Cientistas dizem que o cheiro da comida pode fazê-lo engordar

SXC

-

Um estudo da Universidade de Berkeley, na Califórnia, revela que o cheiro da comida tem um efeito no metabolismo dos humanos, podendo ser um dos factores que faz engordar.

“Este artigo é um dos primeiros estudos que realmente demonstra que se manipularmos as entradas olfativas conseguimos alterar a forma como o cérebro percebe o equilíbrio energético e regular esse equilíbrio”, afirmou Céline Riera, do Centro Médico de Cedars-Sinai, em Los Angeles.

Os especialistas realizaram uma experiência na qual utilizaram a terapia genética para destruir os neurónios olfactivos nos narizes de três camundongos adultos, de modo a que os animais que perdessem temporariamente a habilidade de cheirar.

Depois, foi possível observar que os animais obesos que perderam o sentido olfactivo também perderam peso. Para além disso, os camundongos com um olfacto “melhorado” ficaram ainda mais gordos do que aqueles com o olfacto normal.

O estudo publicado na revista Cell Metabolism aponta para uma ligação entre o sistema olfactivo e partes do cérebro que regulam o metabolismo, especificamente o hipotálamo, embora os circuitos neurais ainda sejam desconhecidos.

Apesar de não conseguirem explicar esta ligação, os cientistas sugerem que o cheiro da comida “avisa” o cérebro da refeição que a pessoa vai comer, pondo o metabolismo em modo de descanso e fazendo com que se armazene mais gordura.

Os cientistas observaram ainda que as cobaias e os seres humanos são mais sensíveis aos cheiros quando estão com fome do que após terem comido, por isso “a falta de cheiro pode fazer com que o corpo pense que já comeu“.

“Os sistemas sensoriais têm um papel fundamental no metabolismo. O aumento de peso não ocorre apenas devido às calorias consumidas, também está relacionado à forma como as calorias são entendidas”, disse o principal autor do estudo, Andrew Dillin.

No entanto, a perda de cheiro dos camundongos foi acompanhada por um grande aumento nos níveis da hormona Noradrenalina, que é uma resposta ao stress ligada ao sistema nervoso simpático. Nos seres humanos, o aumento desta hormona pode provocar um ataque cardíaco.

“Se conseguirmos validar este fenómeno em humanos, talvez possamos criar algum tipo de medicamento que não interfere com o olfacto, mas que bloqueia os circuitos metabólicos. Isso seria incrível”, destacou Dilin.

Segundo o especialista, também poderá ser possível “impedir o olfacto” de certas pessoas durante alguns meses e deixar que os neurónios olfatórios voltem a crescer depois de o metabolismo estar regulado.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Parvoíce mesmo… Parece que não têm nada de mais interessante e útil para investigar, como por exemplo o uso de intensificadores de sabor em tudo o que é comida processada (já para não falar de quem usa e abusa dos “caldos knorres” ) e como isso afeta a química do cérebro. Talvez desvendassem muitos mistérios da engorda.

      E também uma pessoa sem cheiro não consegue sentir o sabor da comida, logo, não tem tanto gosto ao comer… E o engordar também depende dos metabolismos únicos de cada pessoa. Há aquelas que dizem que até com água engordam. Vá-se lá saber…

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …