Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus.

Em entrevista à agência russa RIA Novosti, na última sexta-feira, Alexánder Dmítriev, diretor do Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, disse que os estudos pré-clínicos desta vacina comestível já estão em andamento e podem ser concluídos dentro de um ano.

De acordo com o canal estatal russo RT, os cientistas adiantaram que este fármaco terá um sabor parecido ao da “riazhenka”, um produto de leite fermentado que é muito tradicional neste país e na Ucrânia.

Em declarações à mesma agência, Alexánder Suvórov, chefe do departamento de Microbiologia Molecular e do laboratório de Genética Molecular de Patógenos do mesmo instituto, destacou que tanto as vacinas injetáveis como as comestíveis conduzem à formação de uma resposta imune.

“Durante a criação da vacina contra a covid-19, um fragmento do genoma do coronavírus sintetizado é incorporado no genoma da bactéria. Como resultado desta modificação genética, a bactéria produz a proteína do coronavírus que, por sua vez, garante que o nosso organismo produz uma resposta imunológica”, explicou.

“Ou seja, numa linguagem mais simples, isto quer dizer que as bactérias modificadas geneticamente em forma de pó são despejadas, por exemplo, num tanque com leite e, aproximadamente num dia, obtém-se um produto já pronto que não precisa de ser limpo de impurezas. Só fica a faltar ser embalado”, acrescentou.

O especialista também quis reforçar que o seu instituto tem uma vasta experiência no desenvolvimento de vacinas à base de probióticos, bactérias vivas com as quais se fabricam laticínios fermentados.

Tal como recorda o RT, este instituto já possui uma grande variedade de vacinas semelhantes contra a gripe e bactérias como a pneumococo e os estreptococos.

No entanto, a equipa de investigadores alerta que este novo fármaco não deve ser visto como uma resposta fácil para pôr fim à pandemia.

“Estamos a avançar com muito cuidado para evitar uma situação em que qualquer novo produto médico comece a ser percebido como uma panaceia que irá salvar a Humanidade”, advertiu Suvórov.

Em março, também foi noticiado que uma farmacêutica israelo-americana e uma empresa indiana estão a trabalhar em conjunto para desenvolver aquela que poderá ser a primeira vacina em forma de comprimido contra a covid-19.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Bo, o cão de água português de Barack Obama

Bo, o cão de água português que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, adotou em 2009 morreu este domingo com 13 anos, em consequência de um cancro, anunciou o político nas redes sociais. O cão …

Futuro pós-vacinação entre reforço de dose, controlo de variantes e medicamentos

A incerteza sobre a duração da imunidade das vacinas contra a covid-19 deixa o futuro do combate à doença entre o reforço da vacinação, a monitorização de novas variantes e o desenvolvimento de terapêuticas alternativas, …

Presidente da República promulga Carta de Direitos Humanos na Era Digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou este sábado a Carta de Direitos Humanos na Era Digital, aprovada em abril na Assembleia da República, segundo uma nota divulgada no site da Presidência. A lei, …

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …