Cientistas portugueses descobrem como controlar a divisão celular

sweejak / Flickr

-

Uma equipa do IBMC, o Instituto de Biologia e Imunologia Molecular, da Universidade do Porto, liderada por Hélder Maiato, descobriu um novo mecanismo de controlo da divisão celular que promete “revolucionar o nosso conhecimento sobre a vida e como ela se transmite”.

O trabalho, publicado esta quinta-feira na edição online da Science, foi totalmente desenvolvido em Portugal, e descreve “um novo ponto de controlo na divisão das células”. Todos os passos da divisão celular são sequenciais e só se inicia um novo passo se o anterior se desenrolar com sucesso.

“Estas transições são reguladas pelos denominados pontos de controlo, uma espécie de posto fronteiriço”, revela o estudo.

Os autores demonstraram que “a região central das células em divisão é capaz de medir a posição dos cromossomas, estabelecendo assim um novo paradigma no controlo da divisão celular”.

O mecanismo agora revelado funciona como “uma ‘régua’ que atrasa um dos últimos passos da divisão celular – a formação dos novos núcleos – para garantir que os cromossomas se distribuem corretamente entre as células filhas”.

d.r. FCG

Hélder Maiato, investigador do IBMC/UP

Hélder Maiato, investigador do IBMC/UP

A equipa de Hélder Maiato procurava compreender os mecanismos que garantem que nenhum dos cromossomas fica fora dos núcleos que se formam na fase final da divisão celular.

Hélder Maiato considera que “perceber a divisão celular permite descodificar uma base comum essencial para a vida de todos os organismos, com fortes implicações para a saúde humana”.

Mas o que move Hélder Maiato é a compreensão dos processos biológicos ditos fundamentais, com o argumento de que “só depois de os compreendermos é que será possível controlá-los”.

Por esse motivo, considera “muito gratificante” o interesse da Science por este trabalho em concreto, que “trata a descoberta pela descoberta, sem qualquer pretensão de aplicação à saúde humana”.

Para o investigador, desenvolver um trabalho desta natureza e nesta altura, quando “a palavra de ordem é crescimento económico”, só é possível com “a liberdade financeira e conceptual que o European Research Council (ERC) permite”.

Esta organização europeia concede financiamento que pode ir até seis anos e que valoriza a excelência na investigação, dando tempo para que projetos de elevado risco e de retorno imprevisível, mas com maior potencial de revolucionar uma área de conhecimento, sejam possíveis.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Voo humanitário para o Brasil chegou a custar mais de 1.350 euros

O Público avança que o bilhete de um "voo humanitário" da TAP para o Brasil estava a ser vendido por 837 euros no início desta terça-feira. Horas depois, os "últimos lugares" estavam a ser disponibilizados …

Afinal, grupo de trabalho para a vacinação no Parlamento não vai existir

Afinal, ao contrário do que foi avançado esta terça-feira, o grupo de trabalho que devia coordenar o processo de vacinação dos deputados não vai existir. A Assembleia da República esclareceu esta tarde, em comunicado, que não …

Novo estudo indica que coronavírus pode sobreviver na roupa até 72 horas

De acordo com um estudo britânico, o novo coronavírus pode sobreviver na roupa ao longo de até 72 horas. Os especialistas alertam que pode ainda ser transferido da roupa para outras superfícies. Um estudo da universidade …

Polícia espanhola apreende 387 quilos de cocaína em navio chegado do Brasil

A polícia espanhola apreendeu 387 quilos de cocaína no porto de Santa Cruz de Tenerife, nas ilhas Canárias, numa inspeção feita a um camião que viajava num navio chegado do Brasil. O Ministério do Interior (Administração …

SEF detém suspeito de auxiliar pessoas a emigrar ilegalmente para a Irlanda

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, na segunda-feira, um cidadão europeu por suspeitas da prática do crime de auxílio à imigração ilegal. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, em Lisboa, um cidadão …

Afinal, primeira morte por covid-19 na Europa foi na Sérvia

Um trabalhador da construção civil morreu de covid-19 em fevereiro de 2020 em Belgrado, 10 dias antes de outra pessoa ter morrido em França, podendo ter sido afinal a primeira morte pela doença no continente, …

Vacina da Johnson & Johnson considerada eficaz pelos Estados Unidos

O regulador norte-americano, a Food and Drug Administration, aprovou a vacina produzida pela Johnson & Johnson para utilização de emergência em todo o país. A vacina de dose única da Johnson & Johnson contra a covid-19 …

Banco de Portugal alerta sobre investimento em Bitcoin e outras criptomoedas

O Banco de Portugal (BdP) lançou esta quarta-feira um novo aviso aos consumidores sobre os riscos relativos ao investimento em bitcoin e outras criptomoedas, devido à "recente volatilidade observada nos preços de determinados ativos virtuais". "Não …

Sismo de magnitude 5,7 perto da capital da Islândia

O epicentro do terramoto, registado às 10:05 (mesma hora em Lisboa), situa-se perto do Monte Keilir, na Islândia. Um sismo de magnitude 5,6 abalou esta manhã o sudoeste da Islândia, incluindo a capital, Reiquejavique, sem vítimas …

Portugal terá de pedir mais fundos a Bruxelas, diz Durão Barroso

O antigo primeiro-ministro e antigo presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, acredita que Portugal terá de pedir mais fundos a Bruxelas, considerando que a crise será mais grave que o que está atualmente previsto. Em entrevista …