Já existiam cinco tipos de cães no final da última Era do Gelo

A diversidade canina é mais antiga do que pensávamos. Uma equipa de cientistas descobriu que já existiam cinco grupos distintos de cães no final da última Era do Gelo.

Um novo estudo sobre o perfil genético de cães ancestrais revelou a existência de, pelo menos, cinco tipos de cães há mais de 11 mil anos, no final da última Era do Gelo.

O artigo científico foi publicado na Science e elaborado por cientistas do Instituto Francis Crick, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, da Universidade de Viena, na Áustria, e por arqueólogos de mais de dez países.

Segundo o The Guardian, a equipa sequenciou o ADN de 27 fósseis de cães encontrados na Europa, no Médio Oriente e na Sibéria. Os dados revelaram que, no final da última Era do Gelo, havia pelo menos cinco variedades distintas de cães. Isto sugere que as origens dos nossos companheiros de quatro patas são ainda mais antigas do que pensávamos.

“Se olharmos para trás, mais de quatro ou cinco mil anos, podemos ver que a Europa era um lugar muito diversificado no que diz respeito a cães. Embora os cães europeus que vemos hoje tenham uma gama extraordinária de formas, derivam geneticamente de apenas um subconjunto muito restrito”, afirmou Anders Bergström, um dos autores do estudo.

Todos os grupos parecem ter descendido de um único ancestral comum, o que sugere que a domesticação pode ter ocorrido a partir de uma única população de lobos antigos.

Comparando os resultados com o ADN de cães modernos, os cientistas descobriram que raças originárias da Europa, como o pastor alemão, parecem ser descendentes de uma mistura de dois antigos grupos – do Levante e do norte da Europa.

A equipa também descobriu que, apesar de o ADN dos cães europeus ter contribuído para raças em todo o mundo, vestígios de outros grupos da Era do Gelo ainda permanecem – como os chihuahuas, uma raça com raízes no México.

Da mesma forma, o husky siberiano carrega ADN de cães europeus modernos e ADN de um grupo da Era do Gelo da Rússia.

Os cientistas também compararam a evolução dos cães relativamente às mudanças nos humanos e chegaram à conclusão que eles transportavam os seus animais enquanto migravam pelo mundo. Para Greger Larson, da Universidade de Oxford, “os cães são os nossos companheiros animais mais antigos e mais próximos”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Dupla de cientistas apresenta uma nova abordagem para reciclar plástico

Um novo estudo oferece uma abordagem totalmente nova para reciclar plástico, tendo sido inspirada na forma como a natureza naturalmente "recicla" os componentes dos polímeros orgânicos presentes no ambiente. As proteínas são um dos principais compostos …

Edição de 2021 da Web Summit recebe 40 mil participantes. Moedas como presidente não será problema

Evento, que se realiza entre 1 e 4 de Novembro, volta a decorrer em formato presencial depois de em 2020 a pandemia ter transferido as atividades para o ambiente digital. O presidente executivo da Web Summit, …

Alunos carenciados com desempenho inferior aos dos mais favorecidos

Mesmo tendo acesso a meios digitais, o desempenho dos alunos carenciados foi sempre “inferior” aos dos seus colegas oriundos de meios mais favorecidos.  Segundo noticia o Público, esta é uma das principais conclusões a que chegou …

José Rendeiro condenado a três anos e seis meses de prisão efetiva

Embaixador jubilado Júlio Mascarenhas acusa o BPP de o ter convencido a investir num produto com juros e capital garantido num momento em que o banco já atravessava sérias dificuldades. O antigo presidente do Banco Privado …

Cantor R. Kelly declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual

O cantor norte-americano R. Kelly foi esta segunda-feira declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual, após um julgamento em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América (EUA), que decorreu durante seis semanas, no qual …

"A FIFA engloba 211 países e 133 nunca estiveram num Mundial"

Arsène Wenger apresenta argumentos para defender a realização de um campeonato do mundo de dois em dois anos. O novo calendário FIFA continua a originar reacções e entrevistas. Arsène Wenger falou sobre as propostas - a …

Responsáveis do Lar do Comércio acusados por 67 crimes de maus tratos

O Ministério Público (MP) imputou 67 crimes de maus tratos, 17 deles agravados por resultarem em morte, a um ex-presidente e a uma diretora de serviços do Lar do Comércio, em Matosinhos. Num processo em que …

Sporting: espanhóis analisam o "maior" Haaland

Avançado do Borussia Dortmund apresenta recordes que, nem Messi, nem Cristiano, tinham. O Sporting entra em campo para a segunda jornada da Liga dos Campeões, diante de um Borussia Dortmund que tem no seu plantel uma …

Escola proíbe alunos de levarem almoço de casa. Ministério da Educação fala em “recomendação”

Interpretações distintas das normas emitidas pelo Ministério da Educação e a inexistência de equipamentos para aquecer as refeições em linha com as recomendações de segurança motivadas pela covid-19 podem estar na origem da decisão. Os alunos …

Autárquicas foram prova de vida para o CDS. Rodrigues dos Santos respira, Melo põe-se à espreita

Nuno Melo já se tinha colocado em posição de ataque na corrida interna, mas terá de esperar. O CDS "está vivo" e as autárquicas foram prova disso. O CDS decidiu apoiar Carlos Moedas e não se …