Cientistas ressuscitam um urso de água congelado há 33 anos

Uma equipa de cientistas japoneses conseguiu ressuscitar um exemplar de urso de água encontrado congelado, há 30 anos, no Polo Sul, anunciou o Instituo Nacional de Investigação do Japão, NIPR.

Em comunicado, o NIPR anunciou ter ressuscitado um exemplar de tardigrado, popularmente conhecido como urso de água, que tinha sido encontrado em amostras de musgo obtidas em novembro de 1983 perto da base polar japonesa de Showa, na Antártida Oriental.

O tardigrado é um extremófilo, animal capaz de sobreviver em situações extremas, no vácuo do espaço e em temperaturas abaixo de zero, e é considerado “o animal mais resistente do mundo“.

Em 2007, a Agência Espacial Europeia, ESA, enviou mesmo 3.000 tardigrados para o espaço, durante 12 dias, tornando-os os primeiros animais a sobreviver à exposição ao espaço sideral.

O tardigrado consegue adaptar o seu metabolismo às condições ambientes, diminuindo ou aumentando o seu ritmo, o que lhe permite viver num grande num intervalo de temperaturas que vai desde os -20ºC até aos 100º, e suportar condições extremas de pressão e de radiação.

Este animal microscópico de oito patas, pertencente ao filo dos artrópodes, recebeu a alcunha de urso de água devido à sua aparência e forma de caminhar.

Ressuscitado 33 anos depois

A equipa de cientistas do NIPR iniciou em março de 2014 o processo de descongelamento do tardigrado encontrado há 33 anos, tendo conseguido fazê-lo “regressar à vida”.

Segundo o jornal japonês The Asahi Shimbun, a equipa de cientistas encontrou na amostra de musgo colhida em Showa dois exemplares e um ovo de tardigrado, tendo conseguido descongelar um dos animais e o ovo.

Depois de ressuscitado, o animal começou a movimentar-se e a comer normalmente, tendo posto 19 ovos – dos quais 14 eclodiram.

O processo de ressuscitação usado pela equipa de cientistas foi descrito num artigo, publicado na revista Cryobiology.

O animal encontrava-se em criptobiose, um estado de latência que assegura a sobrevivência em ambientes extremos. Para tal, o tardigrado desidratou-se e entrou em hibernação.

Já tinha sido possível “ressuscitar” animais congelados, mas nunca antes um animal tinha ficado mais de nove anos congelado no gelo.

“Queremos descobrir o mecanismo que permite a estes animais reparar estragos no seu DNA”, disse ao Asahi o principal autor do estudo, Megumu Tsujimoto, investigador do NIPR.

O descongelamento deste exemplar vai agora permitir aos cientistas estudar o processo de  hibernação que lhe permitiu ser ressuscitado ao fim de 30 anos — algo que pode vir a ser muito útil ao Homem no futuro, por exemplo em viagens interplanetárias de longo curso.

AJB, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Polícia de Nova Iorque de origem tibetana acusado de espiar ao serviço da China

Um polícia nova-iorquino originário do Tibete foi acusado de espionagem pelas autoridades norte-americanas por, supostamente, ter recolhido para o Governo chinês informações sobre a comunidade tibetana em Nova Iorque. De acordo com a acusação das autoridades …

Football Leaks. PJ desconhecia acesso das autoridades francesas às provas

O inspetor da PJ, José Amador, revelou, esta terça-feira, que esta polícia não teve conhecimento do acesso das autoridades francesas às provas apreendidas a Rui Pinto durante a sua detenção na Hungria. Na quinta sessão do …

Aldeões ajudam tropas indianas que enfrentam militares chineses nos Himalaias

Cerca de 100 residentes da vila de Chushul atravessam o território indiano de Ladakh para chegar a um pico dos Himalaias conhecido como Black Top, a uma altitude de mais de 4500 metros, levando suprimentos …

Detido na Rússia líder religioso que diz ser a reencarnação de Jesus

O líder religioso, que diz ser a reencarnação de Jesus, foi detido, na Rússia, esta terça-feira, durante uma operação especial. De acordo com as imagens divulgadas pelo jornal The Guardian, vários agentes da polícia, armados e …

Covid-19: Universidade de Coimbra tem novo programa de rastreio aleatório para alunos e docentes

A Universidade de Coimbra (UC) preparou um Plano de Prevenção e Protocolo de Atuação para garantir o regresso às aulas em segurança para alunos, professores, docentes e comunidade. "Tendo em conta a situação pandémica que estamos …

Jogador substituído aos 14 segundos

Substituição insólita foi realizada na primeira divisão da Estónia. Jovem nem tocou na bola. Jogo da 21.ª jornada do campeonato nacional da Estónia, primeira divisão. O FCI Levadia recebe o JK Nõmme Kalju e vence por …

"Ato que nenhum fim pode justificar". Vaticano critica a aceitação mundial da eutanásia

Através de um novo documento, o Vaticano condenou a disseminação da aceitação internacional da eutanásia e do suicídio assistido, inclusive em alguns países tradicionalmente católicos da Europa. O Vaticano referiu no documento publicado hoje - e …

Facebook teme sair da Europa caso não possa transferir dados para os EUA

A Comissão de Proteção de Dados irlandesa propôs que os dados dos cidadãos europeus não possam sair do continente. O Facebook diz que não sabe como poderá continuar a prestar os seus serviços na Europa …

O guarda-redes do Chelsea é o melhor em quê? "Em cometer erros"

Kepa alvo de críticas fortes. Frank Lampard confirmou a chegada de mais um guarda-redes, proveniente de França. O Chelsea volta a ser notícia por causa do mercado e volta a ser notícia por causa de um …

Promotores assumem pela primeira vez que Trump pode ser investigado por fraude fiscal

O gabinete do procurador do distrito de Manhattan, que tem travado uma batalha legal com o Presidente dos Estados Unidos (EUA) para obter as suas declarações de impostos, sugeriu na segunda-feira, pela primeira vez, que podia …