Cientistas querem saber tudo sobre os mexericos

Desde há muito tempo que os mexericos são comuns na nossa sociedade. A partir do momento em que confidenciamos alguém uma determinada informação, nunca sabemos se essa pessoa será capaz de guardar segredo ou se a vai divulgar com outras pessoas.

Nas estratégias de marketing acontece um fenómeno semelhante. Várias pessoas recomendam-nos um serviço ou produto antes de o comprarmos e, daí em diante, recomendá-lo nós próprios a outras pessoas.

Assim sendo, as bisbilhotices têm sido alvo de estudo há muito tempo, tentando compreender os sistemas sociais. Foi com este pressuposto que investigadores da Universidade de Illinois, em Chicago, estão a estudar a disseminação de doenças infeciosas e de informação.

Os resultados da investigação — disponíveis online no arXiv desde o mês passado — podem também ajudar, por exemplo, empresas de marketing a chegar um determinado público alvo.

“Mostramos que se você exigir que diferentes pessoas lhe digam alguma coisa antes de começar a assumir a informação como um facto, então a propagação da história será muito mais lenta, e alcançará uma proporção muito menor da população”, explicou a autora correspondente do estudo, Laura P. Schaposnik.

Schaposnik e a sua equipa de cientistas descobriu, assim, que apesar de não conseguirem travar a propagação de mexericos, podem controlá-la de certa forma, “exigindo que haja alguma confiança presente”.

De acordo com o Tech Explorist, os cientistas sugeriram um cenário hipotético para comprovar a utilidade do modelo: uma sociedade de 10 mil pessoas, na qual cada uma delas era democrata, republicana, independente ou politicamente agnóstica. Nesta situação, se uma pessoa ouvisse e acreditasse num mexerico de três pessoas, independentemente do tipo, na maioria das vezes as bisbilhotices iriam propagar-se mais rapidamente.

No entanto, se exigíssemos que três pessoas de diferentes orientações políticas nos contassem o rumor, “inicialmente, 250 pessoas precisariam de acreditar no mexerico até ele se espalhar para metade da sociedade ou mais”, explicou Schaposnik.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Marcelo não se pronuncia sobre pedidos de demissão de Cabrita

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recusou pronunciar-se sobre os pedidos de demissão de Eduardo Cabrita. Marcelo Rebelo de Sousa entende que os pedidos de demissão de ministros são "típicos da luta político-partidária" e …

TAP vai pedir a insolvência da Groundforce

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, disse esta segunda-feira aos representantes dos trabalhadores que a TAP vai avançar com um pedido de insolvência da Groundforce. A TAP anunciou esta segunda-feira que vai avançar, ainda hoje, com …

Ida de Luís Filipe Vieira para o Benfica "foi um pedido de várias instituições financeiras"

Luís Filipe Vieira diz que os bancos quiseram, no início dos anos 2000, que fosse para o SL Benfica devido à sua situação financeira, pois estavam interessados na sua viabilização. Aos deputados, o presidente das …

Alemanha autoriza vacina da Johnson & Johnson a menores de 60 anos

A Alemanha recomenda a vacina da Johnson & Johnson (Janssen) contra o novo coronavírus a partir dos 60 anos, mas permitirá o seu uso em pessoas abaixo desta idade após consulta médica e decisão pessoal. O …

Livatino é o primeiro juiz a ser beatificado. Foi morto pela máfia italiana

A Igreja Católica beatificou este domingo o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Rosario Livatino, que hoje teria 69 anos, foi assassinado em 21 de setembro de 1990 …

Castelo do Drácula oferece vacinas contra a covid-19 aos visitantes

O castelo do Drácula, na Roménia, está a oferecer vacinas contra a covid-19 a todos os que o visitem. Nas ilhas Baleares, os turistas vão poder contar com um seguro de repatriamento. Segundo conta a BBC, …

Trabalho ilegal. Bloco propõe alteração à lei para criminalizar "toda a cadeia"

Catarina Martins anunciou, esta segunda-feira, que o Bloco de Esquerda quer alterar a lei de 2016 para garantir uma melhor fiscalização e condenação dos responsáveis pela exploração de trabalhadores em Portugal. Em Odemira, a coordenadora do …

Laos regista primeira morte por covid-19 desde o início da pandemia

Uma mulher de 53 anos - que tinha diabetes e outros problemas de saúde - foi a primeira vítima mortal por covid-19 em Laos, em mais de um ano de pandemia. Segundo noticiou a agência …

Arábia Saudita vai impor vacinação aos funcionários que queiram voltar ao local de trabalho

A Arábia Saudita quer alcançar a imunidade de grupo o quanto antes. Para aumentar os esforços de vacinação, foram abertos mais de 580 locais de vacinação no país. Além disso, os residentes já podem reservar …

Elon Musk revela que tem síndrome de Asperger

O empresário Elon Musk, de 49 anos, revelou este fim de semana, no Saturday Night Live (SNL), que tem síndrome de Asperger. Musk foi convidado para apresentar o Saturday Night Live - um papel cobiçado que …