Cientistas podem ter descoberto por que Beethoven ficou surdo

Ludwig van Beethoven começou a notar dificuldades de audição em 1798, com 28 anos. Com 44 ou 45, estava totalmente surdo. Aos 56 anos, o músico morreu e, até hoje, ainda não se sabe com certeza o que causou a surdez do artista.

Ao longo dos últimos séculos, especialistas em medicina têm tentado descobrir o que causado a perda de audição de Beethoven. Alguns sugeriram doença de Paget, com base na sua autópsia. Outras possibilidade passavam por otosclerose, marcada pelo crescimento ósseo incomum no ouvido, sífilis terciária, envenenamento por metais pesados, lúpus, febre tifóide e sarcoidose.

No entanto, nenhuma condição sugerida nos últimos 200 anos conseguia explicar perfeitamente todos os sintomas relatados por Beethoven.

Agora, de acordo com a revista Forbes, um grupo de otorrinolaringologistas, especialistas em doenças do ouvido, nariz e garganta, de Itália, encontraram uma nova pista que pode apontar para a origem da perda auditiva de Beethoven.

Em 2018, os médicos atenderam uma paciente numa clínica na cidade italiana de Padua cujos sintomas pareciam assemelhar-se aos sintomas de Beethoven. Tal como o compositor, a sua audição começou a diminuir e tinha alguns sintomas adicionais que correspondiam aos relatos de problemas de saúde de Beethoven no início da sua vida, como fraqueza geral e dor abdominal.

No caso da paciente, a causa dos seus problemas foi facilmente encontrada: o seu sangue e urina continham níveis excecionalmente altos de chumbo. Durante anos, a italiana usou uma panela velha que constantemente libertava chumbo na comida após o desgaste da camada de cerâmica. Quando iniciou o tratamento para remover o chumbo do corpo – e parou de usar essa panela -, a maioria dos sintomas melhorou, embora a sua perda auditiva fosse irreversível.

Assim, de acordo com o estudo publicado na revista cientifica The Laryngoscope, a perda auditiva de Beethoven pode ter sido causada por envenenamento por chumbo. Não é uma sugestão incomum porque, em 2005, uma análise das amostras de cabelo e crânio de Beethoven mostrou que tinha altos níveis de chumbo no corpo.

Na época, os investigadores especularam que poderia estar relacionado com um cálice de chumbo do qual ele bebia regularmente ou com o vinho barato que bebeu durante vários anos. No tempo de Beethoven, o chumbo era adicionado a alguns vinhos para melhorar o seu sabor.

Embora haja evidências de que Beethoven tinha chumbo no corpo, isso não significa necessariamente que tenha sido isso que causou a perda auditiva. No entanto, algumas das suas outras doenças, como dores abdominais, desapareceriam quando parava de beber, assim como os sintomas da paciente de 2018 desapareceram depois de deixar de estar exposta ao chumbo.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Entre o "contributo singular" de João Ferreira e a "onda liberal" de Mayan, Marisa Matias assume derrota

Marisa Matias foi uma das grandes derrotadas da noite de eleições presidenciais, ficando-se pelo quinto lugar, atrás de João Ferreira, o candidato do PCP. Já Tiago Mayan Gonçalves ficou no sexto lugar, à frente de …

Ana Gomes aponta o dedo a Costa e à esquerda e diz que travou Ventura sozinha

Ana Gomes considera que a sua candidatura conseguiu travar "a progressão da extrema direita" quando os partidos de esquerda se preocuparam apenas com as suas "agendas políticas". No rescaldo da reeleição de Marcelo Rebelo de …

De diferentes cidades, mas com o mesmo nome. Quatro estranhos chamados Paul O'Sullivan formaram uma banda

A banda Paul O'Sullivan apresenta Paul O'Sullivan no baixo, guitarra, bateria e voz. Porém, não é uma banda de um homem só. Cada membro é um músico diferente com o mesmo nome: Paul O'Sullivan. "Uma noite, …

Ventura celebrou "noite histórica", demitiu-se do Chega e avisou o PSD

André Ventura começou por assinalar a "noite histórica" face aos resultados que obteve nas eleições presidenciais 2021. Mas como ficou em 3º lugar, atrás de Ana Gomes, anunciou a demissão do Chega. "Fiquei aquém dos 15% …

Região italiana da Lombardia esteve confinada durante uma semana por engano

A Lombardia, coração económico do norte de Itália, foi confinada e classificada como zona vermelha por engano durante uma semana, devido a estatísticas erradas sobre covid-19, e só ontem um decreto governamental retificou a situação. Devido …

Rio destaca "esmagamento da esquerda" e pede a Marcelo para ser "um bocadinho mais exigente"

"A marca mais forte" destas eleições presidenciais é "a derrota do PS". A análise é de Rui Rio, presidente do PSD, que fala do "esmagamento da esquerda" e da "vitória do candidato do centro", apelando …

Há uma nova explicação para o facto de bebés amamentados terem sistemas imunitários mais saudáveis

Um novo estudo realizado por investigadores da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, descobriu que o leite materno promove o crescimento de importantes células imunitárias que ajudam a controlar eventuais inflamações. De acordo com o site …

PS diz que Marcelo deve vitória aos socialistas (e cobra-lhe apoio em tempos difíceis)

"A democracia venceu na primeira volta e o extremismo de direita foi derrotado". É desta forma que o presidente do PS, Carlos César, comenta os resultados das eleições presidenciais ganhas por Marcelo Rebelo de Sousa, …

"Liberdade para a Dinamarca". Novos incidentes em manifestação contra restrições

Uma manifestação contra as restrições impostas para conter a pandemia, organizada por um grupo radical, em Copenhaga, originou novos incidentes na noite de sábado e resultou em cinco detenções, relataram a polícia e os meios …

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …