Cientistas descobriram que os pinguins “falam” debaixo de água

Baleias, golfinhos, focas e até tartarugas marinhas conseguem vocalizar debaixo de água – e os cientistas acabam de descobrir que os pinguins também.

Tal como todas as aves marinhas, os pinguins são muito conhecidos por serem altamente vocais em terra, uma habilidade que os ajuda a reconhecer e a comunicar com parceiros e parentes durante a estação da reprodução.

No entanto, estes animais passam grande parte da sua vida no mar. Ao contrário da maioria das aves marinhas, os pinguins possuem habilidades extremas de mergulho, que entram em ação principalmente quando caçam.

Recentemente, uma equipa de investigadores liderada por Andrea Thiebault, da Unidade de Pesquisa de Predadores Marítimos da Apex (MAPRU) da Universidade Nelson Mandela, na África do Sul, deu uso aos recentes desenvolvimentos tecnológicos para levar a cabo várias pesquisas que, antigamente, seriam um verdadeiro desafio.

De acordo com o Science Alert, a equipa capturou espécimes de três espécies de pinguins – rei, gentoo e de-testa-amarela – em Marion, uma ilha subantártica na África do Sul. Estas espécies foram especialmente selecionadas devido à diversidade de estratégias alimentares, uma vez que, dependendo da espécie, conseguem atingir profundidades entre os 20 e os 500 metros em busca de alimento.

Os cientistas colocaram câmaras em miniatura e microfones embutidos nas costas dos animais e soltaram-nos. Os resultados surpreenderam os cientistas.

A equipa conseguiu obter 203 vocalizações subaquáticas das três espécies ao longo de quase cinco horas de vídeo. A maioria (168) são vocalizações de pinguins-gentoo, 34 de dois pinguins-rei e apenas um de um pinguim-de-testa-amarela.

O estudo fornece a primeira prova de que os pinguins emitem sons debaixo de água quando caçam. Devido às dificuldades de gravação debaixo de água, os cientistas sabiam muito pouco sobre as vocalizações destes animais quando estão no mar.

Mais de 50% das vocalizações foram diretamente associadas a um comportamento de caça: imediatamente depois de terem acelerado (em perseguição das presas) ou imediatamente após uma tentativa de capturar as mesmas.

Além disso, 73% das vocalizações gravadas foram curtas e emitidas durante o “tempo de fundo”, antes das subidas e das descidas. O artigo científico com os resultados foi publicado no Peer J.

Esta investigação sugere que outras espécies de pinguins podem, também, emitir sons debaixo de água. No entanto, fica ainda por descobrir como é que estes animais conseguem produzir sons debaixo de água (dada a alta pressão em profundidade) e por que motivo o fazem.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2-1 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em …

Os gatos demonstram ser menos leais do que os cães (mas pode haver uma razão)

Ainda existe um estereótipo sobre a diferença entre cães e gatos. Normalmente as pessoas associam os cães a animais amorosos e leais, enquanto os gatos são tidos como distantes e indiferentes. Um novo estudo pode …

O mistério do "lago dos esqueletos" na Índia intriga cientistas há décadas

O Roopkund, localizado na parte indiana dos Himalaias, é um lago glacial com centenas de ossos humanos. E ninguém sabe como foram lá parar. Em 1942, um guarda florestal revelou ao mundo a existência deste lago …

A fronteira mais importante da China é imaginária: a Linha Hu

A Linha Hu, também conhecida como linha Heihe-Tengchong, é uma linha imaginária que divida a China em duas partes com áreas quase iguais. Estende-se da cidade de Heihe até Tengchong. Desenhada pela primeira vez em 1935, …

Algumas pessoas moram em aeroportos durante meses (ou até mesmo anos)

Aeroportos não servem de casa apenas para os sem-abrigo. Há pessoas que, involuntariamente ou não, ficam lá durante meses e, em alguns casos, até mesmo anos. Em janeiro, as autoridades de Chicago prenderam um homem de …

Senado da Carolina do Sul aprova fuzilamento como método de execução

Com esta decisão, a Carolina do Sul poderá converter-se no quarto estado do país a incorporar este método de execução de pena de morte, depois do Utah, Oklahoma e Mississípi. De acordo com a agência noticiosa …

"Oxigénio tornou-se ouro". Criminosos lucram com a sua escassez no México

A pandemia de covid-19 deixou a Cidade do México a atravessar uma grande escassez de oxigénio médico. Criminosos estão a aproveitar para lucrar com a situação. A capital mexicana registou um pico de infeções e hospitalizações …

Meteorito do tamanho de um damasco caiu em França (e os astrónomos precisam de ajuda para encontrá-lo)

Os entusiastas do Espaço estão a ser instados a procurar um meteorito do tamanho de um damasco que caiu no fim de semana passado no sudoeste de França.  O meteorito, com peso estimado em 150 gramas, …

Professora pediu a alunos para fingir que eram escravos e escreverem carta para África

Uma professora de uma escola secundária no Mississippi, nos Estados Unidos, está a ser alvo de críticas devido a uma fotografia de um trabalho de casa divulgada nas redes sociais. Foi pedido aos alunos do 8.º …

Obra de Churchill que pertencia a Angelina Jolie vendida por valor recorde

O quadro pintado pelo antigo primeiro-ministro britânico foi vendido por 8,3 milhões de libras. A pintura foi um presente de Winston Churchill para o presidente dos Estados Unidos, Franklin D. Roosevelt, e agora foi leiloada …