Cientistas japoneses querem perfurar a Terra até atingir o manto terrestre

Um grupo de investigadores de vários países, liderado pela Agência Japonesa para a Ciência e Tecnologia Marítimo-Terrestre – JAMSTEC, declarou esta semana que pretende ser o primeiro a perfurar o manto da Terra.

Os cientistas explicaram que “esperam descobrir informações sobre a formação da Terra e da crosta terrestre”. Os trabalhos estão agendados para o início de 2020 e vão envolver o navio científico de perfuração japonês Chikyu.

Segundo o The Japan News, a Agência Japonesa para a Ciência e Tecnologia Marítimo-Terrestre irá conduzir um estudo preliminar nas águas do Havai e em algumas zonas do México e Costa Rica.

O manto representa mais de 80% da massa total da Terra e fica 10 km abaixo do fundo do oceano. “Será necessário usar soluções técnicas capazes de resistir às altas temperaturas que encontraremos, que excedem os 250 °C”, explica a equipa de cientistas.

Ao mesmo tempo, será necessário um sistema de apoio logístico para permanecer no sítio de perfuração durante todo o período”, explicam os cientistas do grupo.

“Os avanços tecnológicos beneficiarão sem dúvida o Japão, a Terra e a ciência“, acrescenta a JAMSTEC.

(dr) The Yomiuri Shimbun

Plano japonês para perfurar o manto da Terra

Plano japonês para perfurar o manto da Terra

“A criação de um tubo leve e resistente para perfurar 6 km abaixo do mar sempre foi um desafio”, disse a JAMSTEC.

“No entanto, “a perfuração é agora possível do ponto de vista técnico, em parte graças ao surgimento de novos materiais”, acrescenta a agência.

“Outro problema é o custo”, diz Susumu Umino, professor da Universidade de Kanazawa e especialista em petrologia.

Os pesquisadores estimam que o orçamento para este projecto seja de 60 mil millhões de ienes – cerca de 5 mil milhões de euros.

O manto é a camada da estrutura da Terra (e dos planetas com composição similar) que fica directamente abaixo da crosta, prolongando-se em profundidade até ao limite exterior do núcleo.

O manto terrestre estende-se desde cerca de 30 km de profundidade (podendo ser bastante menos nas zonas oceânicas) até aos 2 900 km abaixo da superfície (transição para o núcleo). A pressão na parte inferior do manto atinge um valor equivalente a 1.400.000 atmosferas.

O manto difere da crosta pelas suas características de composição química e de comportamento mecânico, que se traduzem numa alteração súbita nas propriedades físicas dos materiais.

Esta alteração súbita ficou conhecida por descontinuidade de Mohorovičić, ou simplesmente Moho, em homenagem a Andrija Mohorovičić, o geofísico que a descobriu. A descontinuidade de Mohorovičić marca a fronteira entre a crosta e o manto.

Depois de nos anos de 1970-80 ter sido abandonado o projecto Mohole, que pretendia fazer uma perfuração que atingisse a descontinuidade de Mohorovičić, estava prevista para 2007 nova tentativa – desta vez utilizando o navio japonês Chikyu, que tentou sem sucesso perfurar 7.000 metros na crusta oceânica.

O mesmo Chikyu terá agora uma nova oportunidade de perfurar a crusta terrestre, e chegar audaciosamente onde nenhum homem jamais esteve.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E se estivessem quietinhos? Ainda vão originar algum cataclismo. Quando se rasga um pano a tendência é para que o rasgão aumente.

    • precisamente. Mas fazer o quê ? Estes tipos com a sua curiosidade um dia metem toda a gente num buraco sem retorno (ainda mais do que o atual).

RESPONDER

Nicotina contribui para cancro do pulmão formar metástases no cérebro

A nicotina, uma substância não carcinogénica presente no tabaco, contribui para que o cancro no pulmão se dissemine no cérebro, formando metástases, concluiu um estudo publicado na revista Journal of Experimental Medicine. Uma equipa de investigadores …

Nas montanhas suíças, há quartos de hotel sem paredes nem teto

Dois artistas concetuais suíços criaram sete "quartos de hotel" ao ar livre, sem paredes nem teto, mas com vistas para as montanhas da Suíça e de Liechtenstein. A dupla suíça, os irmãos gémeos Frank e Patrik …

Risco de segunda vaga de covid-19 é alto em França

Um estudo publicado esta sexta-feira revela que a chamada "imunidade de grupo" está longe de ser alcançada em França. O risco de uma segunda vaga de covid-19 em França é "extremamente elevado", de acordo com um …

Desvendado mistério das cartas censuradas entre a rainha Maria Antonieta e o seu suposto amante

A natureza da relação entre a rainha Maria Antonieta e o conde sueco Axel de Fersen continua a intrigar os historiadores há mais de um século. Eram realmente amantes? Agora, graças a uma nova análise …

Ministra do Madagáscar afastada por querer gastar 1,8 milhões em rebuçados para disfarçar sabor de "Covid-Organics"

A ministra da Educação do Madagáscar foi destituída esta quinta-feira, depois de ter proposto gastar 1,8 milhões de euros em rebuçados, para distribuir em escolas e atenuar o sabor de uma infusão para a covid-19. A …

Santa Clara 3-2 SC Braga | Açorianos estreiam-se na nova casa com vitória sobre os minhotos

O Santa Clara venceu hoje o Sporting de Braga por 3-2, em jogo da 25.ª jornada da I Liga de futebol em que se assinalou também a estreia da Cidade do Futebol como palco de …

O maior e mais antigo monumento Maia já conhecido foi descoberto no México

O maior e mais antigo monumento já conhecido construído pela civilização Maia, batizado como Aguada Fénix, foi encontrado no sudeste do México. De acordo com o site New Scientist, o Aguada Fénix é uma enorme …

Twitter bloqueia vídeo de campanha de Donald Trump com tributo a George Floyd

O Twitter bloqueou um vídeo de tributo a George Floyd feito pela campanha de reeleição do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A rede social colocou um rótulo no vídeo da página da conta @TeamTrump, dizendo …

Depois da covid-19, poder haver uma outra doença respiratória à nossa espera

Com o desconfinamento, vamos gradualmente regressando ao normal, mas agora possivelmente com um novo inimigo. A doença dos legionários pode estar escondida nos edifícios que deixamos para trás. Surtos globais de coronavírus forçaram o encerramento de …

Apple está a seguir iPhones roubados das lojas durante os protestos nos EUA

Os iPhones que têm sido roubados das lojas da Apple durante os protestos contra a violência policial, nos Estados Unidos, foram desativados e estão a ser seguidos pela empresa. De acordo com a revista Newsweek, as …