Cientistas japoneses querem perfurar a Terra até atingir o manto terrestre

Um grupo de investigadores de vários países, liderado pela Agência Japonesa para a Ciência e Tecnologia Marítimo-Terrestre – JAMSTEC, declarou esta semana que pretende ser o primeiro a perfurar o manto da Terra.

Os cientistas explicaram que “esperam descobrir informações sobre a formação da Terra e da crosta terrestre”. Os trabalhos estão agendados para o início de 2020 e vão envolver o navio científico de perfuração japonês Chikyu.

Segundo o The Japan News, a Agência Japonesa para a Ciência e Tecnologia Marítimo-Terrestre irá conduzir um estudo preliminar nas águas do Havai e em algumas zonas do México e Costa Rica.

O manto representa mais de 80% da massa total da Terra e fica 10 km abaixo do fundo do oceano. “Será necessário usar soluções técnicas capazes de resistir às altas temperaturas que encontraremos, que excedem os 250 °C”, explica a equipa de cientistas.

Ao mesmo tempo, será necessário um sistema de apoio logístico para permanecer no sítio de perfuração durante todo o período”, explicam os cientistas do grupo.

“Os avanços tecnológicos beneficiarão sem dúvida o Japão, a Terra e a ciência“, acrescenta a JAMSTEC.

(dr) The Yomiuri Shimbun

Plano japonês para perfurar o manto da Terra

Plano japonês para perfurar o manto da Terra

“A criação de um tubo leve e resistente para perfurar 6 km abaixo do mar sempre foi um desafio”, disse a JAMSTEC.

“No entanto, “a perfuração é agora possível do ponto de vista técnico, em parte graças ao surgimento de novos materiais”, acrescenta a agência.

“Outro problema é o custo”, diz Susumu Umino, professor da Universidade de Kanazawa e especialista em petrologia.

Os pesquisadores estimam que o orçamento para este projecto seja de 60 mil millhões de ienes – cerca de 5 mil milhões de euros.

O manto é a camada da estrutura da Terra (e dos planetas com composição similar) que fica directamente abaixo da crosta, prolongando-se em profundidade até ao limite exterior do núcleo.

O manto terrestre estende-se desde cerca de 30 km de profundidade (podendo ser bastante menos nas zonas oceânicas) até aos 2 900 km abaixo da superfície (transição para o núcleo). A pressão na parte inferior do manto atinge um valor equivalente a 1.400.000 atmosferas.

O manto difere da crosta pelas suas características de composição química e de comportamento mecânico, que se traduzem numa alteração súbita nas propriedades físicas dos materiais.

Esta alteração súbita ficou conhecida por descontinuidade de Mohorovičić, ou simplesmente Moho, em homenagem a Andrija Mohorovičić, o geofísico que a descobriu. A descontinuidade de Mohorovičić marca a fronteira entre a crosta e o manto.

Depois de nos anos de 1970-80 ter sido abandonado o projecto Mohole, que pretendia fazer uma perfuração que atingisse a descontinuidade de Mohorovičić, estava prevista para 2007 nova tentativa – desta vez utilizando o navio japonês Chikyu, que tentou sem sucesso perfurar 7.000 metros na crusta oceânica.

O mesmo Chikyu terá agora uma nova oportunidade de perfurar a crusta terrestre, e chegar audaciosamente onde nenhum homem jamais esteve.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E se estivessem quietinhos? Ainda vão originar algum cataclismo. Quando se rasga um pano a tendência é para que o rasgão aumente.

    • precisamente. Mas fazer o quê ? Estes tipos com a sua curiosidade um dia metem toda a gente num buraco sem retorno (ainda mais do que o atual).

RESPONDER

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …