Pompeo admite cimeira entre Estados Unidos e Coreia do Norte ainda este ano

Donald Trump / Instagram

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e o Presidente do EUA, Donald Trump

Donald Trump e Kim Jong-un podem vir a encontrar-se ainda antes das eleições presidenciais norte-americanas, marcadas para novembro.

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Mike Pompeo, admitiu, esta quinta-feira, a hipótese de uma cimeira entre o Presidente Donald Trump e o seu homólogo da Coreia do Norte, Kim Jong-un, ainda antes das eleições presidenciais de novembro.

Sem querer comentar questões de timing sobre uma eventual cimeira entre os dois países, Mike Pompeo disse que os EUA continuam numa estratégia de “diálogo e aproximação” com a Coreia do Norte, embora reconhecendo as dificuldades diplomáticas.

Numa conferência telefónica com jornalistas estrangeiros, em que a Lusa participou, o secretário de estado norte-americano mostrou-se apreensivo com a instabilidade na península coreana criada pela estratégia de isolamento de Pyongyang, que não abre mão do seu programa de testes com armas nucleares.

“Da nossa parte, continuamos com uma estratégia de diálogo e de aproximação. Acreditamos na via diplomática para ultrapassar obstáculos”, disse Pompeo, referindo-se às manifestações de hostilidade entre as duas coreias, e não excluindo a possibilidade de uma cimeira, antes das eleições presidenciais, que se realizam a 3 de novembro.

Na terça-feira, um alto funcionário do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte disse que o seu país não tencionava retomar as negociações com os Estados Unidos e desvalorizou o papel da Coreia do Sul como mediador.

As negociações estão num impasse, após duas cimeiras entre Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, em 2018 e 2019, em que a Coreia do Norte disse apenas aceitar uma renúncia parcial ao seu programa nuclear em troca do alívio imediato das sanções impostas pelo Washington – uma pretensão rejeitada pelo presidente dos EUA.

Nas últimas semanas, vários analistas disseram que a Coreia do Norte evitará qualquer nova negociação com os EUA, preferindo continuar com a estratégia de pressão sobre a Coreia do Sul, procurando ganhar trunfos, para jogar em futuros entendimentos com os norte-americanos.

Outros analistas, referem que Pyongyang está a ganhar tempo, na expectativa de uma mudança de liderança na Casa Branca, após as eleições presidenciais. Pompeo não excluiu a possibilidade de uma nova cimeira entre Trump e Kim Jong-un, embora sem se comprometer com um calendário para esse encontro.

Não quero, por agora, comentar questões de timing. Mas posso dizer que estamos a estudar todas as possibilidades”, disse Pompeo, reconhecendo que o impasse diplomático está a provocar instabilidade na península coreana.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O Projeto Galileu quer provar a existência de aliens através da tecnologia deixada para trás

Investigadores vão centrar o seu trabalho na procura de objetos físicos associados a equipamento tecnológico extraterrestre, em oposição às pesquisas anteriores que se focaram em sinais eletromagnéticos. Um grupo de investigadores de Universidade de Harvard está …

O tesouro dos Templários pode estar escondido debaixo de uma casa em Inglaterra

Um historiador inglês alega que um edifício histórico em Burton, em Inglaterra, é onde está escondido o lendário tesouro dos Templários. Existem várias lendas sobre um tesouro que alguns templários conseguiram esconder do rei francês Filipe …

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …