Cigarros eletrónicos podem causar enfartes e depressão

Os fumadores de cigarros eletrónicos correm um risco 56% maior de ter um ataque cardíaco comparativamente com os não fumadores. Também o risco de sofrer um acidente vascular cerebral é maior cerca de 30%.

Estes são alguns dos principais dados de um novo estudo de uma equipa de cientistas da Escola de Medicina do Kansas, nos Estados Unidos, liderada Mohinder Vindyhal. Os resultados serão apresentados no próximo dia 18 de março no Congresso de Cardiologia ACC19, no estado norte-americano de Nova Orleães.

A investigação avaliou ainda dados do foro emocional, tendo concluindo que a depressão, os transtornos de ansiedade e emocionais são cerca de duas vezes mais comuns em fumadores de cigarros eletrónicos do que em não fumadores.

“Descobrimos que não importa quantas se consomem cigarros eletrónicos e, mesmo que apenas aconteça nalguns duas da semana, é mais provável que [o fumador] sofra um ataque cardíaco ou uma doença coronária”, explicou o professor de medicina.

O novo estudo refuta a corrente generalizada que sustenta que os cigarros eletrónicos representam menor perigo para a saúde, uma vez que não produzem fumo e, por isso, um menor número de toxinas do processo de combustão entra nos pulmões.

Na pesquisa, contudo, os cigarros “normais” tiveram um desempenho significativamente pior do que os cigarros eletrónicos: o risco de um ataque cardíaco foi 165% maior, assim como a probabilidade de contrair uma doença arterial coronária (94% maior) e de sofrer um acidente vascular cerebral (78% maior).

Para a investigação, Vindyhal recorreu a dados dum estudo de grande escala do Centro de Saúde dos Estados Unidos. Nesta pesquisa, 96.467 participantes responderam – em 2014, 2016 e 2018 – a várias questões sobre o seu uso ou não uso de cigarros eletrónicos. Com uma idade média de 33 anos, os consumidores de cigarros eletrónicos eram mais jovens que os fumadores de cigarros “normais”, com idade média superior a 40 anos.

Segundo os cientistas, muitos dos consumidores de cigarros eletrónicos fumaram também, muito provavelmente, tabaco no passado. Neste sentido, o aumento do número de doenças cardíacas pode também estar associada a este facto.

Os cientistas não sabem ainda se o elevado número observado de pessoas com depressão pode estar associado ao facto de os pacientes com doenças psíquicas serem mais propensos ao consumo de estimulantes. Os cientistas alertam que pode tratar-se de uma confusão entre causalidade e relação.

No entanto, Vindyhal vale-se da sua conclusão: “Até agora, pouco se sabia sobre doenças cardíacas relacionada com o uso de cigarros eletrónicos”, acrescentando que estes “dados devem despertar-nos para entrar em ação e aumentar a consciencialização sobre os perigos associados aos cigarros eletrónicos”.

PARTILHAR

RESPONDER

Jovens suspeitos de três homicídios filmaram um “testamento final” com o telemóvel antes de se suicidarem

Bryer Schmegelsky e Kam McLeod, os dois jovens de 18 e 19 anos suspeitos de três homicídios no Canadá e que foram encontrados mortos após duas semanas em fuga, terão filmado um “testamento final” com …

Em resposta a Macron, Putin diz que autoridades agiram para evitar situação igual à dos "coletes amarelos" em França

O Presidente da Rússia Vladimir Putin disse, durante um encontro com o seu homólogo francês Emmanuel Macron, que as autoridades russas agiram para garantir que as manifestações dos seus opositores permanecem dentro "da lei", evitando …

Gémeas que viviam em garagem estavam sinalizadas há seis anos

As gémeas de 10 anos que viviam numa garagem no concelho da Amadora estavam sinalizadas há seis anos pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e a sua situação conhecida pelo Ministério Público …

Afinal, duração máxima dos contratos a prazo no Estado também baixa para dois anos

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, assumiu o compromisso de emitir uma orientação aos serviços da Administração Pública para respeitarem a redução da duração máxima dos contratos a prazo de …

Turistas franceses arriscam seis anos de prisão. Roubaram areia de uma famosa praia em Itália

Um casal francês foi detido ao transportar 40 quilos da famosa areia da ilha da Sardenha, em Itália, e agora pode enfrentar até seis anos de prisão, caso a justiça italiana os considere culpados. O casal …

Pedro Dias transferido de Monsanto para Coimbra

Pedro Dias, condenado a 25 anos de prisão pelo triplo homicídio de Aguiar da Beira, distrito da Guarda, em outubro de 2016, foi transferido da prisão de segurança especial de Monsanto, em Lisboa, para o …

Após três dias de inferno, incêndio na Grã Canária começa a perder força

O incêndio florestal na ilha espanhola de Grande Canária começou esta madrugada a perder força após três dias em que esteve incontrolável, anunciou esta terça-feira o presidente, Ángel Víctor Torres. As primeiras notícias do dia sobre …

Reino Unido bane dois anúncios publicitários que promovem estereótipos de género

No Reino Unido, a Philadelphia e a Volkswagen foram as primeiras vítimas de uma lei que quer banir os preconceitos de género da publicidade. As novas regras, introduzidas no início do ano, proíbem a representação de …

Jovem julgada por dar à luz bebé morto é absolvida

Evelyn Hernández foi condenada a 30 anos de prisão por cometer homicídio agravado em 2017, depois de ter dado à luz um nado-morto na casa-de-banho. Esta segunda-feira, o tribunal de El Salvador absolveu a jovem …

Presidente da Autoridade Palestiniana demite todos os assessores

O presidente da Autoridade Nacional Palestiniana (ANP), Mahmud Abbas, demitiu esta segunda-feira todos os seus assessores, indicou o seu gabinete sem dar pormenores, enquanto analistas atribuíram a decisão às dificuldades orçamentais daquele órgão provisório de …