou o decreto que rege a nomeação de novas chefias para tutelar as embaixadas de Portugal em Berlim, Madrid, Praga e …