Cientistas desligam autofagia dos neurónios e aumentam longevidade em 50%

Niharb / Flickr

A inibição neuronal do complexo de nucleação da autofagia prolongou o tempo de vida dos vermes C. elegans

Aumentar a esperança de vida actual em 50%? Sim, aparentemente isso é possível, concluiu uma equipa de cientistas alemães.

Investigadores do Instituto de Biologia Molecular de Mainz, na Alemanha, acabam de anunciar uma importante  descoberta na compreensão da origem do processo de envelhecimento.

Em experiências realizadas com vermes C. elegans em laboratório, os cientistas descobriram que os mesmos genes que promovem a saúde e melhoram a aptidão física nos jovens, também coordenam o processo de envelhecimento tardio.

Os genes em questão estão envolvidos num processo chamado autofagia – um dos processos de sobrevivência mais críticos das células. Na sua experiência, os cientistas “desactivaram” estes genes nos animais mais velhos, desligando o processo de autofagia.

Essa alteração aumentou a longevidade dos C. elegans, trazendo uma grande melhoria na sua saúde neuronal e de todo o organismo. “A inibição neuronal da nucleação da autofagia prolongou o tempo de vida dos vermes C. elegans na fase pós-reprodutiva”, resumiu Holger Richly, autor principal da pesquisa.

A equipa de cientistas acredita que estes resultados poderão ajudar no tratamento de distúrbios neurodegenerativos tipicamente associados à idade, como doença de Alzheimer, Parkinson e Huntington, uma vez que a autofagia está envolvida nesses processos.

Os resultados do estudo foram apresentados num artigo publicado no início deste mês na revista científica Genes & Development.

Retardar o envelhecimento

A equipa de Holger Richly conseguiu rastrear a origem do aumento de longevidade até um tecido específico, tendo chegando aos neurónios. Ao inactivar a autofagia nos neurónios dos vermes mais velhos, os cientistas não só conseguiram prolongar a vida dos animais, como também melhorar dramaticamente a sua saúde geral.

“Imagine estarmos a meio da nossa vida e tomarmos um medicamento que nos deixa em forma e com a mobilidade de alguém com a metade da nossa idade, e que iremos viver mais. Foi o que aconteceu com os vermes C. elegans na nossa experiência”, explicou Thomas Wilhelm, co-autor do estudo.

“Desligámos a autofagia num só tecido do animal, mas todo o seu corpo teve um impulso fortalecedor. Os neurónios ficaram muito mais saudáveis nos vermes tratados, e acreditamos que é isso que mantém os músculos e o resto do corpo em boa forma. O resultado líquido é uma extensão de vida de 50%“, acrescentou.

Os cientistas ainda não sabem qual é o mecanismo exacto que faz com que os neurónios se mantenham saudáveis por mais tempo, mas estão esperançados em que os resultados do seu estudo possa a curto prazo ter aplicações práticas na medicina – e que seja possível aumentar significativamente a longevidade em seres humanos.

PARTILHAR

RESPONDER

Atletas do Sporting são tratados por médicos da clínica de Varandas

Os atletas sportinguistas são tratados por médicos que partilham funções entre o clube e a Comcorpus, clínica que pertence ao presidente 'leonino', Frederico Varandas. O jornal Público avança esta sexta-feira que muitos dos médicos do departamento …

China confirma a 26ª vítima mortal do novo coronavírus e alarga quarentena de 33 milhões de pessoas

A China anunciou esta sexta-feira a morte de uma pessoa devido ao coronavírus, perto da fronteira com a Rússia, a segunda fora do epicentro do surto, com origem na cidade de Wuhan, aumentando para 26 …

A erupção do Vesúvio transformou o cérebro de uma pessoa em vidro

O Vesúvio entrou em erupção em 79 d.C, assolando assentamentos num raio de 20 quilómetros. Um novo estudo mostra que a intensa explosão de calor transformou o cérebro de uma pessoa em vidro. Nos anos 1960, …

PCP quer reposição da reforma aos 65 anos

O Partido Comunista Português propôs esta quinta-feira, no debate na especialidade do Orçamento do Estado de 2020 (OE2020), a reposição da idade legal de reforma nos 65 anos e dos 25 dias de férias na …

OE2020. Carga fiscal é ainda maior do que o previsto, alerta UTAO

O conceito de carga fiscal usado pelo Ministério das Finanças na proposta orçamental não corresponde ao utilizado pelo INE e pela Comissão Europeia, afirma a UTAO, dando que o valor é “ainda maior” do que …

A matemática ensina-lhe como tirar a chávena de café perfeita

Através de um modelo matemático, uma equipa de cientistas conseguiu encontrar a forma perfeita de fazer uma chávena de café expresso. Para além de ser mais saboroso, há um menor desperdício. Já alguma vez se perguntou …

Irmã de Isabel dos Santos desafia empresária a devolver 75 milhões a Angola

A ex-deputada do MPLA Welwitschia (Tchizé) dos Santos desafiou esta quinta-feira a irmã Isabel a devolver 75 milhões de euros ou dólares a Angola "para resolver o problema", argumentando que "Angola é de todos". "Como cidadã, …

Dakar novamente de luto. Morreu o piloto holandês Edwin Straver

Morreu o piloto holandês Edwin Straver, que estava internado em estado crítico na sequência de uma queda de mota no rali Dakar, na Arábia Saudita. Edwin Straver, piloto de 48 anos da KTM, estava hospitalizado em …

Armas roubadas ao exército suíço encontradas em Vila Nova de Paiva

Um homem foi identificado pelo núcleo de investigação de Moimenta da Beira da GNR, distrito de Viseu, por posse armas que tinha sido roubadas ao exército suiço, avança a agência Lusa esta sexta-feira.  As armas estavam …

Criada molécula capaz de aproveitar todo o espectro da luz solar

Uma equipa de químicos da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, criou pela primeira vez uma molécula capaz de recolher energia de todo o espectro da luz solar, releva um novo estudo. A nova …