Cientistas usam ultrassons para despertar paciente em coma

Um paciente de 25 anos a recuperar de uma coma está a fazer grandes progressos depois de um tratamento inovador que usa ultrassom para fazer despertar o cérebro.

Investigadores da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, estão a testar pela primeira vez um tratamento num paciente em coma que está a despertar a curiosidade da comunidade científica.

O método, que usa estimulação sonora de baixa intensidade para ativar os neurónios do tálamo, está a ser testado num homem de 25 anos que, até agora, tem feito grandes progressos.

A técnica consiste em ativar um dispositivo, do tamanho de um pires de café, que emana certos níveis de energia e pode ser direcionado a várias regiões para estimular o tecido cerebral.

“É quase como se estivéssemos a reiniciar os neurónios para que estes voltem a funcionar”, afirma Martin Monti, líder da pesquisa e professor de psicologia e neurocirurgia da UCLA.

“Até hoje, a única maneira de o conseguir era através de um procedimento cirúrgico arriscado, conhecido como estimulação cerebral profunda, em que os elétrodos são implantados diretamente no tálamo. A nossa abordagem visa diretamente o tálamo mas não é invasiva“, explica.

Os investigadores estão já muito satisfeitos com os primeiros resultados, agora publicados na revista científica Brain Stimulation, mas advertem que ainda são necessários estudos mais aprofundados sobre este método.

“É possível que até tenhamos tido sorte e tenhamos estimulado este paciente ao mesmo tempo que ele já recuperava de forma espontânea”, sugere Monti, destacando a importância de fazer mais testes.

Esta é a primeira vez que a técnica, criada por Alexander Bystritsky, professor de psiquiatria e ciências comportamentais da mesma universidade, está a ser testada.

Para a investigação, a equipa colocou o dispositivo ao lado da cabeça do paciente e ativou-o dez vezes, durante 30 segundos, num período de 10 minutos.

Antes do procedimento, o paciente mostrava sinais mínimos de estar consciente e de compreensão da fala – por exemplo, só conseguia executar pequenos e limitados movimentos quando lhe era solicitado. No dia a seguir ao tratamento, as suas respostas melhoraram de forma significativa.

Três dias depois, o paciente já tinha recuperado total consciência e a compreensão da linguagem, acenando “sim” ou “não” com a cabeça. Conseguiu até acenar para se despedir de um dos médicos.

Os investigadores querem agora testar o mesmo dispositivo em mais pacientes em coma.

ZAP / Hypescience

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …