Colégios de grupo de ex-deputado receberam quase 20 milhões do Estado

 

O grupo de ensino GPS, do ex-deputado do PS António Calvete e por onde já passaram vários ex-políticos, foi o principal beneficiário do Estado, em 2015, no âmbito dos contratos de associação, recebendo quase 20 milhões de euros.

O Ministério da Educação atribuiu 140,7 milhões de euros aos colégios privados, em 2015, destinando quase 20 milhões de euros às 14 instituições de ensino do Grupo GPS – Gestão e Participações Sociais, que têm contratos de associação com o Estado.

Os dados são divulgados pelo jornal Correio da Manhã, que revela que os colégios do grupo GPS são “o maior beneficiário do financiamento do Estado”.

O GPS, de que o ex-deputado do PS António Calvete será o principal accionista, tem recebido apoios estatais anuais que variam entre os 483 mil euros, no caso do Instituto Vasco da Gama, em Leiria, e os 3,46 milhões de euros, no caso do Colégio Miramar, em Mafra, conforme destaca o mesmo jornal.

Por este grupo já passaram vários políticos, além de António Calvete que foi membro da Comissão Parlamentar de Educação, no governo de António Guterres.

Já exerceram funções no GPS José Junqueiro, deputado do PS, Domingos Fernandes, ex-secretário de Estado da Administração Educativa do governo de Guterres, e Paulo Pereira Coelho, ex-secretário de Estado nos governos de Santana Lopes e de Durão Barroso.

Em 2014, as instalações do grupo GPS foram alvo de buscas, por parte da Polícia Judiciária, no âmbito de suspeitas de crimes de corrupção e branqueamentos de capitais.

O Expresso noticiou, na altura, que estaria em causa a “má utilização de dinheiros públicos e de tráfico de influências”, referindo em particular os casos dcolégios do GPS nas Caldas da Rainha – Rainha Dona Leonor e Frei Cristóvão.

O semanário realça que o então secretário de Estado da Administração Educativa, José Manuel Canavarro, e o director regional de Educação de Lisboa, José Almeida, terão tido “papel fundamental” para que ambos conseguissem o financiamento do Estado.

Estes dois dirigentes foram, mais tarde, contratados pelo grupo, salienta o Expresso.

Também uma reportagem da jornalista Ana Leal, da TVI, emitida pelo canal de Queluz em 2012, assinalava os laços entre o GPS e o poder político, frisando as elevadas verbas que o grupo recebia do Estado.

Além do Grupo GPS, há ainda dois grandes beneficiários dos dinheiros públicos, no âmbito dos contratos de associação.

Em 2015, os colégios do Grupo Didáxis receberam cerca de 10,9 milhões de euros e os Salesianos, que têm ligações à Igreja, tiveram direito a 6,8 milhões de euros, conforme dados do CM.

O jornal realça que estes três grupos – GPS, Didáxis e Salesianos – ficaram com cerca de 37,7 milhões de euros do financiamento do Estado pago aos 79 colégios com contratos de associação – o que dá quase 27% do “bolo”.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Os dinheiros públicos desaparecem e aos poucos ficamos a saber para onde vai.
    É pena que a culpa em Portugal morre sempre solteira e os contribuintes continuam a pagar. Alguém se anda a alimentar à nossa custa caros concidadãos. Temos que começar a perguntar por este novo subsidio, onde estão os 4,1 M Milhões de euros da CGD.

  2. Estas Noticias de facto, SÃO TODAS ORQUESTRADAS, a desinformação, como diz o Sr. Pinto Balcemão, dá muito dinheiro a ganhas aos media, pois se fizermos as contas, 20 Milhões a dividir por 14 instituições, que não sabemos quantos alunos, docentes e funcionarios têm, porque ai deixa de ser noticia, porque sento assim por mes em media cada escola recebe apenas 120.000 euros, o que pode até ser pouco, não sabemos.
    Esta vaga de Opinão contra as escolas com mais qualidade, e com melhores serviços para a comunidade escolar, parece de facto INCOMODAR muinta gente !!!! Era bom de facto reflectir porque neste pais estupido so sabemos poupar na Educação e na Saude, e será que POUPAMOS alguma coisa com isto??? Não é o que diz o TRIBUNAL DE CONTAS, pois mas esses não são politicos nem representam lobis.

    • Vai lá ver bem essa afirmação do TC porque não corresponde à verdade!
      O TC nunca afirmou tal coisa, existe um texto preliminar de apenas um dos técnicos que alerta nesse sentido. Para tua informação o corpo de técnicos ultrapassa os 30 e este foi o único com esta posição!
      vamos trazer alguma verdade ao debate e não mais confusão, ok?
      Ah e hás-de me dizer em que colégio andaste porque fazer contas não é contigo!
      Já sabemos que os alunos dos colégios têm facilidades para ter melhores notas, é publico que os professores facilitam, porque um colégio com melhores notas é mais bem conceituado. Mais valia teres andado numa escola publica!

  3. E então vem alguém que quer acabar com a mama, tenham lá os interesses instalados, a cor que tiverem e não é de aplaudir?
    Eu tiro o meu chapéu ao actual ministro!

  4. como se viu na reportagem o colégio não era para todos ,aqueles que não tinham capacidades e tinham que fazer mais investimento mandavam-nos para o publico, e nós todos a pagar, por isso tudo que se viu na reportagem por gente que sentiu na pele as atrocidades do poder, concordo que onde ah escolas publicas que se retire de imediato o apoio aos aludidos colégios

  5. Vamos passar a ter colégios para filhos de ministros e outros ricos e escolas públicas para os restantes, quanto aos milhões serão mais facilmente gastos a alimentar professores que não dão aulas e sindicatos que vivem à sombra da lei.

  6. A mama tinha que acabar e o problema dos colégios privados é esse, não é como dizem que vão deixar de prestar um serviço publico, é a mama do estado que vai acabar e muito bem!Querem ir para o privado então paguem que eu também pago!

  7. Fim ao financiamento aos privados… Viva a escola pública… Mais qualidade mais igualdade… Fora com os corruptos… se quererem privado paguem a 100% ou vão para o público!

  8. Acho uma piada a este povo valha nos Deus……..Nas manifs gritam temos direito de escolher, sim estou de acordo mas paguem porque quererem escolher um tipo de escola que dizem ser melhor á conta dos meus imposto…….. Eu cá até ja nem vou á escola….porque tenho de pagar a dos vossos filhos ? A escola publica é tao boa como as outras……assim os vossos filhos ficam a conhecer a conhecer um pouco de como é a vida de outros meninos cujas familias teem menos recursos economicos. No futuroitalvez se tornem adultos mais altruistas e menos frios e insenseveis, e assim os pais podem talvez contar com o apoio deles na velhice….. se ncrecerem apenas a pensar em estatuto social ……cuidado amigo o seu filho quando voce for velho pode se esquecer que voce andou nas manifs a lutar para ele estudar num colegio para meninos especiais e diferentes dos outros ….afinal por cá tambem há descriminação, gritada como se fosse um direito de escolha….Que Deus nos ajuda a todos.

Responder a GPS Cancelar resposta

Pandemia fez com que quase metade dos portugueses poupe menos

Quase metade dos portugueses (48%) afirma poupar menos devido ao impacto da pandemia, embora mais de um terço assuma que a crise sanitária está a ter um efeito positivo nos seus gastos, segundo um estudo …

"Ministra da Insensibilidade Social". CDS pede a demissão de Ana Mendes Godinho

O CDS criticou este sábado a reação da ministra a Solidariedade Social à morte de 18 idosos num lar em Reguengos de Monsaraz e considerou que Ana Mendes Godinho desvaloriza o impacto da pandemia nos …

Esgotos de dois milhões de portugueses monitorizados para prever segunda vaga de covid-19

Os esgotos de dois milhões de portugueses estão a ser monitorizados para detetar a eventual presença do vírus da covid-19 e prever uma nova vaga. O Jornal de Notícias avança este sábado que a análise está …

Covid-19. Mais 198 infetados e 3 mortes em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 198 casos de infeção por covid-19 e três óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico Direção-Geral da Saúde (DGS) desde …

Média já divulgaram publicidade institucional (mas Estado ainda não lhes pagou)

O Sindicato dos Jornalistas lamentou esta sexta-feira que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas …

Autoridades admitem que extrema-direita vá vigiar manifestações antifascistas de domingo

A Frente Unitária Antifascista anunciou que vai organizar no próximo domingo duas manifestações - uma Lisboa (Praça Luís de Camões) e outra no Porto (Avenida dos Aliados). O mote é a luta contra o fascismo. Estas manifestações …

Marcelo não entende por que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido (e leu os relatórios de Reguengos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações transmitidas pela RTP3, que não entende porque é que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido. Em declarações transmitidas pela RTP3 a partir de …

Estado só recuperou 21% dos créditos tóxicos do BPN

O Estado apenas recuperou 21% dos créditos tóxicos do Banco Português de Negócios, que derivaram da nacionalização da instituição bancária em 2008. Até final de 2019, o Estado só conseguiu recuperar 21% da carteira de créditos …

Novas matrículas "só" vão durar 45 anos (por causa das palavras obscenas)

O novo formato de matrículas entrou em vigor a 2 de março. As novas matrículas vão durar menos tempo do que poderiam porque não serão usadas combinações “que possam formar palavras ou siglas que se …

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …