Cientistas detetam ADN de espécie humana desconhecida em ilhas do Pacífico Sul

Um grupo de cientistas americanos descobriu ADN de uma espécie humana desconhecida em Melanésios, os habitantes que vivem em locais como Papua-Nova Guiné, Fiji e Ilhas Salomão.

De acordo com os especialistas, a espécie provavelmente não é Neandertal ou Denisovan, mas sim um terceiro tipo que ainda não foi identificado.

“Ou estamos a deixar passar ao lado uma população ou não estamos a conseguir entender as suas relações”, destacou Ryan Bohlender, geneticista na Universidade de Texas, nos EUA.

Ryan Bohlender e a sua equipa têm investigado o ADN de hominídeos extintos que ainda hoje está presente nos seres humanos modernos.

Os cientistas acreditam que há 100 mil anos atrás os nossos ancestrais migraram de África e estabeleceram o primeiro contacto com outra espécie hominídea que habitava na Eurásia – o que deixou marcas na nossa espécie, com variantes de ADN neandertal nos genomas de Europeus e Asiáticos.

Apesar de relação dos humanos com os neandertais ser conhecida, a nossa interação com o hominídeo de Denisova ainda é pouco clara porque, até hoje, os cientistas apenas encontraram ossos de dedos e alguns dentes numa caverna da Sibéria em 2008.

Os especialistas afirmam que os europeus e os chineses apresentam quantidades semelhantes de ADN Neandertal (2,8%), enquanto que os habitantes da Europa não têm qualquer traço da espécie Denisovan e os chineses têm apenas 0,1%.

Já os Melanésios têm apenas 1,11% de ADN Denisovan, muito menos do que era esperado (6%).

A nova descoberta vem sustentar a existência de um terceiro grupo de hominídeos que pode ter contactado com os antepassados dos habitantes das ilhas do oceano Pacifico Sul.

Os autores do estudo, apresentado num encontro da American Society of Human Genetics,no Canadá, analisaram o ADN de 83 australianos aborígenes e 25 habitantes de Papua-Nova Guiné.

A análise revelou que o ADN desses grupos era muito semelhante ao dos Denisovans, mas apresentava uma distinção suficiente para sugerir que alguns traços genéticos podem ter vindo de um terceiro hominídeo, ainda não identificado.

Esta hipótese ainda terá de ser muito estudada antes de ser comprovada, mas os cientistas indicam que as nossas interações com os ancestrais são bem mais complexas do que aparentam.

ZAP / Hypescience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vai ser possível ver auroras boreais a partir de um balão de ar quente

A agência Off The Map Travel vai lançar em dezembro de 2020 o primeiro balão de ar quente. O objetivo é levá-lo a ver auroras boreais do céu. As auroras boreais são já um verdadeiro espetáculo …

Nova tecnologia militar aquece as mãos em temperaturas negativas sem luvas

Cientistas do exército norte-americano criaram uma tecnologia capaz de aquecer as mãos dos soldados em baixas temperaturas sem serem necessárias luvas. Se completar uma tarefa do dia-a-dia com luvas pode revelar-se complicado, imagine-se tentar recarregar uma …

Os animais começaram a fazer sons para poderem conversar no escuro

O reino animal está cheio de diferentes vocalizações. A produção sonora apareceu há entre 100 milhões e 200 milhões de anos e a sua origem está fortemente ligada à vida no escuro. Os vertebrados são animais …

O novo líder do CDS reclama uma nova direita (e quer um partido "sexy")

Francisco Rodrigues dos Santos sagrou-se este domingo o 10º presidente do CDS, reclamando no seu discurso de vitória a herança de todos os seus antecessores, desde o fundador, Freitas do Amaral, a Assunção Cristas. O tom …

Paços 0 - 2 Benfica | “Águia” não vacila e passa pressão

O Benfica foi a Paços de Ferreira vencer por 2-0, colocando pressão sobre o FC Porto, segundo classificado, que na próxima terça-feira recebe o Gil Vicente. A formação “encarnada” foi superior na maioria dos principais momentos …

Governo reabre processo para corrigir mapa das freguesias

O Governo reabriu o processo para a correção ao mapa de freguesias, num compromisso com as associações de municípios e de freguesias, anunciou o secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho. “Iremos retomar …

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …