Algumas cidades vão ter climas nunca antes vistos no planeta Terra

As alterações climáticas já são visíveis em várias regiões do globo, mas as consequências poderão ser bem mais graves a médio e longo prazo, alerta um relatório divulgado pelo jornal científico Plos One.

De acordo com o documento, citado pelo The Guardian, que analisa as 520 maiores cidades mundiais, cerca de 80% das metrópoles vão enfrentar efeitos dramáticos do aquecimento global, sublinhando por exemplo que Londres poderá ter um clima semelhante ao de Barcelona em 2050. A capital britânica deverá registar também nessa altura períodos de seca com consequências óbvias ao nível da economia e da saúde.

Também Madrid poderá registar temperaturas semelhantes às que se assinalam atualmente em Marraquexe, enquanto Estocolmo poderá ter um clima similar ao de Budapeste.

Já a capital russa poderá ter daqui a 30 anos temperaturas como as que se registam hoje em dia na capital búlgara, ao passo que Nova Iorque deverá ter um clima semelhante ao de Virginia Beach.

As cidades que se encontram atualmente nas zonas temperadas e frias no hemisfério norte vão ter um clima com as mesmas características de cidades mais próximas do Equador. Em média, as temperaturas deverão aumentar até 3,5 graus no verão e até 4,7 graus no inverno nas cidades europeias. Várias metrópoles serão atingidas por períodos de seca.

Os investigadores alertam ainda que “cerca de um quinto das cidades mundiais vão enfrentar consequências ao nível das alterações climáticas nunca antes vistas”, como será o caso de Singapura, Jacarta ou Kuala Lumpur.

“Trata-se de condições ambientais que nunca experimentámos em nenhum lugar do mundo. Isso significa que haverá novos desafios políticos, novos desafios ao nível das infraestruturas que nunca verificámos antes”, afirmou ao mesmo jornal Tom Crowther, fundador do Crowther Lab, que liderou esta investigação.

“Não estamos preparados para isto. Responder às alterações climáticas tem que começar de forma a se minimizar o seu impacto”, concluiu.

Um estudo publicado há poucos meses sugeria que, até ao ano de 2080, as cidades na América do Norte sentirão que estão a 800 quilómetros de onde estão hoje – na maioria das vezes, serão mais quentes e mais húmidas, como se todo o país existisse no sul dos EUA.

Na terça-feira, as Nações Unidas alertaram para a necessidade de os governos mundiais serem mais ambiciosos quanto ao combate das alterações climáticas até 2030. O objetivo é travar as consequências do aquecimento global e diminuir as desigualdades no mundo.

ZAP //

PARTILHAR

19 COMENTÁRIOS

  1. Normal sempre foi assim , fases de frio e de calor na vida e história deste planeta. a interferência humana é muito muito muito pouca

    • É? E as toneladas de lixo despejadas diariamente nos rios e oceanos? E o desmatamento sem medidas acabando com o eco sistema? E os milhares de animais mortos por caça predatória ou pelo desmatamento? E por ai vai.

      • Romualdo Rosa o plastico atirado ao mar vem 90% da Ásia. Já viu algum dirigente politico europeu como o Sor babucha Costa, preocupar-se com essa situacao?
        Tudo propaganda para justificar mais taxas de carbono

  2. E no hemisfério sul, e especialmente no Brasil, quais serão as condições climáticas das nossas metrópoles já bem caóticas nos dias de hoje?

  3. Venho afundando o dedo em tudo que é tecla, acho que não irei conseguir atentar para o caos que deveremos enfrentar no nosso planeta com o uso abusivo de equipamentos que nós mesmos construiremos. Como não há espaço para dizer tudo, oriento a acessarem o Facebook de Luiz Carlos Molion onde postou uma matéria que fiz. ” CRUEZA METEOROLÓGICA” de Félix Medeiros.

  4. É importante salientar que as mudanças climaticas ocorrem de eras em eras, mas desta vez, o homem tem papel fundamental na degradação do nosso planeta. É absurdo e desnecessário a produção de milhares de veiculos automotores diariamente, é poluiçao em demasia. A água boa para consumo esta ficando rara.populaçao crescendo, alimento insuficiente. Ambição em alta escala.Falta consiencia para utilização de nossos recursos . Ainda há milhares de pessoas que não acreditam em aquecimento global e mudanças climáticas.
    Poxa, comparem o clima de onde moram hoje com o de 10, 15 , 20 anos à traz. É gritante a mudança. A água esta acabando, o calor está maior. O gelo dos Andes esta diminuindo, …a Amazônia está sentindo…o planeta está desequilibrado. VAMOS ACORDAR!!!!

  5. Dá que pensar:
    O aquecimento global vai induzir a formação de mais nuvens pelo elevado índice de evaporação;
    A radiação solar vai ser refletida por esse mais denso teto de nuvens;
    Essa reflecção vai evitar temperaturas mais elevadas ao nível do solo;
    Certamente haverá mais precipitação e mais elevada, mesmo em locais onde ele é escassa atualmente;
    Mais ventos e mais violentos;
    Invernos mais curtos e mais rigorosos;
    Verões mais quentes e mais húmidos;
    … veremos…

  6. Será que ainda mais ninguém reparou que as condições climáticas extremas estão a acontecer – maioritariamente – nos países da NATO???
    Será que ainda não foi observado que actualmente os incêndios florestais continuam a acontecer – maioritariamente – nos países da NATO??
    Por favor, consultem um mapa mundial de incêndios … e observem!!
    Nós estamos no auge de uma Guerra Mundial Climática!! Os políticos e as forças armadas internacionais “andam aos tirinhos” com as Armas Climáticas…
    A GeoEngenharia Climática não é ficção!!! A Manipulação Climática é praticada mesmo, e, todos nós sentimos os seus efeitos no nosso corpo. Basta observar diretamente o céu e complementar (e confrontar!!) com as imagens de alguns satélites.
    No dia em que as práticas políticas entre “o ocidente” e “o oriente” forem de entendimento e não de agressão, forem de tolerância e não de dominação, então todos veremos como o Clima do Globo Terrestre deixará de “andar louco”….
    E se tudo o que existe é feito de átomos e o interior de cada átomo é energia pura, então os políticos deveriam estar melhor informados sobre as consequências do uso e ABUSO das Armas Climáticas.
    Com tanta onda escalar que é lançada na “Atmosfera”; com tanta reflexão dessas ondas acontecendo por todo o lado, claro que os oceanos aquecem… claro que o solo e o subsolo aquecem… claro que a massa magmática está a ser continua e bombasticamente energizada… então soltam-se os vulcões, as placas deslizam e todo o Planeta “treme”…
    Como em todas as guerras, os políticos podem refugiar-se no conforto dos ambientes climatizados enquanto que o Povo… esse, bem pode ficar ao relento, a “assar” e a “fritar”… Sim! Porque da maneira que os incêndios estão a acontecer de modo devastador, não sobrará uma única árvore para nos dar sombra…

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …