CIP propõe “almofada” pública de 8.000 milhões para resolver moratórias

Miguel A. Lopes / Lusa

António Saraiva, presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal

A Confederação Empresarial de Portugal (CIP) propôs ao Governo criar uma “almofada” de garantias públicas no valor de oito mil milhões de euros para dar poder às empresas e levar a banca a renegociar os créditos abrangidos pela moratória que expira em setembro.

Segundo a proposta, a que o Público teve acesso, para a CIP não haverá uma extensão da moratória, propondo ao Governo que negoceie com o Banco Europeu de Investimento (BEI) cobertura para concessão de garantias no valor de 5600 milhões de euros, recorrendo à linha de 200 mil milhões, já usada pela Caixa Geral de Depósitos e o BCP.

Àquele montante, juntar-se-ia mais uma nova linha de garantias, através do Banco Português de Fomento (BPF), com uma dotação de 1600 milhões de euros.

De acordo com o documento, estas garantias cobririam 90% do montante de crédito em risco elevado de default, com os restantes 10% (800 milhões de euros) a caber à banca, que poderá renegociar créditos sem o contexto da reestruturação jurídica dos empréstimos marcados como NPL (non performimg loans ou crédito em incumprimento).

Assim, seria possível conceder 24 meses de carência para as empresas que, em setembro, não estejam em condições de regressar ao pagamento e que cumpram as regras que viessem a ser definidas para este mecanismo.

Enquanto para a CIP o fim da moratória é uma bomba-relógio, o ministro da Economia admitiu que é preciso “dar mais tempo”. Ao Público e à Rádio Renascença, Pedro Siza Vieira concordou que, nos sectores mais afetados “é conveniente darmos mais tempo, espalharmos a amortização da dívida por mais anos, sermos capazes, eventualmente, de dar algum período de carência durante os primeiros tempos, dois, três anos”.

Sendo Portugal o terceiro país em que as moratórias têm maior peso em percentagem do PIB, e havendo 14% do crédito (7000 milhões de euros) classificado com risco “muito alto” e 42% (21 mil milhões) com risco alto, a CIP estima que haja cerca de 8000 milhões de euros em risco de caírem em incumprimento em outono, com um “elevado risco sistémico”.

A proposta avança com regras como o limite de duas vezes a massa salarial ou 25% do volume de negócios por empresa; limites sectoriais (170 mil euros para o mar, 140 mil para agro-alimentar e 1,14 milhões para os restantes) e com a revisão da proposta de capitalização, de transformar 20% da garantia em capital contingente a fundo perdido (a parcela do BPF), se a empresa mantiver a viabilidade e os postos de trabalho.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

"Um absurdo". Em 2424 vagas, só 2 professores com menos de 30 anos devem entrar nos quadros

O envelhecimento da carreira docente volta a fazer parte das reclamações da Federação Nacional de Professores (Fenprof), com o secretário-geral da entidade, Mário Nogueira, a revelar que, no próximo concurso de acesso aos quadros da …

Pfizer investiga pessoas vacinadas que contraíram a doença e estuda impacto da dose de reforço

A farmacêutica Pfizer vai realizar um estudo sobre um grupo de pessoas que depois de vacinadas contra o covid-19 contraíram a doença para determinar se é necessária uma dose de reforço. O anúncio sobre a investigação …

Vídeo da TAP a contratar em Espanha gera revolta. Companhia já abriu inquérito disciplinar

Numa altura em que o cenário do despedimento colectivo na TAP está na agenda política nacional, há um vídeo que revela o director de Recursos Humanos da companhia numa acção de recrutamento de trabalhadores em …

Defesa alega que Salgado tem “lapsos de memória” e “desgaste físico e emocional”

Os advogados apresentam um apanhado do que chamam do perfil psicológico do arguido, bem como as condições físicas em que atualmente se encontra. A contestação conta com 191 páginas. Tendo em conta o escrutínio público a …

"Errar é humano". Rui Moreira defende Medina das críticas (mas garante que no Porto não aconteceria algo semelhante)

Depois de Fernando Medina se ver envolvido no casos dos dados dos ativistas russos, Rui Moreira vem defender o seu homólogo dizendo que este não deverá abandonar a autarquia lisboeta. Em entrevista à TVI24, o Presidente …

"Cena de Kafka ou de Orwell". Bielorrússia exibe Protasevich em conferência de imprensa

As autoridades bielorrussas exibiram, esta segunda-feira, o jornalista Roman Protasevich, numa conferência de imprensa descrita pela oposição como uma "cena kafkiana" e realizada sob "coação". Esta segunda-feira, Roman Protasevich esteve presente numa conferência de imprensa do …

Pipa conhece interesse do Sporting e não descarta transferência

Gonzalo Ávila Gordon, mais conhecido por Pipa, tem sido observado pelo Sporting CP como opção para concorrer pelo lugar de Pedro Porro. "Vi as notícias, sei que o Sporting é o campeão português e um grande …

Fatura da luz vai aumentar já no próximo mês

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou um aumento nos preços da luz para as cerca de 954 mil famílias que são abastecidas no mercado regulado. A revisão entra em vigor a 1 de julho …

Num dia "incrivelmente positivo", Biden lançou avisos a Putin e teve uma reunião "muito boa" com a Turquia

O presidente dos EUA, Joe Biden, considerou a cimeira da NATO, realizada esta segunda-feira em Bruxelas, um dia "incrivelmente positivo", naquela que foi a sua primeira deslocação internacional desde que tomou posse. Joe Biden destacou, durante …

Portugal enfrenta a Hungria à procura de retomar onde Éder nos deixou

A seleção portuguesa de futebol inicia esta terça-feira a defesa do título no Euro2020, com o objetivo de superar a Hungria, 'outsider' do Grupo F, em Budapeste, antes dos complicados embates frente às favoritas Alemanha …