Cientistas utilizam IA para criar antibiótico que mata até as bactérias mais resistentes

herraez / Canva

Investigadores norte-americanos utilizaram mecanismos de inteligência artificial para criar um poderoso, capaz de matar algumas das bactérias resistentes mais perigosas do mundo.

Segundo informou o Guardian, este fármaco atua de maneira diferente dos antibacterianos existentes, tendo os testes já realizados comprovado que o mesmo elimina uma variedade de bactérias resistentes, incluindo dois tipos que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica como “críticos”.

“Em termos de descoberta de antibióticos, é absolutamente a primeira vez” que é feito algo do género, disse Regina Barzilay, investigadora e especialista em ‘machine learning’ no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos (EUA).

Para James Collins, bioengenheiro da equipa do MIT, este “é um dos antibióticos mais poderosos já descobertos”. “Tem uma atividade notável contra uma ampla gama de agentes patogénicos resistentes a antibióticos”, acrescentou.

A resistência aos antibióticos surge quando as bactérias sofrem mutações e evoluem para contornar os mecanismos que os fármacos utilizam para matá-las. Caso não se criem novos antibióticos até 2050, a cada ano, 10 milhões de pessoas podem estar em risco devido a infeções.

Para encontrar novos antibióticos, os cientistas criaram um algoritmo de ‘deep learning’ que identifica os tipos de moléculas que matam bactérias. Recorreram depois ao um programa que fornece dados sobre as características atómicas e moleculares de quase 2.500 medicamentos e compostos naturais, bem como a sua atuação perante as bactérias.

Assim que o algoritmo aprendeu quais as características moleculares que produziam bons antibióticos, os cientistas “soltaram-no” numa biblioteca que contém mais de seis mil compostos sob investigação para o tratamento de várias doenças humanas.

O algoritmo concentrou-se em compostos que pareciam eficazes, mas diferentes dos antibióticos existentes, aumentando a probabilidade de os medicamentos funcionarem de novas maneiras, às quais os insetos ainda não têm resistência.

Jonathan Stokes, o primeiro autor do estudo, disse que demorou algumas horas para o algoritmo avaliar os compostos e apresentar antibióticos promissores. Um desses, que denominaram “halicina”, foi utilizado pelos investigadores para tratar inúmeras infeções resistentes aos medicamentos. O composto foi originalmente desenvolvido para tratar a diabetes, mas caiu no esquecimento antes de chegar à clínica.

Testes em bactérias coletadas em pacientes mostraram que a halicina é capaz de destruir, entre outras, a bactéria ‘Mycobacterium tuberculosis’, que causa a tuberculose.

Para desenvolver novos medicamentos, a equipa recorreu a um banco de dados digital, que contém cerca de 1,5 mil milhões de compostos. Três dias depois de iniciar, o programa criou uma lista de 23 antibióticos.

De acordo com Jonathan Stokes, seria impossível rastrear todos os 107 milhões de compostos pela via convencional e testá-las em laboratório. “Ser capaz de realizar essas experiências no computador reduz drasticamente o tempo e o custo de análise desses compostos”, frisou.

Regina Barzilay quer agora usar o algoritmo para encontrar antibióticos que sejam mais seletivos, buscando eliminar as bactérias que causam a infeção e não as que são saudáveis ​e vivem no intestino.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Veneno de tarântula pode ser benéfico no tratamento de dores viscerais

Uma equipa de investigadores australianos identificou dois peptídeos do veneno da tarântula, que podem ajudar a aliviar dores em órgãos do sistema digestivo. Há algum tempo que os cientistas investigam a funcionalidade do veneno em doenças, …

Cientistas propõem reciclar beatas de cigarro para fazer tijolos

Os cientistas afirmam que se apenas 2,5% dos tijolos produzidos em todo o mundo, anualmente, incluíssem 1% de beatas, seria possível reciclar todas as pontas de cigarro a nível global. Um grupo de investigadores da Escola …

Taxa de natalidade desce quase um terço em cidade chinesa

As autoridades chinesas reconheceram oficialmente que a taxa de nascimentos em Xinjiang, cidade situada no noroeste da China, desceu quase um terço em 2018, comparada com o ano anterior. De acordo com a CNN, o governo …

Dynetics revela o módulo lunar do programa Artemis (incluindo o interior)

A empresa norte-americana Dynetics revelou, no dia 15 de setembro, um modelo em escala real do módulo lunar especialmente projetado para levar os astronautas da NASA à Lua já em 2024, como parte do programa …

Polícia de Nova Iorque de origem tibetana acusado de espiar ao serviço da China

Um polícia nova-iorquino originário do Tibete foi acusado de espionagem pelas autoridades norte-americanas por, supostamente, ter recolhido para o Governo chinês informações sobre a comunidade tibetana em Nova Iorque. De acordo com a acusação das autoridades …

Football Leaks. PJ desconhecia acesso das autoridades francesas às provas

O inspetor da PJ, José Amador, revelou, esta terça-feira, que esta polícia não teve conhecimento do acesso das autoridades francesas às provas apreendidas a Rui Pinto durante a sua detenção na Hungria. Na quinta sessão do …

Aldeões ajudam tropas indianas que enfrentam militares chineses nos Himalaias

Cerca de 100 residentes da vila de Chushul atravessam o território indiano de Ladakh para chegar a um pico dos Himalaias conhecido como Black Top, a uma altitude de mais de 4500 metros, levando suprimentos …

Detido na Rússia líder religioso que diz ser a reencarnação de Jesus

O líder religioso, que diz ser a reencarnação de Jesus, foi detido, na Rússia, esta terça-feira, durante uma operação especial. De acordo com as imagens divulgadas pelo jornal The Guardian, vários agentes da polícia, armados e …

Covid-19: Universidade de Coimbra tem novo programa de rastreio aleatório para alunos e docentes

A Universidade de Coimbra (UC) preparou um Plano de Prevenção e Protocolo de Atuação para garantir o regresso às aulas em segurança para alunos, professores, docentes e comunidade. "Tendo em conta a situação pandémica que estamos …

Jogador substituído aos 14 segundos

Substituição insólita foi realizada na primeira divisão da Estónia. Jovem nem tocou na bola. Jogo da 21.ª jornada do campeonato nacional da Estónia, primeira divisão. O FCI Levadia recebe o JK Nõmme Kalju e vence por …