Cientistas ressuscitam um urso de água congelado há 33 anos

Uma equipa de cientistas japoneses conseguiu ressuscitar um exemplar de urso de água encontrado congelado, há 30 anos, no Polo Sul, anunciou o Instituo Nacional de Investigação do Japão, NIPR.

Em comunicado, o NIPR anunciou ter ressuscitado um exemplar de tardigrado, popularmente conhecido como urso de água, que tinha sido encontrado em amostras de musgo obtidas em novembro de 1983 perto da base polar japonesa de Showa, na Antártida Oriental.

O tardigrado é um extremófilo, animal capaz de sobreviver em situações extremas, no vácuo do espaço e em temperaturas abaixo de zero, e é considerado “o animal mais resistente do mundo“.

Em 2007, a Agência Espacial Europeia, ESA, enviou mesmo 3.000 tardigrados para o espaço, durante 12 dias, tornando-os os primeiros animais a sobreviver à exposição ao espaço sideral.

O tardigrado consegue adaptar o seu metabolismo às condições ambientes, diminuindo ou aumentando o seu ritmo, o que lhe permite viver num grande num intervalo de temperaturas que vai desde os -20ºC até aos 100º, e suportar condições extremas de pressão e de radiação.

Este animal microscópico de oito patas, pertencente ao filo dos artrópodes, recebeu a alcunha de urso de água devido à sua aparência e forma de caminhar.

Ressuscitado 33 anos depois

A equipa de cientistas do NIPR iniciou em março de 2014 o processo de descongelamento do tardigrado encontrado há 33 anos, tendo conseguido fazê-lo “regressar à vida”.

Segundo o jornal japonês The Asahi Shimbun, a equipa de cientistas encontrou na amostra de musgo colhida em Showa dois exemplares e um ovo de tardigrado, tendo conseguido descongelar um dos animais e o ovo.

Depois de ressuscitado, o animal começou a movimentar-se e a comer normalmente, tendo posto 19 ovos – dos quais 14 eclodiram.

O processo de ressuscitação usado pela equipa de cientistas foi descrito num artigo, publicado na revista Cryobiology.

O animal encontrava-se em criptobiose, um estado de latência que assegura a sobrevivência em ambientes extremos. Para tal, o tardigrado desidratou-se e entrou em hibernação.

Já tinha sido possível “ressuscitar” animais congelados, mas nunca antes um animal tinha ficado mais de nove anos congelado no gelo.

“Queremos descobrir o mecanismo que permite a estes animais reparar estragos no seu DNA”, disse ao Asahi o principal autor do estudo, Megumu Tsujimoto, investigador do NIPR.

O descongelamento deste exemplar vai agora permitir aos cientistas estudar o processo de  hibernação que lhe permitiu ser ressuscitado ao fim de 30 anos — algo que pode vir a ser muito útil ao Homem no futuro, por exemplo em viagens interplanetárias de longo curso.

AJB, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Malta Files permitiu ao Fisco recuperar milhões. Rui Pinto diz que foi um dos denunciantes

O pirata informático assumiu, esta quinta-feira, ter sido um dos denunciantes dos Malta Files, que permitiu ao Fisco identificar cidadãos e empresas portugueses que se aproveitaram do regime fiscal maltês para pagar menos impostos. "De acordo …

Há 5 anos que aparecem maços de notas nas ruas de uma aldeia inglesa (e ninguém sabe porquê)

Os residentes de uma aldeia inglesa andam a descobrir maços de notas nas ruas desde 2014. Um mistério que, até agora, ninguém conseguiu explicar. Mas há várias teorias e uma envolve o Pai Natal! O dinheiro …

Em 2018, só nove crianças foram colocadas em famílias de acolhimento

Apenas nove crianças tiveram uma medida de proteção em regime de acolhimento familiar em 2018, sendo que quase todas as crianças sinalizadas pelas comissões de menores ficaram na família, a maioria junto dos pais. De acordo …

Militar da GNR diz que droga apreendida na "casinha" era da Juve Leo

Decorreu, esta quinta-feira, a terceira sessão do julgamento da invasão à academia do Sporting, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. O militar da GNR João Oliveira admitiu hoje, em tribunal, que a posse da …

Continental vai acabar com 5500 empregos em todo o mundo até 2028

A alemã Continental vai suprimir 5.500 empregos no mundo até 2028, num contexto de abrandamento conjuntural e de queda da procura por motores a combustão, anunciou esta quarta-feira o fornecedor automóvel germânico. Com o objetivo de …

Tailândia. Exploração sexual de mulheres e crianças denunciados no primeiro discurso do Papa

O Papa Francisco denunciou esta quinta-feira que "mulheres e crianças estão particularmente vulneráveis, violentados e expostos a toda a forma de exploração, escravatura, violência e abuso", na primeira intervenção proferida na Tailândia, um dos destinos …

Forças de segurança ameaçam com nova manifestação a 21 de janeiro

As associações de profissionais da PSP e da GNR que se concentraram junto ao Parlamento, esta quinta-feira, anunciaram um novo protesto para 21 de janeiro, caso o Governo não atenda às suas reivindicações. O anúncio foi feito …

Mortes por cancro do pâncreas duplicaram em Portugal nos últimos 25 anos

As mortes por cancro do pâncreas mais do que duplicaram em Portugal nos últimos 25 anos, correspondendo a um aumento médio anual de 3%, revela um estudo esta quinta-feira divulgado pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia …

Bebé que foi encontrado no lixo já teve alta hospitalar

O bebé que foi encontrado num ecoponto, perto de Santa Apolónia, em Lisboa, já recebeu alta hospitalar e será agora entregue a uma família de acolhimento. O recém-nascido que foi encontrado num ecoponto, em Lisboa, recebeu …

Procurador-geral de Israel acusa Netanyahu em três casos de corrupção

O primeiro-ministro israelita em funções foi acusado, esta quinta-feira, de fraude, suborno e abuso de confiança em três casos de corrupção. O procurador-geral de Israel, Avichaï Mandelblit, acusou hoje o primeiro-ministro em funções, Benjamin Netanyahu, de …