Cientistas intrigados com o mais antigo DNA humano, encontrado em fóssil em Espanha

DR Kennis&Kennis / Madrid Scientific Films

Os hominídeos da "Sima de los Huesos" viveram no que hoje é o norte de Espanha, há 400.000 anos (foto: d.r. Kennis&Kennis / Madrid Scientific Films)

Os hominídeos da “Sima de los Huesos” viveram no que hoje é o norte de Espanha, há 400.000 anos (foto: d.r. Kennis&Kennis / Madrid Scientific Films)

O material genético, ou DNA, de um homem primitivo, de 400 mil anos, foi reconstituído a partir de um osso encontrado em espanha, na gruta “Sima de los Huesos”, divulgou a revista Nature.

Trata-se do fóssil humano mais antigo onde foi encontrado DNA até agora. O genoma revelado corresponde ao de um fémur com 400 mil anos, encontrado em Atapuerca, no norte de Espanha.

De acordo com a Nature, só em solo gelado tinha sido possível, anteriormente, recuperar DNA com esta antiguidade, mas não era humano. A equipa de investigadores do complexo arqueológico de Atapuerca e do Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva, de Leipzig, na Alemanha, refere que as particulares condições da gruta “Sima de los Huesos” permitiram a conservação excepcional de ossos humanos.

A gruta “Sima de los Huesos”, Património da Humanidade, é considerada a maior jazida de fósseis humanos do Pleistoceno Médio, com cerca de 500 mil a 120 mil anos.

Além de ossadas de animais, foram descobertos na gruta pelo menos 28 esqueletos completos de hominídeos, ainda que os seus ossos se encontrem muito fragmentados, dispersos e misturados.

Fémur encontrado na gruta "Sima de los Huesos" (foto: d.r. Matthias Meyer / Nature)

Fémur encontrado na gruta “Sima de los Huesos” (foto: d.r. Matthias Meyer / Nature)

Neanderthal ou Denisova?

A ausência de mutações mais recentes no genoma permitiu aos cientistas estimar que o hominídeo, ao qual pertencia o fémur encontrado, tinha pisado solo espanhol há 400 mil anos.

A anatomia do fóssil fez inicialmente crer aos investigadores, liderados pelo antropologista  Matthias Meyer,  que seria de um exemplar dos primeiros Neanderthal. Mas o DNA sequenciado revelou tratar-se na realidade de um hominídeo do ramo Denisova. Até agora, os Homens de Denisova só tinham sido encontrados na Sibéria.

O facto de o DNA do Homem de Sima partilhar um antepassado com o Homem de Denisova em vez de um Neanderthal intriga os cientistas, uma vez que os fósseis encontrados apresentam caracteristicas físicas smelhantes às dos Neanderthal.

Segundo Mathias Meyer, “dada a idade do fóssil, as parecenças com os Neanderthal e os traços Denisova no DNA, é provável que o Homem de Sima seja descendente de população ancestral comum tanto aos Neanderthal como aos Homens de Denisova.

Árvore de linhagens da espécie humana (imagem: d.r. Smithsonian)

Árvore de linhagens da espécie humana (imagem: d.r. Smithsonian)

ZAP/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Consumo de proteínas e laticínios pode ajudar a reduzir risco de diabetes

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes. A diabetes é um problema de saúde …

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …

David guardou uma pedra durante anos pensando que era ouro. Afinal, era bem mais raro que isso

Em 2015, David Hole estava a explorar Maryborough Regional Park, perto de Melbourne, na Austrália. Com um detetor de metais, descobriu algo fora do comum: uma rocha avermelhada muito pesada que repousava em argila amarela. Maryborough …

Quadro roubado por soldado nazi é devolvido a museu de Florença

O quadro de natureza-morta tinha sido roubado do museu por um soldado nazi como um presente para a sua esposa. Agora, o quadro foi devolvido ao museu pelos alemães. Um soldado nazi em retirada de Itália …