Cigarros eletrónicos podem causar enfartes e depressão

Os fumadores de cigarros eletrónicos correm um risco 56% maior de ter um ataque cardíaco comparativamente com os não fumadores. Também o risco de sofrer um acidente vascular cerebral é maior cerca de 30%.

Estes são alguns dos principais dados de um novo estudo de uma equipa de cientistas da Escola de Medicina do Kansas, nos Estados Unidos, liderada Mohinder Vindyhal. Os resultados serão apresentados no próximo dia 18 de março no Congresso de Cardiologia ACC19, no estado norte-americano de Nova Orleães.

A investigação avaliou ainda dados do foro emocional, tendo concluindo que a depressão, os transtornos de ansiedade e emocionais são cerca de duas vezes mais comuns em fumadores de cigarros eletrónicos do que em não fumadores.

“Descobrimos que não importa quantas se consomem cigarros eletrónicos e, mesmo que apenas aconteça nalguns duas da semana, é mais provável que [o fumador] sofra um ataque cardíaco ou uma doença coronária”, explicou o professor de medicina.

O novo estudo refuta a corrente generalizada que sustenta que os cigarros eletrónicos representam menor perigo para a saúde, uma vez que não produzem fumo e, por isso, um menor número de toxinas do processo de combustão entra nos pulmões.

Na pesquisa, contudo, os cigarros “normais” tiveram um desempenho significativamente pior do que os cigarros eletrónicos: o risco de um ataque cardíaco foi 165% maior, assim como a probabilidade de contrair uma doença arterial coronária (94% maior) e de sofrer um acidente vascular cerebral (78% maior).

Para a investigação, Vindyhal recorreu a dados dum estudo de grande escala do Centro de Saúde dos Estados Unidos. Nesta pesquisa, 96.467 participantes responderam – em 2014, 2016 e 2018 – a várias questões sobre o seu uso ou não uso de cigarros eletrónicos. Com uma idade média de 33 anos, os consumidores de cigarros eletrónicos eram mais jovens que os fumadores de cigarros “normais”, com idade média superior a 40 anos.

Segundo os cientistas, muitos dos consumidores de cigarros eletrónicos fumaram também, muito provavelmente, tabaco no passado. Neste sentido, o aumento do número de doenças cardíacas pode também estar associada a este facto.

Os cientistas não sabem ainda se o elevado número observado de pessoas com depressão pode estar associado ao facto de os pacientes com doenças psíquicas serem mais propensos ao consumo de estimulantes. Os cientistas alertam que pode tratar-se de uma confusão entre causalidade e relação.

No entanto, Vindyhal vale-se da sua conclusão: “Até agora, pouco se sabia sobre doenças cardíacas relacionada com o uso de cigarros eletrónicos”, acrescentando que estes “dados devem despertar-nos para entrar em ação e aumentar a consciencialização sobre os perigos associados aos cigarros eletrónicos”.

PARTILHAR

RESPONDER

Rio duvida que país consiga investir verba prevista para setor público

O presidente do PSD, Rui Rio, manifestou esta quarta-feira dúvidas de que o país consiga investir toda a verba prevista pelo Governo no plano de recuperação para a administração pública, prometendo que o documento social-democrata …

MP acusa três inspetores do SEF de homicídio de imigrante ucraniano

O Ministério Público acusou esta quarta-feira três inspetores do SEF do homicídio qualificado de um cidadão ucraniano, ocorrido a 12 de março no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa. Segundo uma nota da Procuradoria …

UE prepara lei que obriga gigantes tecnológicas a partilhar dados

A União Europeia (UE) está a preparar-se para forçar as gigantes tecnológicas a partilharem os dados que têm dos consumidores com empresas rivais menores, de acordo com uma nova lei que a Comissão Europeia está …

Morreu o autor argentino Quino, criador de Mafalda

O autor argentino Quino, célebre por ter criado a contestatária personagem de banda desenhada Mafalda, morreu esta quarta-feira em Mendoza, na Argentina, aos 88 anos, revelou a agência Efe. De acordo com o jornal argentino Clarín, …

"Quem decide quem o PS apoia são os órgãos do partido", diz Pedro Nuno Santos

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, afirmou que "quem decide quem o PS apoia são os órgãos do partido", um dia após o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, ter …

Biden revelou impostos de 2019 antes do debate. Pagou mais 200 mil dólares do que Trump

O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, divulgou na terça-feira a sua declaração de impostos de 2019, horas antes do seu primeiro debate televisivo contra o republicano Donald Trump, que se viu …

IGAI. Oito elementos do SEF com processos disciplinares pela morte de ucraniano

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) vai instaurar oito processos disciplinares a elementos do SEF na sequência do inquérito que apurou as circunstâncias da morte de um cidadão ucraniano no aeroporto de Lisboa. Além dos oito …

Disney vai despedir 28 mil trabalhadores nos EUA devido ao "impacto prolongado da covid-19"

A Disney anunciou que vai despedir cerca de 28 mil trabalhadores dos seus parques de diversão, cruzeiros e outros eventos nos Estados Unidos devido à crise financeira causada pela pandemia de covid-19. A covid-19 chegou e …

OE2021: IVA gasto em alguns setores vai poder ser recuperado nas compras seguintes

O IVA suportado pelos consumidores em serviços ou produtos dos setores mais afetadas pelo impacto da pandemia vai poder ser recuperado nas compras seguintes realizadas nos mesmos setores, disse o ministro Pedro Siza Vieira. Em causa …

Temeu-se uma explosão em Paris. Mas foi "apenas" um caça a quebrar a barreira do som

Um avião militar que ultrapassou a barreira do som provocou esta quarta-feira o receio de que tivesse ocorrido uma explosão em Paris, já que o barulho foi ouvido em grande parte da capital francesa e …