Cientistas já sabem como vão detetar vida alienígena em planetas muito distantes

NASA / JPL-Caltech

Ilustração do possível aspeto do sistema TRAPPIST-1 a partir de um ponto de vista próximo do planeta TRAPPIST-1f (direita).

Na tentativa de descobrir a existência da vida extraterrestre ou, pelo menos, a habitabilidade de exoplanetas, astrónomos costumam analisar uma série de dados, incluindo a posição no sistema estelar (a chamada “zona habitável”), bem como indícios de água no estado líquido e composição da superfície planetária.

Essa missão, no entanto, fica um pouco mais complicada quando esses planetas estão muito distantes da Terra, a milhares e milhares de anos-luz.

Agora, uma equipa de investigadores publicou um estudo no Science Advances no qual explica uma maneira mais eficiente de detetar a vida extraterrestre em planetas extremamente distantes, simplesmente através da análise dos gases da sua composição.

No documento, Joshya Krissansen-Totton, da Universidade de Washington, sugere que basta procurar por misturas específicas de substâncias na atmosfera dos planetas para suspeitar que ali haja algum tipo de vida.

Segundo o portal norte-americano BGR, ao analisar meticulosamente várias misturas de gases na atmosfera terrestre, e considerando que a vida noutros planetas poderia ser formada sem oxigénio, a equipa acredita que uma mistura de gases de forma desenfreada noutras atmosferas pode indicar a presença de vida.

“É muito difícil produzir muito oxigénio sem vida. Mesmo que a vida seja comum no cosmos, não temos ideia se existirá vida que produza oxigénio, já que a bioquímica da produção de oxigénio é muito complexa e pode ser bastante rara”, explicou o cientista.

Com isso em mente, a ideia é que planetas sem vida teriam nas suas atmosferas misturas previsíveis de gases, mas se detetarmos um planeta onde os gases estejam em desequilíbrio, esse pode ser um indício da existência de vida, ainda que muito diferente da terrestre.

Entre os desequilíbrios específicos já previstos pelos cientistas, está a presença de metano e dióxido de carbono, mas com ausência de monóxido de carbono. Esse seria um cenário indicativo de algum tipo de vida no planeta em questão.

ZAP // CanalTech

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Esqueçam o oxigénio. Exceptuando o Planeta Terra, nem todos os seres vivos de outros Planetas necessitam de oxigénio para viver. Existem seres de outros planetas que não conseguem respirar na nossa atmosfera e vice versa. Para isso, existem equipamentos específicos para ultrapassar essa incapacidade 😉

  2. Pois, só nesses planetas distantes, porque depois vem a desculpa que é muito longe, não deu pra bater a foto, mas batem outras coisas. E nunca se vê nada.

RESPONDER

Plataformas de streaming passam a ter de pagar 1% do seu lucro ao Estado

As plataformas de streaming passam a pagar uma taxa, após a proposta de lei ser aprovada esta sexta-feira, na Assembleia da República. Serviços como a Netflix, a HBO Portugal ou a Disney +, passam a …

Porto 1-0 Gil Vicente | Dupla Shoya-Evanilson embala “dragão”

Difícil, mas justo. O FC Porto recebeu o Gil Vicente numa noite chuvosa no Dragão, dominou claramente até aos 75 minutos – altura em que Zaidu foi expulso – e venceu por 1-0. Um resultado …

O novo recurso da Google encontra qualquer música. Basta cantarolar, assobiar ou cantar

Na semana passada, a gigante tecnológica da Google lançou uma versão atualizada da aplicação que ajuda a encontrar qualquer música que esteja presa na sua cabeça - mas que não saiba o nome. Com a nova …

Pintura de Jacob Lawrence desaparecida há 60 anos foi encontrada em Nova Iorque

Uma visitante do Met, nos Estados Unidos, descobriu o paredeiro do quadro desaparecido de Jacob Lawrence. A mulher associou o quadro a um pendurado na sala de estar dos seus vizinhos, suspeitando que poderia fazer …

Fezes ancestrais ajudam a descobrir como o microbioma afeta a nossa saúde

Um novo estudo, realizado em Israel e na Letónia, analisou fezes ancestrais e comparou-as com o nosso microbioma para tentar descobrir pistas sobre as doenças modernas. A equipa de investigadores, que trabalhou enterrada até aos joelhos …

Santa Clara 1-2 Sporting | “Leão” mostra POTEncial nas ilhas

Ao final da tarde deste sábado, o Sporting venceu o Santa Clara por 2-1, num duelo a contar para a 5ª jornada da Liga NOS que decorreu no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada. …

Robô ultrarrealista pode vir a substituir os golfinhos em cativeiro em parques temáticos

A empresa de engenharia Edge Innovations, com sede em São Francisco, Estados Unidos, projetou e construiu um golfinho-robô que se parece e age quase exatamente como um. Nadando ao redor da piscina enquanto um grupo de …

PCP avisa: Abstenção é “apenas e só” para discutir o OE2021

O secretário-geral do PCP avisou este sábado que a abstenção anunciada pelo partido visa "apenas e só" fazer passar o Orçamento do Estado de 2021 a "outra fase de discussão" e recusou estar garantido um …

Convento medieval encontrado sob parque de estacionamento em Inglaterra

Uma equipa de arqueólogos britânicos encontrou um convento medieval, há muito perdido, debaixo de um parque de estacionamento em Inglaterra. Há muito que os arqueólogos britânicos especulavam sobre a potencial localização de um antigo convento medieval, …

Virgin Galactic leva cientista planetário ao Espaço pela primeira vez

O norte-americano Alan Stern será o primeiro a realizar experiências científicas financiadas pela NASA, a bordo de uma aeronave comercial da empresa espacial privada Virgin Galactic. A NASA revelou a semana passada que o cientista planetário …